Manhã, tarde e noite: Descubra os alimentos ideais para cada hora do seu dia!

Tudo tem uma hora certa e com a nossa alimentação não é diferente. Cada momento do dia precisa de determinados nutrientes específicos que nos ajudam a regular o relógio biológico do organismo.
Tudo tem uma hora certa e com a nossa alimentação não é diferente. Cada momento do dia precisa de determinados nutrientes específicos que nos ajudam a regular o relógio biológico do organismo.
Tudo tem uma hora certa e com a nossa alimentação não é diferente. Cada momento do dia precisa de determinados nutrientes específicos que nos ajudam a regular o relógio biológico do organismo.
Tudo tem uma hora certa e com a nossa alimentação não é diferente. Cada momento do dia precisa de determinados nutrientes específicos que nos ajudam a regular o relógio biológico do organismo.
Tudo tem uma hora certa e com a nossa alimentação não é diferente. Cada momento do dia precisa de determinados nutrientes específicos que nos ajudam a regular o relógio biológico do organismo.
Tudo tem uma hora certa e com a nossa alimentação não é diferente. Cada momento do dia precisa de determinados nutrientes específicos que nos ajudam a regular o relógio biológico do organismo.
Tudo tem uma hora certa e com a nossa alimentação não é diferente. Cada momento do dia precisa de determinados nutrientes específicos que nos ajudam a regular o relógio biológico do organismo.
Tudo tem uma hora certa e com a nossa alimentação não é diferente. Cada momento do dia precisa de determinados nutrientes específicos que nos ajudam a regular o relógio biológico do organismo.
Tudo tem uma hora certa e com a nossa alimentação não é diferente. Cada momento do dia precisa de determinados nutrientes específicos que nos ajudam a regular o relógio biológico do organismo.
Tudo tem uma hora certa e com a nossa alimentação não é diferente. Cada momento do dia precisa de determinados nutrientes específicos que nos ajudam a regular o relógio biológico do organismo.
Tudo tem uma hora certa e com a nossa alimentação não é diferente. Cada momento do dia precisa de determinados nutrientes específicos que nos ajudam a regular o relógio biológico do organismo.
Tudo tem uma hora certa e com a nossa alimentação não é diferente. Cada momento do dia precisa de determinados nutrientes específicos que nos ajudam a regular o relógio biológico do organismo.
Tudo tem uma hora certa e com a nossa alimentação não é diferente. Cada momento do dia precisa de determinados nutrientes específicos que nos ajudam a regular o relógio biológico do organismo.
Tudo tem uma hora certa e com a nossa alimentação não é diferente. Cada momento do dia precisa de determinados nutrientes específicos que nos ajudam a regular o relógio biológico do organismo.
Tudo tem uma hora certa e com a nossa alimentação não é diferente. Cada momento do dia precisa de determinados nutrientes específicos que nos ajudam a regular o relógio biológico do organismo.

Manter o organismo saudável pode ser uma tarefa bem simples quando nossa alimentação está em dia. Muito se fala sobre comer de 3 em 3 horas, ingerir alimentos com fibras, que dão ânimo e disposição, mas qual é momento certo de comê-los? Veja alguns alimentos que não podem faltar em diferentes horários do seu dia!

Como o nosso organismo funciona como um relógio, é extremamente importante que o consumo de alimentos também se adeque para cada momento. Por exemplo, o café da manhã é indispensável. Passamos cerca de 8 horas em jejum, logo, precisamos repor nutrientes, ingerir ingredientes que nos proporcionem energia para aguentarmos a nossa rotina. A nutricionista Daniella Chein nos ajudou a separar os alimentos indispensáveis para o nosso dia a dia. Confira!

O que comer em cada período do dia?

- Café da manhã: Ideal para ajudar a perder peso e também mantê-lo, o café da manhã deve ser rico em fibras e proteína, como leite semi-desnatado, pão integral, queijo magro e frutas. "Um exemplo de desjejum saudável é fazer uma vitamina com baixa gordura, leite desnatado, fruta fresca ou congelada e iogurte desnatado. Adicione uma colher de aveia ou cereal integral para aumento de fibras", indica a profissional.

- Antes de pegar sol: Quando vamos à praia ou piscina, ou mesmo dar uma caminhada, sempre ficamos com uma dúvida cruel do que consumir, afinal, já tomamos café e provavelmente, estamos antes do almoço. Veja a indicação da Dra. Daniella Chein: "Cenoura pois contém betacaroteno, que vai ajudar no bronzeado saudável e na sua manutenção. Também é possível encontrarmos a substância na beterrada e no tomate. Sendo assim, uma boa salada com os vegetais é a alternativa antes de ir se expor ao sol", explica a nutricionista.

- Antes das atividades físicas: A alimentação para que vai praticar algum esporte precisa ser aquela que forneça substratos que atuarão como fonte de energia alternativa. Estas fontes armazenadas farão com que as reservas sejam preservadas e, como consequência, o fluxo sanguíneo aumentará. Não podemos também exagerar nas doses de carboidrato, mas se usado de forma balanceada, fará com que haja uma redução de glicogênio enquanto você está treinando. "Uma boa opção é a banana com cereais integrais. A proteína fará com que um grande número de aminoácidos seja fornecido, ajudando o fortalecimento da atividade muscular. Como opção de proteína, consuma a clara do ovo", ressalta a profissional.

- Após as atividades físicas: É de suma importância focar na recuperação muscular. O consumo de alimentos ricos em proteína, como frango, peixe, muçarela de búfala, iogurte desnatado e quinoa são boas pedidas na hora de repor os nutrientes pós treino.

