Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente

A técnica de mindful eating (comer com atenção plena), consiste em mastigar e saborear melhor os alimentos, dando foco ao momento da refeição
A técnica de mindful eating (comer com atenção plena), consiste em mastigar e saborear melhor os alimentos, dando foco ao momento da refeição

Praticar exercícios de mindfulness (atenção plena) ajuda a melhorar o foco, a memória, a concentração e ainda reduz o estresse e a ansiedade. A melhor parte é que dá para estender essa filosofia para outras tarefas e hábitos diários. Você já ouviu falar no mindful eating, por exemplo? Essa técnica consiste em praticar a consciência alimentar, dando maior atenção à comida e ao momento da refeição. O livro Mindful Eating: Comer com Atenção Plena, das autoras Cynthia Antonaccio e Manoela Figueiredo, por exemplo, explica justamente como essa prática pode ser muito benéfica. Continue lendo para saber mais!

Mindful eating: o que é e quais seus benefícios

O mindful eating tem um funcionamento bem simples e interessante: comer com atenção plena, mastigando e degustando ao máximo os alimentos. O conceito é focado justamente no mindfulness - prática de meditação budista que propõe aproveitar o momento presente. No livro Mindful Eating: Comer com Atenção Plena, as autoras falam mais sobre as vantagens dessa técnica e dão dicas de como colocá-la em prática. Confira os principais benefícios do mindful eating:

- Comer com atenção plena, atentando ao sabor, textura e aroma da comida, ajuda a relaxar o corpo e a mente.

- Ao seguir o mindful eating, a pessoa mastiga e degusta os alimentos com mais calma, o que é superimportante para o processo de digestão.

- Prática de alimentação consciente ajuda a evitar exageros na alimentação. Assim, você come apenas o necessário e tem um estilo de vida mais saudável.

Comer com atenção plena: 10 passos para uma alimentação consciente

Para colocar o mindful eating em prática, é necessário mudar hábitos e organizar a rotina para cuidar melhor da alimentação. Além de selecionar alimentos saudáveis - legumes, verduras, frutas, cereais, leguminosas e carnes magras -, você deve seguir alguns passos para comer conscientemente. Segue um resumo dos ensinamos que Cynthia Antonaccio e Manoela Figueiredo passam em seu livro:

1. Arrume a mesa e se desconecte do celular

Para começar, é importante arrumar a mesa de forma clean para deixar o ambiente agradável. Coloque preferencialmente apenas os jogos americanos e os pratos de comida. Outro ponto fundamental é manter o celular e outros dispositivos (TV ou notebook) distantes durante a refeição.

2. Sente-se de forma confortável e use os talheres com calma

Depois de arrumar a mesa, você deve se sentar de forma confortável, com a coluna bem reta, e manusear os alimentos sem pressa. Você pode apoiar os talheres no prato enquanto mastiga para comer com mais calma.

3. Alimentação consciente: respire fundo e observe os alimentos

Outro ponto importante do mindful eating é apreciar ao máximo os alimentos. Antes de comer, o ideal é que você respire fundo - para entrar em uma espécie de estado meditativo - e observe a comida que você irá consumir, prestando atenção nos aromas, cores e texturas.

4. Sirva porções menores de comida

Como a ideia é ter uma alimentação consciente e equilibrada, outro passo importante é se controlar na hora de montar o prato. Você deve servir porções menores para, dessa forma, consumir apenas o suficiente para o corpo ficar satisfeito.

5. Coma devagar e se delicie com a refeição

Comer devagar e apreciar ao máximo o sabor da comida é uma das partes mais importantes! Para isso, você deve separar um tempo apenas para as refeições, focando no que você está comendo no momento.

6. Lembre-se de mastigar mais vezes

Durante a refeição, lembre-se de mastigar mais vezes a comida, o que também garante uma melhor digestão e absorção dos nutrientes. Dessa forma, também é possível evitar exageros ou problemas como azia e refluxo.

7. Observe as sensações que a comida causam

Para ter uma experiência completa de mindful eating, você deve pensar nas sensações que a refeição ocasiona. Feche os olhos para aproveitar o momento de forma mais intensa, sentindo os sabores, aromas e todos os aspectos da comida.

8. Não pense nas calorias

Outro ponto fundamental é se desprender da quantidade de calorias que existe no prato. Você não deve ficar se repreendendo pela comida que consome - mas sim se conectar e aproveitar a experiência ao máximo.

