Leite zero lactose: o que acontece com seu corpo quando você passa a consumi-lo

Leite zero lactose - e outros laticínios livres da proteína - são fontes de proteína, cálcio, vitamina D e são ótimos para a alimentação de quem é intolerante à substância
Leite zero lactose - e outros laticínios livres da proteína - são fontes de proteína, cálcio, vitamina D e são ótimos para a alimentação de quem é intolerante à substância
Adriana Lúcia van-Erven Ávila

Consultor:

Adriana Lúcia van-Erven Ávila

Formada em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo, é especialista em Nutrição em Cardiologia pelo InCor (Instituto do Coração) e em Distúrbios Metabólicos e risco Cardiovascular pelo CEU (Centro de extensão Universitária)

Consumir alimentos sem lactose é fundamental para os intolerantes à substância e pode ser também uma boa opção no cardápio de todas as pessoas. Afinal, o açúcar natural do leite costuma causar desconfortos e problemas intestinais - principalmente quando consumido de forma excessiva. De acordo com o Instituto Datafolha, em uma pesquisa realizada em 2017, 53 milhões de brasileiros relataram sentir algum desconforto após consumir produtos lácteos - o que corresponde a 35% da população com mais de 16 anos.

Não é todo mundo que precisa cortar completamente o consumo de lactose. O mais importante, na verdade, é ter o acompanhamento de um nutricionista para montar um plano alimentar que seja adequado às necessidades de cada indivíduo (com ou sem o consumo de lacticínios). Por outro lado, alternar lácteos tradicionais com a versões zero lactose dos alimentos esporadicamente pode ser uma boa ideia.

Para saber mais sobre o assunto, nós conversamos com a nutricionista Adriana Ávila, que falou mais sobre os benefícios do leite sem lactose (e de outros alimentos sem a substância) e explicou quando é necessário cortá-la da alimentação. Dá uma conferida!

Alimentação sem lactose: nem todo mundo precisa tirá-la do cardápio

Embora algumas pessoas acreditem que fazer uma alimentação sem lactose é totalmente benéfico, nem sempre isso ocorre - afinal, quando consumida de forma balanceada, a lactose até contribui com a produção de bactérias boas no intestino. De acordo com a nutricionista Adriana Ávila, só é recomendado cortar completamente a lactose quando é diagnosticado ograu de intolerância - isto é, quando se é intolerante de fato (comprovado pelo teste de tolerância à lactose) para reduzir os desconfortos, que podem ser: gases, distensão abdominal, diarreia e também sensação de inchaço.

A diminuição, entretanto, pode ser uma alternativa para os não diagnosticados: "Já atendi pacientes que não eram intolerantes de acordo com o teste, mas tinham sintomas. Nesses casos, é realmente bom reduzir ou cortar o consumo de lactose. Entretanto, se a pessoa não é intolerante ou não tem sintoma nenhum, não tem porquê cortar a lactose da dieta", complementa Adriana.

O que acontece com o corpo quando cortamos o consumo de lactose

Depois de uma semana sem consumir lactose, por exemplo, é bem provável que o intestino fique mais limpo, o corpo menos inchado e haja uma diminuição na formação de gases intestinais, por exemplo. Após um mês, o quadro tende a ser ainda mais positivo: o intestino estará funcionando bem melhor, a incidência de enjoos e diarreias diminui e o metabolismo tende a ficar mais acelerado.

Quando o organismo fica ainda mais tempo livre da substância (por 6 ou 12 meses, por exemplo), o organismo como um todo tende a funcionar melhor: a digestão é mais rápida, o sistema imunológico fica fortalecido, o processo de absorção de nutrientes fica mais eficiente e, inclusive, é possível evitar irritabilidade e insônia. Mas lembre-se: isso só ocorre quando a pessoa realmente tem algum problema com a lactose. Para quem não é sensível à substância, esse quadro de melhoras não é algo perceptível.

Caso você não tenha intolerância à lactose diagnosticada, mas ainda assim sinta desconfortos após consumir laticínios, vale a pena incluir o leite zero lactose em refeições alternadas e observar como se sente.

Quais os benefícios do leite zero lactose?

Quando se trata de reduzir o consumo de lactose, o leite zero lactose é um ótimo alimento para incluir no cardápio diário. De acordo com a nutricionista, esse ingrediente - bem como outros alimentos livres de lactose - têm seu valor nutricional e podem trazer benefícios à saúde. "Leites, iogurtes e queijos isentos de lactose continuam fornecendo proteína, cálcio e vitamina D, que são tão necessários para o nosso organismo", finaliza Adriana.

Vale destacar, ainda, que controlar o consumo diário de lactose, evitando exageros, é importante para todos - inclusive para quem não tem intolerância ou alergia à substância. Por isso, acaba sendo muito benéfico optar pelo leite zero lactose Taeq - assim, é possível comer queijos, iogurtes e outros laticínios sem sobrecarregar demais o organismo, mantendo uma alimentação mais equilibrada.

O leite zero lactose também não deixa nada a desejar em termos nutricionais. Assim como a versão comum, que contém lactose, ele é fonte de proteínas, vitaminas e minerais importantes, sendo uma ótima alternativa para quem busca uma alimentação saudável e balanceada.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais