Incômodo? Que nada! Celíacas contam como mantêm a dieta restrita sem sofrimentos

Uma das dicas para não sofrer com a dieta celíaca é preparar a própria comida em casa, como biscoitos que não possuem farinha de trigo na receita
Uma das dicas para não sofrer com a dieta celíaca é preparar a própria comida em casa, como biscoitos que não possuem farinha de trigo na receita

Para muitas pessoas, viver uma vida com muitas restrições alimentares é algo quase impossível, né? Os celíacos, em especial, são pessoas intolerantes ou alérgicas ao glúten - substância muito presente na farinha de trigo, cevada e centeio. Por isso, alimentos como pães, biscoitos, pizzas e outras massas precisam ser cortadas da dieta. Mas você sabia que existem alternativas sem glúten para preparar todas essas receitas? Para saber mais sobre o assunto, nós conversamos com duas celíacas, que deram dicas e contaram um pouco sobre suas histórias. Confira!

Claudia Helena Porto desenvolveu intolerância ao glúten por conta de uma doença que teve há dois anos

A intolerância ao glúten pode se desenvolver em adultos por diversos fatores, sabia? A diretora de novos projetos Claudia Helena Porto, de 44 anos, desenvolveu intolerância ao glúten por conta de uma doença no estômago que teve há dois anos. Além de sofrer com uma gastrite crônica, ela adquiriu a bactéria hpylori e precisou ser tratada com uma série de remédios e uma dieta alimentar cheia de restrições. Após 6 meses intensos de tratamento, Claudia descobriu que estava com rejeição ao glúten e que precisaria se alimentar de forma restrita pelo resto da vida.

"No primeiro momento não conseguia ver o que comer... pão, macarrão, bolo, pizza e biscoito fazem parte da base da nossa alimentação, né? Por isso, os dois primeiros meses foram bem difíceis, mas depois me acostumei", conta.

Existem vários ingredientes que você pode usar no preparo de receitas sem glúten

Apesar de ser difícil lidar com algumas restrições alimentares, lembre que é sempre possível encontrar alternativas e novos ingredientes para compor a dieta. "Em geral, saio de casa com uma marmita com almoço e lanche para o dia. Faço bolo, macarrão, pizza e biscoitos sem glúten. A farinha de arroz é o meu substituto preferido para preparar tudo isso", comenta a celíaca.

Além de buscar ingredientes substitutos, que tal aprender formas diferentes de preparar massas? Claudia deu dicas ótimas de receitas para quem sofre com intolerância ao glúten: "Eu costumo preparar bolo e pizza, por exemplo, com farinha de arroz, ovo, leite, fermento e óleo. No macarrão, faço molho de tomate ou misturo com legumes. Quanto aos biscoitos, existem vários sem glúten, como alguns sequilhos e os de vento. Pão de queijo e fécula de batata também são ótimas opções", finaliza Claudia.

Larissa Ribas, de 52 anos, faz diversas receitas com farinhas alternativas

Para quem é alérgico ou intolerante ao glúten uma das piores coisas é entrar em contato com a proteína (mesmo que não seja pela via oral). Isso porque o corpo tende a reagir muito mal à substância, trazendo sintomas que podem ser fatais em casos mais extremos.

A professora aposentada Larissa Ribas, de 52 anos, sofre com intolerância ao glúten e não pode consumir a substância de jeito nenhum. "Caso eu coma algo com glúten, passo muito mal. Sinto cólicas, dor, inchaço abdominal, diarreia, vômito, até o glúten ser eliminado do organismo. Esses são os meus sintomas, mas tem pessoas que precisam ser internadas", comenta a celíaca.

A boa notícia é que atualmente existem várias alternativas para quem não pode consumir a substância - biscoitos, pizzas e pães especiais, fora ingredientes que podem facilmente substituir os com glúten.

"Hoje, já é possível encontrar pães sem glúten com mais facilidade, mas você também pode substitui-los por tapioca, pão de queijo, sempre cuidando para não haver contaminação. Para fazer bolos e pães, dá para substituir a farinha de trigo pela de fubá, farinha de arroz, farinha de amêndoas, amido de milho, farinha de mandioca (para fazer à milanesa). Também tem uma farinha preparada sem glúten que é ótima para pães, bolos e pizzas", complementa Larissa.

É importante tomar certos cuidados para evitar o contato com o glúten

Você sabia que não basta apenas cortar os alimentos com glúten da alimentação? Para evitar completamente o contato com a substância, existem alguns cuidados diários que você deve tomar: "No dia a dia preciso estar muito atenta. Se eu usar a mesma faca que foi cortado um pão com glúten, essa faca está contaminada e vai me fazer mal. Então tenho que ter muito cuidado e ter meus alimentos separados em casa", explica Larissa.

"Também é preciso tomar cuidado com temperos. Os que são prontos, por exemplo, podem conter glúten. Por isso, procure usar os naturais, como alho, cebola, salsinha, cebolinha, manjericão e orégano. Cuidado também com amaciantes de carnes, pois a maioria contém glúten", complementa a celíaca.

Procure por receitas diferenciadas e dicas de restaurantes com pratos sem glúten

Assim como aconteceu com Claudia, Larissa também desenvolveu rejeição ao glúten quando já era adulta. "Quando você descobre que tem restrição alimentar, fica meio sem chão, perdida e acha que é o fim do mundo. Você imagina que não vai poder comer nada, que vai morrer de fome", conta.

Mas, como para todo problema há uma solução, a celíaca descobriu que a intolerância ao glúten não era nenhum bicho de sete cabeças. "Felizmente hoje em dia temos mais informações nos meios de comunicação, associação de celíacos (que auxilia muito dando dicas de produtos alimentícios), cosméticos sem glúten, sabemos os sintomas da doença, como diagnosticar, conhecemos restaurantes isentos da contaminação... Isso facilita muito!", finaliza Larissa.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral

Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral

Você com certeza já ouviu falar do flúor na hora de ir ao dentista, ou nas indicações para comprar algum creme ou enxaguante bucal. Porém, apesar de não...

> Leia mais
Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora

Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora

A gente sabe que ser saudável não é uma tarefa fácil em um primeiro momento. Afinal, para que ter trabalho levando comida de casa para o trabalho ou...

> Leia mais
Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos

Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos

Quando você chega do mercado o que faz com as compras? Provavelmente guarda cada alimento no seu respectivo destino, certo? O problema é que às vezes surge...

> Leia mais
Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la

Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la

A cada quatro mães de recém-nascidos brasileiras, uma sofre de depressão pós-parto. Com os hormônios ainda em reajuste, a mulher pode experimentar um período...

> Leia mais
5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado

5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado 5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado

A água representa 70% do nosso organismo e é essencial para o nosso corpo. Inclusive, beber água é, muitas vezes, receituário médico em diversas situações....

> Leia mais
10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer

10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer 10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer

Se tem uma coisa que não pode faltar na casa do brasileiro, decididamente, é o feijão. E por aqui a gente tem vários tipos: feijão preto, branco, manteiga,...

> Leia mais
Mais saudáveis e felizes! Ex-anoréxicas contam como venceram o distúrbio

Mais saudáveis e felizes! Ex-anoréxicas contam como venceram o distúrbio Mais saudáveis e felizes! Ex-anoréxicas contam como venceram o distúrbio

A anorexia é um distúrbio de imagem que faz com que a pessoa se enxergue de maneira muito distorcida da qual ela é de fato (geralmente, com maior peso e...

> Leia mais
O que comer antes de correr? Descubra como ter mais energia e não passar mal

O que comer antes de correr? Descubra como ter mais energia e não passar mal O que comer antes de correr? Descubra como ter mais energia e não passar mal

Verdade seja dita, a corrida é um dos exercícios mais democráticos que tem. Afinal, não é preciso pagar uma academia para começar a treinar, apenas encontrar...

> Leia mais
6 dicas de alimentação saudável para quem tem epilepsia

6 dicas de alimentação saudável para quem tem epilepsia 6 dicas de alimentação saudável para quem tem epilepsia

A epilepsia é uma doença do sistema nervoso que se caracteriza pela perda de consciência momentânea, a partir de crises convulsivas, que acontecem de tempos...

> Leia mais
Triglicerídeos alto: o que comer para regular as taxas dessa gordura no sangue

Triglicerídeos alto: o que comer para regular as taxas dessa gordura no sangue Triglicerídeos alto: o que comer para regular as taxas dessa gordura no sangue

Os triglicerídeos (ou triglicérides) são gorduras muito importantes para o nosso corpo. Elas são as calorias ingeridas que o próprio organismo reserva para...

> Leia mais