Jejum intermitente é para todo mundo? Veja a opinião de uma nutricionista

Para fazer jejum intermitente de forma saudável, é importante consultar um nutricionista e montar um cardápio equilibrado com vegetais, frutas e outros alimentos nutritivos
Para fazer jejum intermitente de forma saudável, é importante consultar um nutricionista e montar um cardápio equilibrado com vegetais, frutas e outros alimentos nutritivos
Giovana Morbi

Consultor:

Giovana Morbi

Graduada em Nutrição pela Faculdade São Camilo, é especialista em Nutrição Clínica e Ortomolecular com extensão em Nutrigenômica e especializada em Diabetologia Prática pelo Steno Education Center, na Dinamarca.

Desde que seja feito de forma apropriada, com o direcionamento de um nutricionista, o jejum intermitente pode trazer vários benefícios à saúde, sabia? Afinal, o hábito ajuda a limpar o organismo, melhora o funcionamento do metabolismo e da imunidade. Mas será que todo mundo pode seguir esse tipo de jejum, sem restrições? Para esclarecer essa dúvida, nós conversamos com a nutricionista Giovana Morbi, que esclareceu vários pontos importantes. Dá uma conferida!

O que é jejum intermitente, como funciona e benefícios

No jejum intermitente, a proposta é intercalar períodos de jejum com outros de alimentação balanceada. Dessa forma, a pessoa fica por várias horas sem se alimentar, o que ajuda a desintoxicar o organismo e a aumentar o processo de queima de calorias.

Mas afinal, como ele funciona exatamente? Primeiro, é necessário fazer um planejamento com o nutricionista para definir o período em que será feito o jejum. Afinal, é possível fazer isso de diferentes maneiras - de 12h, 14h, 16h e até de 24h.

O jejum intermitente de 16h, por exemplo, consiste em ficar 16 horas sem se alimentar (juntando com a parte da noite). Assim, a pessoa tem 8 horas no dia para comer alimentos saudáveis, fontes de todos os nutrientes importantes. Nesse caso, uma boa sugestão é comer pela última vez às 20h e, depois, quebrar o jejum apenas às 12h do dia seguinte.

Quando feito de forma correta, o jejum intermitente pode trazer muitos benefícios: auxilia na queima de gordura corporal, ajuda a eliminar as toxinas do corpo, evita o acúmulo de líquidos, melhora a disposição do corpo e pode fortalecer o sistema imunológico. É importante, no entanto, tomar cuidado para não perder músculos (massa magra) durante esse processo. Por isso, é fundamental sempre dialogar com um profissional da saúde, ok?

Todos podem fazer jejum intermitente?

Embora o jejum intermitente possa trazer benefícios para o corpo, nem sempre ele é indicado. De acordo com a nutricionista Giovana Morbi, nem todas as pessoas estão liberadas para seguir essa linha de alimentação.

"O jejum não é indicado para pessoas com diabetes ou que apresentam quadros de hipoglicemia, condição em que a taxa de açúcar fica muito baixa e causa sintomas como sudorese, fraqueza e até desmaio. Gestantes também não devem fazer uso desse tipo de estratégia por ser um período em que a necessidade de nutrientes está aumentada", explica a profissional.

Alimentação balanceada: o que comer antes do jejum intermitente

Além de definir o período em que o jejum será feito, é muito importante pensar nos alimentos que farão parte do cardápio. De acordo com a nutricionista, a alimentação antes do jejum intermitente deve ser bem balanceada e diversificada em termos nutricionais.

"É interessante que a refeição que antecede o período de jejum seja rica em carboidratos complexos, proteínas e boas gorduras para que o corpo fique bem nutrido por um longo período", destaca Giovana. Seguem sugestões de alimentos para incluir nessa parte:

- Arroz integral

- Feijão

- Grão-de-bico

- Peixes

- Folhas verdes (alface, rúcula, agrião, espinafre)

- Tomate

- Castanhas

Bebidas detox: o que comer durante o jejum intermitente

Você sabia que é possível consumir alimentos durante o jejum? Em alguns casos, bebidas sem açúcar até ajudam a acelerar o metabolismo e a manter o organismo saudável. De acordo com Giovana Morbi, é possível incluir ingredientes estratégicos nessa etapa. "Há diferentes tipos de jejum. Quando falamos em emagrecimento, bebidas como café e chá sem açúcar, água com limão e até suco de caju podem ser consumidos", afirma a especialista.

Frutas e vegetais: o que comer depois do jejum intermitente

Na hora de quebrar o jejum, é muito importante evitar alimentos muito gordurosos, ricos em açúcar ou pobres nutricionalmente. Levando em conta que o corpo ficou horas sem se alimentar, a principal dica é pensar em superalimentos - como ovos cozidos - que ajudam a saciar sem sobrecarregar o estômago.

"Após o jejum é preciso nutrir o corpo com alimentos mais leves. Frutas e vegetais, como verduras e legumes são ótimas opções para a primeira refeição após esse período", finaliza a profissional.

Confira uma lista do que você pode comer depois do jejum intermitente:

- Pão integral

- Mix de frutas com iogurte natural e granola

- Salada de frutas ou de legumes

- Mix de sementes, castanhas, nuts e frutas secas

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais