IMC: como calcular e saber se o Índice de Massa Corporal é considerado saudável

Para fazer o cálculo do IMC é preciso apenas saber o seu peso e altura
Para fazer o cálculo do IMC é preciso apenas saber o seu peso e altura

Você pode até não saber o que é Índice de Massa Corporal, mas é bem provável que tenha feito o cálculo pelo menos uma vez na vida. O famoso IMC é muito utilizado em colégios nas aulas de Educação Física para descobrir se a criança ou adolescente está no peso ideal. Mas embora ajude no desenvolvimento infantil, isso não o impede de ser adotado por adultos, muito pelo contrário. Essa pode ser uma ótima maneira de descobrir se é preciso ganhar peso ou perdê-lo, embora o resultado não deva ser levado tão ao pé da letra assim.

Como calcular o IMC

O cálculo é feito de maneira bem simples, já que é preciso saber apenas duas coisas: altura e peso. Para isso basta dividir o peso pela altura ao quadrado, ou multiplicada por dois. A conta ficaria assim:

______Peso______ = IMC
(Altura x Altura)

Ok, você descobriu qual o seu Índice de Massa Corporal, mas será que ele está dentro do ideal? Para saber essa resposta é preciso conferir o resultado na seguinte tabela:

<16 – Magreza Grave

16 a <17 – Magreza moderada

17 a <18,5 – Magreza Leve

18,5 a < 25 – Saudável

25 a <30 – Sobrepeso

30 a <35 – Obesidade Grau I

35 a <40 Obesidade Grau II (Severa)

> 40 – Obesidade Grau III (Mórbida)

Então digamos, por exemplo, que uma pessoa que mede 1,65 metro e pesa 65 quilos resolva fazer o cálculo. Ele ficará assim:

_____65______ = 19,69
(1,65 x 1,65)

Se olharmos a tabela veremos que essa pessoa é considerada saudável, o que significa que ela se encontra dentro do peso ideal.

O IMC vale para qualquer pessoa?

Agora que você já sabe como descobrir se está dentro do peso ideal pode estar se perguntando se essa tabela vale para qualquer pessoa. A resposta é não. Como lembra o personal trainer Luiz Gustavo Duran, a idade pode interferir no resultado. "A tabela original, que atualmente é adotada pela Organização Mundial de Saúde, é a mesma para homens e mulheres, porém é utilizada apenas em adultos. Em crianças e adolescentes o acompanhamento se faz através do percentual de crescimento estimado para a faixa etária. Já em idosos esse acompanhamento deve contar com outras medidas antropométricas, pois pessoas mais velhas tendem a perder massa muscular, e por isso o IMC pode dar um diagnóstico diferente do real", afirma.

Cuidados que devem ser tomados após calcular o IMC

Mesmo que você seja adulto é preciso tomar alguns cuidados em relação ao resultado apresentado pelo IMC. Afinal, como destaca Luiz Gustavo Duran, embora esse seja um bom indicativo para saber se a pessoa está dentro do peso considerado saudável, isso não significa necessariamente que ela precisa ganhar ou perder peso.

"Por conter apenas duas variáveis (peso e altura) o IMC não consegue estimar a gordura corporal e a massa muscular, levando a erros de interpretação", diz o profissional de Educação Física. "Por exemplo, pessoas com baixo volume muscular podem ser classificadas como dentro do peso, mas o seu percentual de gordura está elevado. Já atletas ou pessoas com alto volume muscular podem estar com IMC elevado sem estar com esse percentual de gordura alto".

Esse percentual de gordura nada mais é do que o peso da gordura em relação ao peso total do corpo. Pessoas que praticam exercícios regularmente costumam ter esse valor bem baixo, mas como os músculos se desenvolveram mais eles fazem com que a balança mostre elas estão mais pesadas, o que pode dar uma impressão errada de que engordaram. O resultado final poderá ser um IMC acima da média, embora se trate de um indivíduo completamente saudável.

Portanto, ter um Índice de Massa Corporal considerado fora do normal não necessariamente significa que pessoa precisa fazer uma dieta, seja para engordar ou emagrecer. "Antes de iniciar uma alimentação voltada para a perda de peso é recomendável realizar algumas medidas antropométricas adicionais para estimar o percentual de gordura corporal", afirma o personal trainer.

