Incômodo? Que nada! Celíacas contam como mantêm a dieta restrita sem sofrimentos

Uma das dicas para não sofrer com a dieta celíaca é preparar a própria comida em casa, como biscoitos que não possuem farinha de trigo na receita
Uma das dicas para não sofrer com a dieta celíaca é preparar a própria comida em casa, como biscoitos que não possuem farinha de trigo na receita

Para muitas pessoas, viver uma vida com muitas restrições alimentares é algo quase impossível, né? Os celíacos, em especial, são pessoas intolerantes ou alérgicas ao glúten - substância muito presente na farinha de trigo, cevada e centeio. Por isso, alimentos como pães, biscoitos, pizzas e outras massas precisam ser cortadas da dieta. Mas você sabia que existem alternativas sem glúten para preparar todas essas receitas? Para saber mais sobre o assunto, nós conversamos com duas celíacas, que deram dicas e contaram um pouco sobre suas histórias. Confira!

Claudia Helena Porto desenvolveu intolerância ao glúten por conta de uma doença que teve há dois anos

A intolerância ao glúten pode se desenvolver em adultos por diversos fatores, sabia? A diretora de novos projetos Claudia Helena Porto, de 44 anos, desenvolveu intolerância ao glúten por conta de uma doença no estômago que teve há dois anos. Além de sofrer com uma gastrite crônica, ela adquiriu a bactéria hpylori e precisou ser tratada com uma série de remédios e uma dieta alimentar cheia de restrições. Após 6 meses intensos de tratamento, Claudia descobriu que estava com rejeição ao glúten e que precisaria se alimentar de forma restrita pelo resto da vida.

"No primeiro momento não conseguia ver o que comer... pão, macarrão, bolo, pizza e biscoito fazem parte da base da nossa alimentação, né? Por isso, os dois primeiros meses foram bem difíceis, mas depois me acostumei", conta.

Existem vários ingredientes que você pode usar no preparo de receitas sem glúten

Apesar de ser difícil lidar com algumas restrições alimentares, lembre que é sempre possível encontrar alternativas e novos ingredientes para compor a dieta. "Em geral, saio de casa com uma marmita com almoço e lanche para o dia. Faço bolo, macarrão, pizza e biscoitos sem glúten. A farinha de arroz é o meu substituto preferido para preparar tudo isso", comenta a celíaca.

Além de buscar ingredientes substitutos, que tal aprender formas diferentes de preparar massas? Claudia deu dicas ótimas de receitas para quem sofre com intolerância ao glúten: "Eu costumo preparar bolo e pizza, por exemplo, com farinha de arroz, ovo, leite, fermento e óleo. No macarrão, faço molho de tomate ou misturo com legumes. Quanto aos biscoitos, existem vários sem glúten, como alguns sequilhos e os de vento. Pão de queijo e fécula de batata também são ótimas opções", finaliza Claudia.

Larissa Ribas, de 52 anos, faz diversas receitas com farinhas alternativas

Para quem é alérgico ou intolerante ao glúten uma das piores coisas é entrar em contato com a proteína (mesmo que não seja pela via oral). Isso porque o corpo tende a reagir muito mal à substância, trazendo sintomas que podem ser fatais em casos mais extremos.

A professora aposentada Larissa Ribas, de 52 anos, sofre com intolerância ao glúten e não pode consumir a substância de jeito nenhum. "Caso eu coma algo com glúten, passo muito mal. Sinto cólicas, dor, inchaço abdominal, diarreia, vômito, até o glúten ser eliminado do organismo. Esses são os meus sintomas, mas tem pessoas que precisam ser internadas", comenta a celíaca.

A boa notícia é que atualmente existem várias alternativas para quem não pode consumir a substância - biscoitos, pizzas e pães especiais, fora ingredientes que podem facilmente substituir os com glúten.

"Hoje, já é possível encontrar pães sem glúten com mais facilidade, mas você também pode substitui-los por tapioca, pão de queijo, sempre cuidando para não haver contaminação. Para fazer bolos e pães, dá para substituir a farinha de trigo pela de fubá, farinha de arroz, farinha de amêndoas, amido de milho, farinha de mandioca (para fazer à milanesa). Também tem uma farinha preparada sem glúten que é ótima para pães, bolos e pizzas", complementa Larissa.

É importante tomar certos cuidados para evitar o contato com o glúten

Você sabia que não basta apenas cortar os alimentos com glúten da alimentação? Para evitar completamente o contato com a substância, existem alguns cuidados diários que você deve tomar: "No dia a dia preciso estar muito atenta. Se eu usar a mesma faca que foi cortado um pão com glúten, essa faca está contaminada e vai me fazer mal. Então tenho que ter muito cuidado e ter meus alimentos separados em casa", explica Larissa.

"Também é preciso tomar cuidado com temperos. Os que são prontos, por exemplo, podem conter glúten. Por isso, procure usar os naturais, como alho, cebola, salsinha, cebolinha, manjericão e orégano. Cuidado também com amaciantes de carnes, pois a maioria contém glúten", complementa a celíaca.

