Meu filho não quer comer: o que fazer? 4 atitudes para reverter esse quadro

Quando a criança não quer comer, pensar em preparos mais divertidos (e coloridos), ser flexível e ter paciência são pontos importantes
Quando a criança não quer comer, pensar em preparos mais divertidos (e coloridos), ser flexível e ter paciência são pontos importantes

Incentivar a criança a comer de forma saudável não precisa ser tão difícil - afinal, existem alguns truques que ajudam a tornar a hora da refeição bem mais divertida. Para começar, é importante planejar um cardápio infantil completo - preferencialmente com a ajuda de uma nutricionista - para que não falte nenhuma vitamina, mineral ou outro nutriente importante. Além disso, ser flexível e paciente é outro ponto importante para lidar com essa questão.

Caso você esteja se perguntando: "meu filho não quer comer, o que fazer agora?", fique tranquilo e tente lidar com a situação através de planejamento e diálogo, sem impor castigos ou punições. Confira as dicas que separamos para resolver a questão de forma mais positiva:

Meu filho não quer comer comida, o que faço para contornar a situação?

É comum que algumas crianças tenham apetite para certas comidas (em especial biscoitos, chocolates e doces) mas não queiram comer legumes, verduras, frutas e outros alimentos saudáveis. Para evitar esse tipo de problema, a principal dica é já instaurar bons hábitos em casa desde cedo - o que inclui a família inteira!

Além de evitar comprar produtos industrializados - como congelados, sorvetes e biscoitos recheados -, você pode envolver as crianças na hora de escolher os vegetais que serão comprados. Assim, elas se envolvem ainda mais com a questão dos alimentos e ficam mais animadas para as refeições. Confira as nossas sugestões:

1. Como convencer quando a criança não quer comer: faça pratos divertidos e coloridos

Para convencer a criança a comer de forma mais saudável, uma boa dica é inovar no preparo e na montagem dos pratos. Você pode fazer desenhos com as frutas, por exemplo: a banana pode ser a boca, as uvas representam os olhos e a metade do morango o nariz. Você também pode colocar o arroz em um potinho redondo e depois virar no prato (para que fique mais arrumadinho, formando uma espécie de rosto). Use cenouras e outros vegetais para fazer os olhos, a boca e pronto!

Apostar em vegetais coloridos pode ser uma boa saída para incentivar a criança a comer. Uma boa estratégia, por exemplo, é tingir o arroz com beterraba, o que torna o prato mais nutritivo e apelativo para os pequenos. Para que as crianças comam mais frutas (em vez de doces industrializados), inclusive, você pode fazer geladinhos caseiros, que costumam fazer bastante sucesso!

2. Quando a criança não quer comer, não a force e planeje alternativas

Outra dica importante para quando a criança não quer comer é evitar o embate e pensar em alternativas para contornar o problema. É importante que você torne o horário da refeição algo divertido e não um castigo ou motivo de estresse. Para isso, uma boa dica é permitir que a criança escolha o que vai comer.

Caso ela não queira algum vegetal específico, por exemplo, não tem problema! Por isso, o fato de ela participar da escolha e até do preparo do alimento tende a ser algo positivo. Aqui, o importante é ser mais flexível e ter atitudes positivas - você pode até fazer o clássico aviãozinho, se for algo que funcione bem com o seu filho.

3. Evite que a criança beba muitos líquidos antes das refeições

Essa estratégia é relativamente conhecida e faz total diferença quando se trata de planejar a alimentação das crianças. Caso os pequenos bebam muita água, suco (ou outra bebida) logo antes da refeição, é bem possível que percam o apetite. Uma boa dica é definir bem os horários para o café da manhã, almoço, lanche e jantar - assim, dá para acostumar o organismo da criança e, assim, garantir que ela sinta fome praticamente sempre nos mesmos horários.

4. Monte uma rotina de alimentação com toda a família

Incluir toda a família na rotina de refeições é outro ponto que faz diferença quando se trata de convencer a criança a se alimentar bem. O ideal é que todos estejam sentados à mesa, em um momento mais agradável de confraternização. Ao ver que os pais se alimentam bem - legumes, verduras, cereais e por aí vai - a criança tende a repetir os hábitos e se anima com o fato de ser uma cerimônia em família.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais