Já ouviu falar na síndrome do impostor? Descubra se você está se autossabotando

Para identificar e tratar a síndrome do impostor é muito importante ter o acompanhamento de um psicólogo
Para identificar e tratar a síndrome do impostor é muito importante ter o acompanhamento de um psicólogo
Mariana Benitez Massari

Consultor:

Mariana Benitez Massari

Mariana Benitez Massari (CRP 05/45928) é formada em Psicologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), pós-graduada em Neuropsicologia pela UNIARA e especialista em terapia cognitivo-comportamental

Ter autoconfiança e saber reconhecer suas próprias qualidades e habilidades é algo fundamental tanto para a vida pessoal quanto profissional. Mas você sabia que existe uma síndrome que abala a autoconfiança da pessoa, causando uma sensação de inferioridade? Para quem não conhece, a síndrome do impostor é um fenômeno psicológico que pode gerar um sentimento de incapacidade no indivíduo e, a longo prazo, ser muito prejudicial para a sua saúde mental. Para saber mais sobre o assunto, nós conversamos com a psicóloga Mariana Massari, que explicou vários pontos importantes sobre a síndrome do impostor e seus sintomas. Confira!

Afinal, o que é e como funciona a síndrome do impostor?

De acordo com a psicóloga Mariana Massari, a síndrome do impostor pode ser considerada um problema grave, pois afeta diretamente o emocional do indivíduo. "Como o próprio nome diz, a pessoa se sente como uma impostora, tendo a sensação de que não tem qualidades que os outros veem nela e que outras pessoas vão descobrir isso a qualquer momento. Há o sentimento de não merecimento, inadequação, de não pertencer àquele lugar. Portadores dessa síndrome tendem a temer ser desmascarados, o que os fazem rejeitar o sucesso. O impacto da síndrome é enorme, causando ansiedade e insegurança constantes. Eles preferem não se arriscar e não fazer movimentos na carreira e na vida", explica.

"Por causa da inferior percepção de si e de suas conquistas, os portadores da síndrome negam, diminuem ou desqualificam os resultados positivos e se sentem fraudulentos ou enganadores quando são reconhecidos legitimamente por tal. Esses resultados positivos podem ocorrer em decorrência de suas habilidades, dedicação, personalidade e podem gerar benefícios acadêmicos e profissionais. A pessoa com essa síndrome pensa, automaticamente, como algo inevitável, que está sendo superestimada, lembrando apenas de opiniões negativas que não condizem com o seu sucesso", complementa Mariana.

Quais são os principais sintomas da síndrome do impostor?

Para que você saiba identificar se está (ou não) com a síndrome do impostor, a psicóloga dá dicas de como reconhecer os sintomas e, assim, detectar um possível ciclo de estresse e autossabotagem. "Os principais sintomas incluem ansiedade, medo de receber opiniões, desqualificação de elogios, crença de que o sucesso é consequência do acaso. Podem ter tendência a procrastinar ou a planejar demais suas ações, o que se reflete no ciclo da síndrome: 'Tudo que conquistei foi devido a 'X', e não porque sou inteligente ou capaz'", destaca a profissional.

Aprenda pequenas atitudes que podem ajudar no tratamento dessa síndrome

Você sabia que existem pequenas atitudes e hábitos que podem ajudar no tratamento da síndrome do impostor? De acordo com a psicóloga, realizar pequenas mudanças de comportamento diário faz toda a diferença para o processo de recuperação do indivíduo. "Algumas atitudes que podem ajudar quem se sente assim são: não se comparar a colegas, reforçar pontos positivos e talentos, buscar autoconhecimento, solicitar opiniões de pessoas próximas e de confiança, verificar se há sentido em pensamentos do tipo 'não sou bom o suficiente', procurar evidências reais que refutam essa crença, olhando tecnicamente seu trabalho como se fosse de outra pessoa. Muitas vezes, somos mais gentis com o outro do que com nós mesmos. O importante é buscar formas de trabalhar sua autopercepção e a percepção da realidade como ela é", recomenda Mariana.

Vale destacar que o acompanhamento de um psicólogo é imprescindível para a devida recuperação da síndrome. "O ideal, em todos os casos, é buscar ajuda psicológica para que um profissional habilitado possa ajudar a identificar as crenças, comportamentos e sintomas. Quando temos uma crença de não merecimento, agimos de acordo com ela, sabotando oportunidades profissionais. Entender isso e perceber quando fazemos isso nos dá a possibilidade da mudança. Na impossibilidade de fazer isso, uma estratégia de checagem da realidade pode ajudar", finaliza Mariana.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Piquenique simples: 7 lanches saudáveis para fazer com as crianças nas férias

Piquenique simples: 7 lanches saudáveis para fazer com as crianças nas férias Piquenique simples: 7 lanches saudáveis para fazer com as crianças nas férias

Fazer um piquenique simples com as crianças é uma das melhores formas de curtir as férias escolares em um dia de calor! Para montar a cesta de piquenique,...

> Leia mais
Como fazer suco com polpa de fruta? Saiba preparar e veja 13 sabores para provar

Como fazer suco com polpa de fruta? Saiba preparar e veja 13 sabores para provar Como fazer suco com polpa de fruta? Saiba preparar e veja 13 sabores para provar

Preparar um suco a partir da polpa de fruta é uma opção rápida e prática para quem está na correria do dia a dia, mas não quer deixar de se alimentar bem. A...

> Leia mais
5 benefícios do iogurte natural na alimentação do dia a dia

5 benefícios do iogurte natural na alimentação do dia a dia 5 benefícios do iogurte natural na alimentação do dia a dia

O iogurte natural costuma estar presente na dieta de todo mundo que deseja perder peso ou quer apenas melhorar a saúde. Além de ser um alimento bem versátil,...

> Leia mais
5 receitas com tapioca fáceis e saudáveis para experimentar

5 receitas com tapioca fáceis e saudáveis para experimentar 5 receitas com tapioca fáceis e saudáveis para experimentar

Receitas com tapioca são sempre um sucesso! A tapioca é uma iguaria brasileira, já utilizada pelos povos indígenas antes da colonização e bastante popular na...

> Leia mais
O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais