Nutrição holística é um estilo de vida! Veja dicas para montar um cardápio ideal

Com a proposta de unir a alimentação ao bem-estar físico e mental, a nutrição holística baseia-se em características e hábitos individuais que compreendem o indivíduo como um todo
Com a proposta de unir a alimentação ao bem-estar físico e mental, a nutrição holística baseia-se em características e hábitos individuais que compreendem o indivíduo como um todo
Isabella Vorccaro

Consultor:

Isabella Vorccaro

Graduada pelo Centro Universitário UNIBH, possui pós-graduação em Nutrição Funcional e em Terapias Vibracionais pela VP Funcional e trabalha com nutrição holística

Conhecida como um tipo de alimentação que se preocupa com o equilíbrio do corpo e da mente, a nutrição holística é um estilo de vida que traz muitos benefícios à saúde. Justamente por se preocupar com o todo, ela abrange os aspectos físicos, mentais, emocionais e espirituais de uma pessoa, agindo de forma individual no nosso organismo. E para que você conheça um pouco mais sobre essa filosofia, bem como o cardápio ideal desse tipo de alimentação, nós conversamos com a nutricionista Isabella Vorccaro, que é especialista no assunto.

Nutrição holística une a alimentação com o equilíbrio do corpo e da mente

A nutrição holística utiliza a alimentação como uma forma de unir o bem-estar físico e mental de uma pessoa. Ao levar em consideração as necessidades nutricionais e calóricas de cada um, bem como seus relacionamentos, trabalho, estresse, ansiedade, sono, espiritualidade e hábitos alimentares, ela ajuda a cultivar um estilo de vida saudável e muito mais harmônico do que outras dietas tradicionais.

"A nutrição holística tem um olhar abrangente e se preocupa com alimentação do indivíduo, mas o compreende como um todo. Nós consideramos seus aspectos físicos, mentais, emocionais e espirituais. Assim, o paciente é orientado a encontrar a harmonia dentro de si mesmo. Isso se inicia com atitudes positivas para alcançar e ter sempre bem-estar", explica a nutricionista.

Para Isabella Vorccaro, o número elevado de pessoas que adoecem por causas ligadas à má alimentação motiva uma série de estudos sobre o assunto. "O que colocamos para dentro do nosso corpo está diretamente ligado à saúde, não só do corpo físico, mas também da mente e da nossa emoção", afirma.

Não à toa, algumas terapias - como terapias holísticas e o uso de florais - podem ser incorporadas ao plano alimentar individualizado, ajudando o paciente a "expulsar" as emoções negativas do corpo, como medo, ódio, preocupação e indecisão.

Esse tipo de alimentação também considerada cores, texturas, sabores e cheiros dos alimentos

Ainda segundo Isabella, a individualidade bioquímica é outro conceito fundamental da nutrição holística. "Cada pessoa tem sua própria genética. Somado a isso, o estilo de vida influencia a maneira como o corpo vai responder às diferentes opções de alimentos. Daí, a importância de se considerar não apenas os fatores físicos do paciente", explica a especialista.

Assim, quando ingerimos um alimento que gostamos, a tendência é que o nosso corpo corresponda a essa sensação, gerando um bem-estar ao organismo.

"Quando ingerimos um determinado alimento, devemos considerar não apenas o seu valor calórico ou nutricional, mas também os aspectos físicos, como cor, textura, sabor e cheiro. Dentre estas características, a que mais se destaca na relação mente-corpo é o sabor. Sabores determinam reações, que, por sua vez, influenciam sutilmente nossas emoções e nossos pensamentos. O sabor doce, por exemplo, influencia na produção da serotonina. E a substância promove a liberação de alguns hormônios importantes que regulam o humor. Assim como o doce causa essa sensação de bem-estar, outros alimentos podem influenciar o estresse, a ansiedade e a perda do sono. Sendo assim, o alimento, a mente e o corpo estão plenamente conectados", complementa.

Mas afinal, qual é o cardápio ideal da nutrição holística?

De acordo com Isabella Vorccaro, não há como definir um cardápio específico para esse tipo de alimentação, embora existam algumas estratégias que podem ser seguidas de acordo com a individualidade de cada indivíduo.

"Dentro da nutrição holística, não existe um padrão engessado de cardápio que não possa mexer. O importante é que o profissional use todo seu conhecimento para desenvolver um planejamento para o seu paciente de modo que ele possa executar de forma fácil. O nutricionista pode cruzar dados, usar da maneira que quiser e fugir dos padrões, criando algo personalizado", afirma.

No entanto, estratégias complementares costumam estar presentes nesse processo. Algumas delas, segundo Isabella, são a dieta plant-based, a alimentação alcalina, Ayurveda ou mediterrânea e os jejuns intermitentes.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais