Gosta de sucos detox? Aprenda a evitar o desperdício de alimentos no seu preparo

É importante que os ingredientes estejam frescos para que todos os nutrientes de um suco detox, seja ele verde, amarelo ou vermelho, sejam aproveitados
É importante que os ingredientes estejam frescos para que todos os nutrientes de um suco detox, seja ele verde, amarelo ou vermelho, sejam aproveitados

Acrescentar os sucos detox na dieta diária é uma decisão muito acertada. Afinal, eles combinam nutrientes que são essenciais para qualquer dieta funcional, além de ajudarem a emagrecer, desintoxicar o corpo e ainda trazerem diversos benefícios para a saúde. Mas após comprar todos os ingredientes muita gente se depara com um grande problema: o desperdício. Afinal, com o passar dos dias os alimentos orgânicos vão estragando, e mesmo quando isso não ocorre uma boa parte deles vai parar no lixo. Para que isso não ocorra mais, nós separamos algumas soluções para aproveitar melhor os alimentos e ser 100% sustentável.

Prepare o suco para a semana e o congele

Uma ótima forma de evitar que os alimentos estraguem é prepará-los enquanto ainda estão frescos. Ok, mas o suco perde o seu sabor com o passar do tempo, certo? Não se ele for congelado. Calma, não é preciso colocá-lo em copos e depois levá-los ao freezer. Ao optar por essa alternativa você deve preparar o suco normalmente, mas com uma quantidade suficiente para uma semana de consumo. Após bater tudo no liquidificador, coloque o seu conteúdo em formas de gelo e só então as leve para o congelador. Assim, sempre que você quiser tomar a bebida basta colocar algumas dessas formas com suco no próprio liquidificador e bater tudo com um pouco de água. Pronto! Além de refrescante o suco continuará bem fresco e altamente nutritivo.

Congele os ingredientes do suco

Para quem não quer necessariamente tomar o mesmo suco a semana inteira, uma outra opção é congelar seus ingredientes. Afinal, assim será possível intercalar entre os sucos verde, vermelho e amarelo e aproveitar todos os seus benefícios no decorrer da semana. Não é todo alimento que pode ser congelado, mas uma boa parte deles pode durar mais tempo graças a esse artifício.

Em primeiro lugar é preciso lavá-lo para evitar a proliferação de bactérias durante o congelamento. Depois, no caso de legumes e verduras, basta cortá-los e levá-los ao freezer após eles serem embalados (preferencialmente a vácuo). Lembrando que eles serão usados para sucos, então se você mudar de ideia e resolver consumi-los enquanto ainda estão crus saiba que a textura fica diferente após eles serem submetidos a temperaturas tão baixas.

Já no caso das hortaliças há mais de uma forma de conservá-las. A primeira consiste em dar um choque térmico nas folhas. Para isso é basta jogá-las primeiro na água fervente e em seguida em água fria. Além de diminuir a quantidade de bactérias, sua cor, sabor e textura também ficarão conservados por mais tempo. Depois é só colocar o alimento em embalagens lacradas preferencialmente a vácuo. Outra opção é cortar as folhas em pedaços, colocá-las em formas de gelo, preenche-las com algum óleo e levar o conteúdo ao freezer. Aí na hora de utilizá-las basta esperar o óleo derreter, lavar um pouco as folhas e utilizá-las no preparo do suco. Por fim, se for congelar frutas é preciso lembrar apenas de, se possível, retirar os caroços antes de colocá-las fatiadas e embaladas no freezer.

Utilize o bagaço do suco

Na hora de coar o suco detox muita gente joga o bagaço da bebida fora, mas isso também é uma forma de desperdício, já que ele é muito benéfico e pode sim fazer parte da nossa alimentação. Rico em fibras, ele ajuda a regular o intestino evitando aquela sensação de inchaço no corpo, que é inimiga de quem faz dieta. Uma boa ideia é aproveitá-lo em outras receitas, como vitaminas, omeletes ou até mesmo no preparo de bolos. O importante é apenas não se livrar algo que pode ser muito bem aproveitado pelo organismo.

Faça uma horta em casa

Verdade seja dita: a melhor forma de impedir o desperdício dos alimentos é coletá-los do pé quando for preciso usá-los. Se você mora em casa e possui um quintal pode ser mais ousado e preparar uma horta com alimentos orgânicos maiores, como é o caso da couve. Já se mora em apartamento não pense que não poderá montar uma, pois hortaliças em geral são pequenas e sobrevivem muito bem em vasos de plantas. Aí na hora que for preparar o suco detox basta pegar algumas folhas e fazer uma bebida fresquinha e altamente nutritiva.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais
Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da...

> Leia mais
Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Você também gosta de experimentar comidas de culinárias diferentes? A gastronomia japonesa, para quem não conhece, costuma usar muitos legumes, vegetais,...

> Leia mais
Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Presente na nossa alimentação antes mesmo de o Brasil ser descoberto pelos portugueses, a mandioca (também chamada de macaxeira ou aipim) é uma raiz...

> Leia mais
6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente 6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

Separar poucos minutos do dia para meditar, relaxar o corpo e a mente pode ser algo muito benéfico, sabia? Cuidar da saúde mental e emocional requer pequenos...

> Leia mais
Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo

Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo

Os minerais, de uma forma geral, são muito importantes para a saúde dos sistemas nervoso, muscular, esquelético e digestivo, além de garantirem equilíbrio...

> Leia mais