O que fazer caso o IMC não esteja dentro do que é considerado saudável

Mesmo tomando todas as precauções já mencionadas, é importante lembrar que o IMC é uma forma simples e acessível de qualquer pessoa saber se ela provavelmente está ou não dentro do seu peso ideal. Portanto, caso o seu esteja fora do padrão, Luiz Gustavo Duran sugere procurar um profissional especializado, seja ele nutricionista, professor de Educação Física, psicólogo (caso o problema esteja relacionado ao comportamento) ou mesmo médico (para fazer um controle hormonal e verificar outras possíveis patologias).

* Luiz Gustavo Duran (CREF 041766-G/RJ) é formado em Educação Física e disponibiliza o seu Facebook para contato

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Para que serve o anis-estrelado e quais seus benefícios para a nossa saúde

Para que serve o anis-estrelado e quais seus benefícios para a nossa saúde Para que serve o anis-estrelado e quais seus benefícios para a nossa saúde

Originário da China e do Vietnã, o anis-estrelado é uma planta medicinal fonte de nutrientes importantes e rica em propriedades terapêuticas: auxilia na...

> Leia mais
Como incrementar a farofa para deixá-la mais saudável e saborosa

Como incrementar a farofa para deixá-la mais saudável e saborosa Como incrementar a farofa para deixá-la mais saudável e saborosa

É difícil associar a farofa a uma alimentação saudável, né? Afinal, esse prato (que não costuma faltar no churrasco brasileiro) é geralmente preparado com...

> Leia mais
Uso do celular durante as refeições faz mal à saúde! Entenda os malefícios

Uso do celular durante as refeições faz mal à saúde! Entenda os malefícios Uso do celular durante as refeições faz mal à saúde! Entenda os malefícios

Imagine esta cena: você está em um restaurante, e observa algumas pessoas, seja um grupo de amigos ou uma família, em volta de uma mesa com suas refeições,...

> Leia mais
7 alimentos que você pode (e deve) comer com casca

7 alimentos que você pode (e deve) comer com casca 7 alimentos que você pode (e deve) comer com casca

Para aproveitar todos os nutrientes que os alimentos têm a oferecer, é importante que você consuma não apenas a polpa, mas também as suas cascas e sementes....

> Leia mais
Seitan ao forno, à parmegiana e mais: as melhores formas de preparar a proteína

Seitan ao forno, à parmegiana e mais: as melhores formas de preparar a proteína Seitan ao forno, à parmegiana e mais: as melhores formas de preparar a proteína

É muito bom descobrir maneiras novas de preparar os alimentos, né? Seja usando temperos ou métodos de cozimento variados, é sempre possível inovar na...

> Leia mais
Os perigos do Bisfenol A e como identificar se ele foi usado nos potes plásticos

Os perigos do Bisfenol A e como identificar se ele foi usado nos potes plásticos Os perigos do Bisfenol A e como identificar se ele foi usado nos potes plásticos

Encontrado em diversos tipos de plástico, policarbonato, resina e alumínio, o Bisfenol A - também chamado de BPA - é uma substância química utilizada para...

> Leia mais
Como ter um sono tranquilo? 5 chás para tomar à noite antes de dormir

Como ter um sono tranquilo? 5 chás para tomar à noite antes de dormir Como ter um sono tranquilo? 5 chás para tomar à noite antes de dormir

Para quem sofre com insônia ou problemas para dormir, tomar chás calmantes na parte da noite é uma ótima dica. Existem diversas plantas medicinais, frutas e...

> Leia mais
Os alimentos que contêm elastina e retardam o envelhecimento da pele

Os alimentos que contêm elastina e retardam o envelhecimento da pele Os alimentos que contêm elastina e retardam o envelhecimento da pele

O maior órgão do nosso corpo é a pele. Sendo assim, nada mais justo do que se preocupar com a sua saúde. Uma das substâncias que ajudam a cuidar da...

> Leia mais
Tomar suco de melancia à noite faz mal? Saiba em que momentos consumir a bebida

Tomar suco de melancia à noite faz mal? Saiba em que momentos consumir a bebida Tomar suco de melancia à noite faz mal? Saiba em que momentos consumir a bebida

A melancia é uma das frutas preferidas dos brasileiros: conhecida pelo seu sabor doce e grande quantidade de água, ela é muito consumida por ser um alimento...

> Leia mais
Setembro amarelo: 8 bons hábitos que ajudam a melhorar a saúde mental

Setembro amarelo: 8 bons hábitos que ajudam a melhorar a saúde mental Setembro amarelo: 8 bons hábitos que ajudam a melhorar a saúde mental

A gente sabe que cuidar da saúde do corpo é essencial, mas tão importante quanto manter um corpo sadio, é estar em dia com a saúde mental. O setembro amarelo...

> Leia mais