Mastigação e boa digestão: Entenda como essas duas práticas se completam!

A mastigação é essencial para a nossa saúde. A trituração dos alimentos auxilia na digestão e favorece o sentimento de bem-estar do organismo
A mastigação é essencial para a nossa saúde. A trituração dos alimentos auxilia na digestão e favorece o sentimento de bem-estar do organismo
Bianca Sermarini

Consultor:

Bianca Sermarini

Nutricionista mestre em Nutrição Humana pela UFRJ, atualmente trabalha com Nutrição Clínica e Ortomolecular

Você já parou para pensar na importância de uma mastigação correta para uma boa digestão? Mais do que se alimentar bem e estar atento à ingestão adequada dos alimentos, o ato de triturar a comida pelos dentes está diretamente ligado às funções digestivas do nosso organismo! Descubra como associar as duas práticas de maneira efetiva e melhorar de forma satisfatória a sua alimentação.

É muito comum não prestarmos atenção à mastigação, mas, precisamos rever isso imediatamente. Segundo a nutricionista Bianca Sermarini, o hábito de mastigar é a fase inicial do processo de digestão e, quando não o fazemos corretamente, ficamos sujeitos ao desenvolvimento de azias, sonolência após a refeição e até o surgimento de problemas digestivos:

"A mastigação é fundamental para que a deglutição ocorra satisfatoriamente. É o ato de morder e triturar o alimento, a qual constitui um ato fisiológico e complexo, que envolve atividades neuromusculares e digestivas. Com relação a esta função destaca-se a ação da amilase salivar durante a trituração dos alimentos, facilitando a deglutição e a ação das enzimas digestivas do estômago e principalmente do pâncreas", explica a profissional.

Existe forma certa para mastigar?

Ainda que seja um hábito que praticamos desde crianças, é de suma importância estarmos atentos aos movimentos que fazemos durante a refeição. Seja para uma carne, que necessite de mais movimentos ou para os legumes e verduras, que são mais macios e de fácil trituração, a nutricionista indica:

"O equilíbrio da função mastigatória é alcançado quando o alimento é alternado em ambos os lados da boca, intercalando assim, o período e trabalho e de repouso. Mastigar somente de um lado pode comprometer a assimetria funcional dos músculos e movimentos mandibulares", alerta Bianca.

A importância de uma boa digestão

Além da diminuição de mal-estar, azia, constipação refluxo e outras complicações no aparelho digestivo, uma boa digestão está associada a uma melhor absorção dos nutrientes ingeridos durante a alimentação. Quando melhoramos essa absorção, quase que instantaneamente, apresentamos melhoras no humor e tornamos nossa pele e cabelos mais saudáveis. Além disso, absorver os nutrientes garante uma boa saúde ao organismo, energia e disposição para as atividades cotidianas.

5 dicas para uma mastigação correta e ter uma boa digestão

1 - Descanse os talheres: Ficar com os talheres na mão instiga a pegarmos mais comida e levarmos até a boca. Por isso, ao mastigar, solte o garfo por um tempo e aproveite o alimento que está sendo mastigado.

2 - Aprecie a comida: Na maioria das vezes, comemos tão ligeiramente que mal sentimos o gosto do que estamos comendo. Apure o seu paladar, sinta cada alimento que está colocando na boca, os seus temperos, texturas etc., até que o mesmo esteja pronto para ser engolido.

3 - Designe um tempo só para refeições: São tantas atividades e obrigações que utilizamos o tempo do almoço ou jantar para mexer no celular ou mesmo assistir televisão. Porém, na hora da refeição é necessário concentração, atentar-se aos movimentos da sua boca e ao sabor dos alimentos.

4 - Dê preferência por locais tranquilos: Quando nos alimentamos em lugares agitados e movimentados, entramos nessa energia e consequentemente também ficamos inquietos. Ter tranquilidade para apreciar sua refeição é o ideal.

5 - Atente-se a quantidade: Divida os alimentos ao meio e insira pequenas porções na boca, isso facilita a sua mastigação e garante que todo o alimento seja triturado. Caso você tenha dificuldade, tente diminuir o seu talher, pegar um garfo de sobremesa, por exemplo.

"O importante é ter calma ao se alimentar, ter uma relação sua com seu organismo. Sentir prazer, pelo olfato, textura e sabor dos alimentos. Evitar alimentos de difícil digestibilidade como feijão, grão de bico, lentilha e ingerir líquidos após as refeições, são dicas que facilitam o corre-corre diário", finaliza a nutricionista.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Você sabia que, quando consumido em excesso, o potássio pode ser muito prejudicial à saúde? A hipercaliemia (ou hiperpotassemia), para quem não conhece,...

> Leia mais
Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Preparar sobremesas saudáveis e ao mesmo tempo saborosas não precisa ser algo difícil, sabia? Usando ingredientes mais naturais - como frutas, açúcar de coco...

> Leia mais
Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios

Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios

Originário do sudeste asiático, o mangostão (ou mangostin) é uma fruta exótica bem suculenta, de sabor suave e altamente benéfica para a saúde. Além de ser...

> Leia mais
Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo

Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo

Fonte de propriedades nutritivas e calmantes, o chá de erva-doce é uma bebida cheia de benefícios para a saúde! Assim como os de camomila e alfazema, ele é...

> Leia mais
Como fazer compota de berinjela sem erros

Como fazer compota de berinjela sem erros Como fazer compota de berinjela sem erros

Feita geralmente com a polpa de frutas, legumes e outros vegetais, a compota é um tipo de conserva (que pode ser salgada ou doce) que costuma ser servida com...

> Leia mais
4 frutas com S exóticas ricas em nutrientes

4 frutas com S exóticas ricas em nutrientes 4 frutas com S exóticas ricas em nutrientes

Você já deve ter reparado que existem tantos tipos de frutas ao redor do mundo que listar todas elas parece uma tarefa impossível. Mas para explorar um...

> Leia mais
Exercício de ponte fortalece músculos e coluna! Saiba mais sobre ele

Exercício de ponte fortalece músculos e coluna! Saiba mais sobre ele Exercício de ponte fortalece músculos e coluna! Saiba mais sobre ele

Está procurando um exercício simples e eficiente para fazer em casa? Indicado para fortalecer os glúteos e a musculatura da perna, o exercício de ponte pode...

> Leia mais
Existem alimentos ricos em progesterona? Saiba como aumentar o hormônio no corpo

Existem alimentos ricos em progesterona? Saiba como aumentar o hormônio no corpo Existem alimentos ricos em progesterona? Saiba como aumentar o hormônio no corpo

Manter uma boa alimentação é fundamental para garantir o bom funcionamento dos hormônios e do organismo como um todo. A progesterona, em especial, ajuda a...

> Leia mais
6 benefícios da geleia real, espécie de mel feita para alimentar a abelha-rainha

6 benefícios da geleia real, espécie de mel feita para alimentar a abelha-rainha 6 benefícios da geleia real, espécie de mel feita para alimentar a abelha-rainha

Produzida naturalmente pelas abelhas operárias para a alimentação da abelha-rainha, a geleia real é considerada um superalimento, pois concentra uma grande...

> Leia mais
O que fazer com as folhas do rabanete? Aprenda a aproveitá-las na cozinha

O que fazer com as folhas do rabanete? Aprenda a aproveitá-las na cozinha O que fazer com as folhas do rabanete? Aprenda a aproveitá-las na cozinha

Uma das melhores formas de evitar o desperdício de alimentos - e tornar a dieta mais nutritiva - é incorporar folhas, caules, talos, cascas e partes...

> Leia mais