- Almoço: A segunda principal refeição do dia pode ser o segredo para fugir das tentações. Quando optamos por uma variedade de nutrientes tais como: carboidratos, proteínas, vitaminas, minerais e gorduras "boas", estaremos nos prevenindo de um "lanchinho" fora de hora ou de comer por gula. Quanto mais colorido, melhor! Então, mãos à obra: Arroz e feijão é a dupla mais famosa, sendo assim, complete com uma carne (branca ou vermelha) e as verduras e legumes, que podem ser de sua preferência.

- Lanche da tarde: Algumas horas após o almoço, os níveis de glicose caem e começamos a economizar energia; e isso gera acúmulo de gordura localizada. Para evitar, devemos fazer um lanche no meio da tarde, com a finalidade de manutenção do metabolismo equilibrado e do organismo ativo.

O prolongamento da sensação de saciedade, evitando a compulsão alimentar e a regulagem dos níveis glicêmicos, atuam no controle do apetite nas próximas refeições, além de facilitar a digestão e a absorção dos nutrientes. "Prefira consumir pão integral com ricota e cenoura ralada e um suco de fruta natural. Outras boas sugestões são as frutas secas ou castanhas", recomenda a nutricionista.

- Antes de dormir: Sentir fome antes de dormir é normal, mas ninguém precisa passar fome por motivo algum. Você pode optar por lanches à base de aveia, um alimento e tanto para quem precisa entrar em forma e se manter assim. É um alimento rico em fibras, minerais, vitaminas e antioxidantes. Pode ser usada com leite, com frutas, com sucos e até mesmo em saladas.

* Daniella Chein (CRN 2003100646) é formada em Nutrição Clínica pelo Centro Universitário Bennett e atua no Rio de Janeiro.

Mais noticias com...
Receitas:
Tomate
Ver Mais

Últimas Matérias

Como fazer conserva de jurubeba

Como fazer conserva de jurubeba Como fazer conserva de jurubeba

Consumir jurubeba em conserva é uma ótima dica para melhorar o sistema digestivo. Para quem não sabe, essa planta tem propriedades diuréticas, laxativas,...

> Leia mais
Frutas com todas as letras do alfabeto: conheça opções de A a Z

Frutas com todas as letras do alfabeto: conheça opções de A a Z Frutas com todas as letras do alfabeto: conheça opções de A a Z

O universo das frutas é bem mais amplo e variado do que parece, sabia? Estima-se que existem mais de 300 espécies nativas brasileiras, fora os frutos...

> Leia mais
Como aumentar hemoglobina com a alimentação

Como aumentar hemoglobina com a alimentação Como aumentar hemoglobina com a alimentação

Você sabe o que é hemoglobina? Essa proteína está dentro dos nossos glóbulos vermelhos e é a responsável pela cor do nosso sangue. Considerada...

> Leia mais
Quem tem gastrite pode comer ovo? E tapioca? Saiba o que deve ou não ser evitado

Quem tem gastrite pode comer ovo? E tapioca? Saiba o que deve ou não ser evitado Quem tem gastrite pode comer ovo? E tapioca? Saiba o que deve ou não ser evitado

Montar uma dieta para quem tem gastrite pode ser um pouco desafiador - afinal, é necessário cortar alimentos muito ácidos, gordurosos, frituras e outros que...

> Leia mais
5 alimentos que não contêm ferro e são pouco indicados para quem tem anemia

5 alimentos que não contêm ferro e são pouco indicados para quem tem anemia 5 alimentos que não contêm ferro e são pouco indicados para quem tem anemia

Para ter uma dieta rica em ferro é muito importante incluir ingredientes específicos no cardápio - como carnes (principalmente miúdos), leguminosas e...

> Leia mais
Cana-da-índia: para que serve em termos nutricionais? Conheça suas vantagens

Cana-da-índia: para que serve em termos nutricionais? Conheça suas vantagens Cana-da-índia: para que serve em termos nutricionais? Conheça suas vantagens

A cana-da-índia ou canna indica é um tipo de PANC (Planta Alimentícia Não Convencional) existente em várias versões - com flores amarelas, avermelhadas,...

> Leia mais
O que é tabule? Ele engorda? Tire suas dúvidas sobre essa salada de origem árabe

O que é tabule? Ele engorda? Tire suas dúvidas sobre essa salada de origem árabe O que é tabule? Ele engorda? Tire suas dúvidas sobre essa salada de origem árabe

Se você sempre se perguntou o que é tabule, saiba que esse é um prato originário do Líbano, feito à base de triguilho, o famoso trigo para quibe. Com sabor...

> Leia mais
4 séries sobre alimentação saudável que valem a pena conhecer

4 séries sobre alimentação saudável que valem a pena conhecer 4 séries sobre alimentação saudável que valem a pena conhecer

Você também faz parte do time que ama assistir a filmes, séries e documentários sobre culinária? Consumir esse tipo de conteúdo é ótimo para aprender mais...

> Leia mais
Pepino é fruta ou legume? Saiba tudo sobre esse alimento nutritivo

Pepino é fruta ou legume? Saiba tudo sobre esse alimento nutritivo Pepino é fruta ou legume? Saiba tudo sobre esse alimento nutritivo

É muito provável que você já tenha visto o pepino daquela forma clássica, com duas rodelas sob os olhos de alguém para uma limpeza de pele caseira. Mas os...

> Leia mais
Nuggets vegano existe! Como fazer essa versão sem ingredientes de origem animal

Nuggets vegano existe! Como fazer essa versão sem ingredientes de origem animal Nuggets vegano existe! Como fazer essa versão sem ingredientes de origem animal

Você sabia que é possível preparar uma receita de nuggets vegano feita à base de grão-de-bico, legumes e diferentes temperos? Em vez de apostar na versão...

> Leia mais