O que causa a infertilidade? Os alimentos que reduzem suas chances de engravidar

Alimentos gordurosos e industrializados, como pizzas, são prejudiciais para quem quer engravidar
Alimentos gordurosos e industrializados, como pizzas, são prejudiciais para quem quer engravidar

Para quem está tentando engravidar, é muito importante tomar cuidados com a alimentação, sabia? Além de comer muitas frutas, legumes e verduras, é necessário restringir certos alimentos que possam, de certa forma, dificultar o processo de ovulação e fecundação.

Vale destacar que nenhum alimento causa infertilidade definitiva - mas pode, sim, causar desequilíbrios hormonais e, desta forma, reduzir as chances de gravidez. Para te ajudar nesse assunto, nós separamos 4 tipos de alimentos que devem ser evitados por quem quer engravidar. Confira!

1. Alimentos ultraprocessados, gordurosos e com muito açúcar podem causar desequilíbrios hormonais, dificultando a gravidez

Buscar uma dieta saudável (com alimentos naturais) é o mais indicado para quem está tentando engravidar. Isso significa que comidas industrializadas - ultraprocessadas, gordurosas e com muito açúcar, por exemplo - devem ficar de fora do cardápio! Elas possuem uma quantidade grande de sódio, corantes, aditivos e substâncias que fazem mal ao estômago, intestino, rins e favorecem o acúmulo de gordura.

Vale destacar que, caso a pessoa tenha excesso de gordura corporal, é possível que o corpo produza uma maior quantidade de hormônios (como o estrógeno)- o que pode levar à dificuldade de engravidar. Por conta disso, a nossa dica é evitar ao máximo frituras, pizzas congeladas, biscoitos recheados, margarina, pipoca de micro-ondas e embutidos (salsicha, presunto, mortadela e salame, por exemplo).

2. Bebidas com cafeína (como café e refrigerantes) podem atrapalhar o transporte do óvulo até o útero

Se você tem o hábito de tomar café ou refrigerantes de forma exagerada, o mais indicado é diminuir o consumo desses produtos. O excesso de cafeína, para quem não sabe, pode dificultar a movimentação dos músculos que transportam o óvulo até o útero, impedindo a gravidez.

Lembre-se que você não precisa cortar de vez o consumo da cafeína, ok? Basta ter bom senso e equilíbrio - ou seja, em vez de tomar quatro xícaras de café por dia, tome apenas uma ou duas (uma no café da manhã e outra lanche da tarde, por exemplo).

3. Carnes vermelhas em excesso também dificultam a gravidez

Carnes vermelhas, para quem não sabe, são consideradas gordurosas e devem ser consumidas com parcimônia. Caso a ideia seja engravidar, o ideal é que você passe a consumir mais peixes e proteínas vegetais (como feijão, tofu e lentilha) em vez de carnes gordurosas. Assim, o organismo se mantém mais saudável e propenso à ovulação/ fecundação.

4. Chá de hibisco afeta os hormônios femininos, dificultando a gravidez

Conhecido por favorecer a perda de peso e auxiliar no controle de colesterol, o chá de hibisco é realmente uma bebida benéfica e nutritiva. No entanto, quando consumido em excesso, ele afeta os hormônios femininos e pode até inibir a ovulação. Por conta disso, ele não é indicado para quem está tentando engravidar.

Bônus: dietas low carb não são indicadas para quem quer engravidar

Vale lembrar que, caso o objetivo seja engravidar, é de suma importância manter uma dieta saudável e equilibrada, consumindo todos os nutrientes necessários. O problema da dieta low carb é justamente esse: apesar de permitir o consumo de vegetais, ovos, frango, peixe e outros alimentos importantes, ela acaba proibindo alimentos que são necessários para quem está tentando engravidar.

O abacate, por exemplo, é fonte de gorduras "do bem" (como ômega 6 e 9), que são essenciais para quem quer engravidar. No entanto, ele costuma ser cortado nesse tipo de dieta, pois não auxilia na perda de peso.

Para deixar o corpo saudável, nutrido e propenso à gravidez, a nossa dica é fugir de dietas muito restritivas (como as low carb). O ideal é recorrer a uma alimentação mais completa e diversa, evitando apenas os alimentos maléficos (como os gordurosos e ultraprocessados).

