Horário de verão: Como adaptar organismo aos dias mais longos de sol? Veja!

O horário de verão chegou no Brasil. Veja como podemos adaptar o nosso organismo rapidamente, de forma natural e saudável, combinando hábitos saudáveis e uma alimentação leve e nutritiva!
O horário de verão chegou no Brasil. Veja como podemos adaptar o nosso organismo rapidamente, de forma natural e saudável, combinando hábitos saudáveis e uma alimentação leve e nutritiva!
O horário de verão chegou no Brasil. Veja como podemos adaptar o nosso organismo rapidamente, de forma natural e saudável, combinando hábitos saudáveis e uma alimentação leve e nutritiva!
O horário de verão chegou no Brasil. Veja como podemos adaptar o nosso organismo rapidamente, de forma natural e saudável, combinando hábitos saudáveis e uma alimentação leve e nutritiva!
O horário de verão chegou no Brasil. Veja como podemos adaptar o nosso organismo rapidamente, de forma natural e saudável, combinando hábitos saudáveis e uma alimentação leve e nutritiva!
O horário de verão chegou no Brasil. Veja como podemos adaptar o nosso organismo rapidamente, de forma natural e saudável, combinando hábitos saudáveis e uma alimentação leve e nutritiva!
O horário de verão chegou no Brasil. Veja como podemos adaptar o nosso organismo rapidamente, de forma natural e saudável, combinando hábitos saudáveis e uma alimentação leve e nutritiva!
O horário de verão chegou no Brasil. Veja como podemos adaptar o nosso organismo rapidamente, de forma natural e saudável, combinando hábitos saudáveis e uma alimentação leve e nutritiva!
O horário de verão chegou no Brasil. Veja como podemos adaptar o nosso organismo rapidamente, de forma natural e saudável, combinando hábitos saudáveis e uma alimentação leve e nutritiva!
O horário de verão chegou no Brasil. Veja como podemos adaptar o nosso organismo rapidamente, de forma natural e saudável, combinando hábitos saudáveis e uma alimentação leve e nutritiva!
O horário de verão chegou no Brasil. Veja como podemos adaptar o nosso organismo rapidamente, de forma natural e saudável, combinando hábitos saudáveis e uma alimentação leve e nutritiva!
Luciana Novaes

Consultor:

Luciana Novaes

Nutricionista mestre em Saúde Pública pela FIOCRUZ com especialização em Saúde Materna e Infantil e Nutrição Clínica e Estética pelo IPGS

O horário de verão chegou! A época é ideal para quem tem hábitos diurnos e ama curtir a presença do sol, afinal, o dia ganha mais 1 horinha para desfrutar! Por outro lado, para muitas pessoas, essa mudança, por menor que seja, altera bastante o ritmo cotidiano e, claro, do relógio biológico. Dormir, acordar e se alimentar precisam de novas adaptações. Confira algumas dicas que podem fazer uma diferença tremenda para esse processo no organismo ser mais rápido, saudável e natural!

O horário de verão provoca impactos positivos no dia a dia, que vão desde a melhora do humor até o aumento de ânimo e de disposição para realizarmos tarefas cotidianas. Por isso, é fundamental que o organismo esteja apto a receber essas novas mudanças e alguns hábitos saudáveis podem ajudar e muito o corpo a se adaptar mais facilmente aos novos horários. Se hidratar bastante, optar por uma alimentação mais equilibrada e investir na sua saúde, são os primeiros passos desse processo.

O que muda com a alimentação durante o horário de verão?

Segundo a nutricionista Luciana Novaes, o impacto maior na alimentação em relação ao período de horário de verão, está no calor mais latente das temperaturas que a época provoca. Por isso, uma alimentação leve é a base fundamental para não sobrecarregar o organismo. "Acordar uma hora mais cedo influencia o relógio biológico da pessoa, mas não há alimentação específica para isso. É uma questão de adaptação mesmo, igual a um fuso horário. Não há conduta alimentar que diminua esse impacto. A orientação sempre será refeições leves tanto pelo calor quanto pelo período de adaptação do organismo ao novo horário alimentar", explica a profissional apresentando pequenas dicas de uma alimentação mais equilibrada. Veja!

- Comidas mais leves: Pratos como saladas são uma ótima opção. Como medida para que não se gere mais calor no corpo, nosso metabolismo fica lento e não temos tanto apetite. Uma alimentação leve será melhor para a digestão e não irá sobrecarregar o funcionamento do nosso organismo, evitando assim um mal-estar.

- Menos carnes vermelhas: Essas proteínas devem ser menos consumidas, pela própria gordura do alimento. Carnes brancas como frango e principalmente os peixes deixam a digestão mais fácil.

- Frutas para os lanches: Além de serem alimentos leves, as que possuem muito caldo também hidratam. Uma boa opção para ingerir frutas é em forma de sucos, como de laranja, limão e outros tipos.