Procure por receitas diferenciadas e dicas de restaurantes com pratos sem glúten

Assim como aconteceu com Claudia, Larissa também desenvolveu rejeição ao glúten quando já era adulta. "Quando você descobre que tem restrição alimentar, fica meio sem chão, perdida e acha que é o fim do mundo. Você imagina que não vai poder comer nada, que vai morrer de fome", conta.

Mas, como para todo problema há uma solução, a celíaca descobriu que a intolerância ao glúten não era nenhum bicho de sete cabeças. "Felizmente hoje em dia temos mais informações nos meios de comunicação, associação de celíacos (que auxilia muito dando dicas de produtos alimentícios), cosméticos sem glúten, sabemos os sintomas da doença, como diagnosticar, conhecemos restaurantes isentos da contaminação... Isso facilita muito!", finaliza Larissa.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Barra de amendoim e de nuts: 6 motivos perfeitos para consumi-las

Barra de amendoim e de nuts: 6 motivos perfeitos para consumi-las Barra de amendoim e de nuts: 6 motivos perfeitos para consumi-las

Manter a bolsa abastecida com barrinhas de cereais, frutas e lanches rápidos é uma ótima dica para não passar fome no dia a dia. Essa é uma boa estratégia,...

> Leia mais
Para que serve o aranto? Os benefícios dessa planta com propriedades medicinais

Para que serve o aranto? Os benefícios dessa planta com propriedades medicinais Para que serve o aranto? Os benefícios dessa planta com propriedades medicinais

Quando se trata de remédios naturais - plantas que cumprem funções terapêuticas e fitoterápicas - o aranto, nativo da ilha de Madagascar, com certeza merece...

> Leia mais
Vitaminas para engordar: 5 receitas para quem precisa ganhar quilos a mais

Vitaminas para engordar: 5 receitas para quem precisa ganhar quilos a mais Vitaminas para engordar: 5 receitas para quem precisa ganhar quilos a mais

Quem já experimentou ou ouviu falar das "dietas de engorda" sabe que elas são especialmente elaboradas para pessoas que possuem algum tipo de dificuldade em...

> Leia mais
Como podemos identificar os alimentos transgênicos? Aprenda a distingui-los

Como podemos identificar os alimentos transgênicos? Aprenda a distingui-los Como podemos identificar os alimentos transgênicos? Aprenda a distingui-los

Você sabia que mais de 90% dos hectares que realizam o cultivo de soja, milho e algodão no Brasil já utilizam a tecnologia dos alimentos transgênicos? Feitos...

> Leia mais
O que servir durante jogo de futebol? 5 ideias de petiscos saudáveis para fazer

O que servir durante jogo de futebol? 5 ideias de petiscos saudáveis para fazer O que servir durante jogo de futebol? 5 ideias de petiscos saudáveis para fazer

É muito mais gostoso assistir futebol comendo petiscos, né? Mas, em vez de recorrer a opções pouco saudáveis - como salgadinho, pizza, queijo, salaminho e...

> Leia mais
Os mitos e verdades sobre exercícios físicos que todo mundo deveria saber

Os mitos e verdades sobre exercícios físicos que todo mundo deveria saber Os mitos e verdades sobre exercícios físicos que todo mundo deveria saber

Você sabia que atividade física e exercício físico não são a mesma coisa? Na verdade, esse é um dos principais mitos da prática! Enquanto a atividade física...

> Leia mais
Os benefícios do cará, legume que lembra o inhame e é muito rico em fibras

Os benefícios do cará, legume que lembra o inhame e é muito rico em fibras Os benefícios do cará, legume que lembra o inhame e é muito rico em fibras

Semelhante ao inhame - tanto em aparência quanto em termos nutricionais -, o cará é uma raiz saborosa, rica em fibras, vitaminas e minerais indispensáveis,...

> Leia mais
Hambúrguer vegano: 4 motivos para dar uma chance a essa alternativa sem carne

Hambúrguer vegano: 4 motivos para dar uma chance a essa alternativa sem carne Hambúrguer vegano: 4 motivos para dar uma chance a essa alternativa sem carne

Você já experimentou alguma receita de hambúrguer vegano? Preparado com berinjela, cenoura, grão-de-bico e vários ingredientes nutritivos, esse lanche é uma...

> Leia mais
Alimentos com a letra V que são nutritivos e valem a pena experimentar

Alimentos com a letra V que são nutritivos e valem a pena experimentar Alimentos com a letra V que são nutritivos e valem a pena experimentar

Verdade seja dita, existem milhares e milhares de alimentos no mundo - afinal, extraímos nutrientes tanto do reino animal quanto do vegetal! Você já parou...

> Leia mais
7 receitas de sucos refrescantes e naturais para o verão

7 receitas de sucos refrescantes e naturais para o verão 7 receitas de sucos refrescantes e naturais para o verão

Só tem uma forma de sobreviver às altas temperaturas do verão: apostando em um cardápio leve, natural e hiper-refrescante! Afinal, a estação mais quente do...

> Leia mais