Mais noticias com...
Receitas:
Ovo
Ver Mais

Últimas Matérias

Fit Dance: o que é e quais os benefícios? Saiba mais sobre esse exercício!

Fit Dance: o que é e quais os benefícios? Saiba mais sobre esse exercício! Fit Dance: o que é e quais os benefícios? Saiba mais sobre esse exercício!

Você já ouviu falar no Fit Dance? A modalidade que transformou as aulas de dança na academia e vem conquistando milhares de adeptos ao redor do mundo através...

> Leia mais
5 receitas com abóbora cabotiá (japonesa) que são deliciosas e supernutritivas

5 receitas com abóbora cabotiá (japonesa) que são deliciosas e supernutritivas 5 receitas com abóbora cabotiá (japonesa) que são deliciosas e supernutritivas

Extremamente versátil e saborosa na cozinha, a abóbora cabotiá (ou japonesa) é um ingrediente muito utilizado no preparo de caldos, sopas e purês. Para quem...

> Leia mais
Culinária regional: feijão tropeiro e outros 4 pratos típicos do Sudeste

Culinária regional: feijão tropeiro e outros 4 pratos típicos do Sudeste Culinária regional: feijão tropeiro e outros 4 pratos típicos do Sudeste

Se você quer conhecer mais a fundo a culinária brasileira, que tal começar a experimentar as comidas típicas de cada região? A gastronomia do Sudeste, em...

> Leia mais
Vegetais tipo A: o que são, quais são e como incluí-los na dieta diária

Vegetais tipo A: o que são, quais são e como incluí-los na dieta diária Vegetais tipo A: o que são, quais são e como incluí-los na dieta diária

Você sabia que os vegetais são divididos em grupos e classificados de acordo com a quantidade (e tipos) de nutrientes que fornecem? Os vegetais do tipo A, em...

> Leia mais
10 frutas verdes excelentes para a sua saúde: do abacate ao limão

10 frutas verdes excelentes para a sua saúde: do abacate ao limão 10 frutas verdes excelentes para a sua saúde: do abacate ao limão

As frutas verdes, conhecidas por serem fontes de clorofila (um tipo de pigmento antioxidante), são ótimas para fortalecer a imunidade e desintoxicar o...

> Leia mais
Como fazer óleo de abacate e usá-lo na alimentação diária

Como fazer óleo de abacate e usá-lo na alimentação diária Como fazer óleo de abacate e usá-lo na alimentação diária

Indicado para fortalecer a imunidade, favorecer a perda de peso e a saúde da pele, o óleo de abacate é um ingrediente natural altamente nutritivo que pode (e...

> Leia mais
O que é Inktober? Conheça quem aderiu ao desafio de desenhar todos os dias

O que é Inktober? Conheça quem aderiu ao desafio de desenhar todos os dias O que é Inktober? Conheça quem aderiu ao desafio de desenhar todos os dias

Desde 2009, um desafio anual que incentiva a prática de desenhos e ilustrações durante o mês de outubro vem conquistando milhares de artistas ao redor do...

> Leia mais
Manteiga é fonte de vitamina A! Entenda se ainda assim ela é benéfica

Manteiga é fonte de vitamina A! Entenda se ainda assim ela é benéfica Manteiga é fonte de vitamina A! Entenda se ainda assim ela é benéfica

Ter o hábito de passar manteiga em pães e biscoitos no dia a dia não é necessariamente prejudicial à saúde. Apesar de ser comumente tachada como gordurosa e...

> Leia mais
6 frutas com D para variar no cardápio

6 frutas com D para variar no cardápio 6 frutas com D para variar no cardápio

O universo das frutas é tão amplo e diverso que existe até mesmo uma área científica da horticultura, chamada de pomologia, que é dedicada exclusivamente...

> Leia mais
Chá de poejo serve para relaxar e ajuda na respiração! Conheça outros benefícios

Chá de poejo serve para relaxar e ajuda na respiração! Conheça outros benefícios Chá de poejo serve para relaxar e ajuda na respiração! Conheça outros benefícios

Dono de nomes populares, como hortelãzinho, menta-selvagem e erva-de-são-lourenço, o poejo (Mentha pulegium) é uma planta medicinal muito conhecida por conta...

> Leia mais