9. Aproveite o entorno e a companhia

Criar um ambiente agradável (com música, por exemplo) e ter uma boa companhia durante a refeição também faz toda a diferença. Uma boa dica é tentar organizar a rotina para que toda a família possa comer junta o máximo possível.

10. Finalize agradecendo pela refeição

Para encerrar a experiência, o ideal é expressar gratidão pela comida e pelo momento em família. Agradecer pelos alimentos ajuda a trazer mais bem-estar e positividade para a rotina, pode apostar!

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Iogurte com frutas: 3 combinações para começar bem o dia

Iogurte com frutas: 3 combinações para começar bem o dia Iogurte com frutas: 3 combinações para começar bem o dia

Nada como aproveitar um copo de iogurte com frutas logo pela manhã para começar o dia com energia e disposição! Com cremosidade, frescor e versatilidade, o...

> Leia mais
Arroz branco também é saudável! Veja dicas de preparo e os benefícios do cereal

Arroz branco também é saudável! Veja dicas de preparo e os benefícios do cereal Arroz branco também é saudável! Veja dicas de preparo e os benefícios do cereal

Você já deve ter ouvido falar que arroz branco faz mal para a saúde, só que isso não é verdade! O cereal está presente no prato e no cotidiano do brasileiro...

> Leia mais
Alimentos para ansiedade: entenda impacto da comida na saúde mental

Alimentos para ansiedade: entenda impacto da comida na saúde mental Alimentos para ansiedade: entenda impacto da comida na saúde mental

Existem alimentos para ansiedade e você precisa conhecer quais são! É comum dizer que o intestino é o segundo cérebro do corpo, pois ele possui pelo menos...

> Leia mais
Chá de manjericão: descubra os benefícios dessa hortaliça para a saúde

Chá de manjericão: descubra os benefícios dessa hortaliça para a saúde Chá de manjericão: descubra os benefícios dessa hortaliça para a saúde

Chá de manjericão é uma ótima bebida para a saúde! O alimento possui propriedades medicinais, antissépticas e antimicrobianas, e é superindicado para...

> Leia mais
Seleta de legumes rende diversas receitas! Conheça 3 preparos para o dia a dia

Seleta de legumes rende diversas receitas! Conheça 3 preparos para o dia a dia Seleta de legumes rende diversas receitas! Conheça 3 preparos para o dia a dia

Que tal preparar uma seleta de legumes bem coloridos para servir de acompanhamento no almoço ou jantar? A mistura de cenoura, batata, abobrinha, vagem e...

> Leia mais
Shot da imunidade: nutricionista explica o que é e como fazer

Shot da imunidade: nutricionista explica o que é e como fazer Shot da imunidade: nutricionista explica o que é e como fazer

Você já pensou em preparar xaropes e shots caseiros para aumentar a imunidade e desintoxicar o organismo? Algumas misturas de frutas e especiarias, por...

> Leia mais
Risoto de shimeji: aprenda a versão vegana da receita

Risoto de shimeji: aprenda a versão vegana da receita Risoto de shimeji: aprenda a versão vegana da receita

Nada como um risoto de shimeji para incluir uma receitinha vegana e bem saborosa no cardápio, né? O preparo é simples e promete um prato especial para você...

> Leia mais
Água de coco: nutricionista desvenda mitos e verdades sobre a bebida

Água de coco: nutricionista desvenda mitos e verdades sobre a bebida Água de coco: nutricionista desvenda mitos e verdades sobre a bebida

A água de coco é conhecida como a bebida do verão! Bem refrescante e saborosa, é muito consumida em praias e até mesmo dentro de casa nos ambientes mais...

> Leia mais
Alimentos bons para o fígado: uma lista completa

Alimentos bons para o fígado: uma lista completa Alimentos bons para o fígado: uma lista completa

Será que você sabe quais são os alimentos bons para o fígado? Aqueles que sofrem com doenças hepáticas devem estar atentos às opções de comida para promover...

> Leia mais
Alho confit: como fazer conserva de alho no azeite

Alho confit: como fazer conserva de alho no azeite Alho confit: como fazer conserva de alho no azeite

Para aumentar a vida útil dos alimentos, uma boa dica é recorrer a receitas de conserva - de gengibre, pepino, jurubeba e legumes que ficam deliciosos. O...

> Leia mais