- O que devemos evitar: Alimentos fritos, gordurosos, excesso de carboidrato refinado, bebidas alcoólicas, sorvetes de massa. "Prefira os alimentos cozidos, alimentos integrais, sucos e picolés de frutas sem açúcar", destaca a nutricionista.

Hidratar o corpo é fundamental!

Um organismo hidratado é mais disposto, evita o cansaço no decorrer do dia e tem mais energia para executar as atividades propostas. Se dedique em ingerir os 2 litros de água recomendados, isso permitirá que o seu corpo responda melhor as mudanças provocadas pelo horário de verão.

"A água de coco também é muito bem-vinda. Além de hidratar, ela repõe alguns minerais que perdemos durante os dias mais quentes. Por seu sabor agradável e adocicado, pode ser um substituto a alguns copos de água durante o dia", ressalta a nutricionista.

Não desanime com as atividades físicas

É extremamente comum que as pessoas abandonem as práticas esportivas nesse período de adaptação, o cansaço parece ser maior que a sua disposição mas não desista! Se esforce para continuar a sua rotina, diminua a intensidade dos exercícios para que o corpo se adapte da melhor maneira possível às mudanças.

Mais noticias com...
Receitas:
Frango
Ver Mais

Últimas Matérias

Como preparar agrião? Descubra diferentes maneiras de consumir o vegetal

Como preparar agrião? Descubra diferentes maneiras de consumir o vegetal Como preparar agrião? Descubra diferentes maneiras de consumir o vegetal

Incluir vegetais verde-escuros na dieta é uma boa dica para aumentar o consumo de ferro, fibras e vitaminas que fortalecem a imunidade. O agrião, por...

> Leia mais
A receita de doce de casca de maracujá para evitar o despedício da fruta

A receita de doce de casca de maracujá para evitar o despedício da fruta A receita de doce de casca de maracujá para evitar o despedício da fruta

Aproveitar os alimentos em sua totalidade - usando casca, polpa, talo e sementes - é uma ótima forma de ser sustentável (evitando desperdícios) e...

> Leia mais
5 cuidados importantes para quem vai praticar atividades físicas no calor

5 cuidados importantes para quem vai praticar atividades físicas no calor 5 cuidados importantes para quem vai praticar atividades físicas no calor

Praticar exercícios físicos de forma regular e equilibrada - mesmo em dias mais quentes - é importante para a saúde mental e corporal. No entanto, durante o...

> Leia mais
Não sabe para que serve a equinácea? Descubra por que e como consumi-la

Não sabe para que serve a equinácea? Descubra por que e como consumi-la Não sabe para que serve a equinácea? Descubra por que e como consumi-la

Usada para tratar inflamações e amenizar sintomas de gripes e resfriados, como tosse e coriza, a equinácea (Echinacea ssp.) é uma planta medicinal...

> Leia mais
6 motivos para consumir chá de chia e como prepará-lo

6 motivos para consumir chá de chia e como prepará-lo 6 motivos para consumir chá de chia e como prepará-lo

Rica em fibras alimentares, ômega 3 e minerais importantes, a chia é uma semente altamente nutritiva geralmente usada em dietas restritivas, já que é...

> Leia mais
O que não pode comer quando coloca piercing? Descubra quais alimentos priorizar

O que não pode comer quando coloca piercing? Descubra quais alimentos priorizar O que não pode comer quando coloca piercing? Descubra quais alimentos priorizar

Após colocar piercing, fazer tatuagem ou realizar procedimentos cirúrgicos, é muito importante evitar certos alimentos e ter uma dieta que contribua para o...

> Leia mais
Quais os tipos de ginástica? Veja as características de cada um

Quais os tipos de ginástica? Veja as características de cada um Quais os tipos de ginástica? Veja as características de cada um

Equilíbrio, flexibilidade e força. Você sabia que essas três palavrinhas estão associadas a praticamente todos os tipos de ginástica? Classificada em...

> Leia mais
Boldo-da-terra ou boldo-do-chile? Saiba para que serve cada um

Boldo-da-terra ou boldo-do-chile? Saiba para que serve cada um Boldo-da-terra ou boldo-do-chile? Saiba para que serve cada um

Entre as espécies de boldo mais utilizadas para tratar problemas como gastrite, gripes e resfriados, o boldo-da-terra e o boldo-do-chile são duas que...

> Leia mais
5 benefícios da farinha de linhaça para a sua saúde

5 benefícios da farinha de linhaça para a sua saúde 5 benefícios da farinha de linhaça para a sua saúde

Usar farinha de linhaça no preparo de omeletes, pães, biscoitos, panquecas e até vitaminas no dia a dia é uma ótima forma de fortalecer o organismo....

> Leia mais
Como é feito o açaí? Entenda o processo que a palmeira passa para chegar a você

Como é feito o açaí? Entenda o processo que a palmeira passa para chegar a você Como é feito o açaí? Entenda o processo que a palmeira passa para chegar a você

Nativo da região amazônica e consumido em todo o Brasil, o açaí é uma fruta altamente nutritiva (rica em cálcio, potássio, ferro, vitaminas A, C, do complexo...

> Leia mais