Ginkgo biloba: as propriedades medicinais dessa planta que é símbolo no Japão

Embora traga diversos benefícios para a saúde, aqui no Brasil a ginkgo biloba é vendida apenas em pó dentro de cápsulas
Embora traga diversos benefícios para a saúde, aqui no Brasil a ginkgo biloba é vendida apenas em pó dentro de cápsulas

Você conhece a fitoterapia? Essa prática é conhecida por utilizar as plantas como medicamento ao invés de optar pelos remédios produzidos pela indústria. Claro que dependendo da doença eles são altamente necessários, mas se o desconforto não for tão grande assim em geral é possível resolvê-lo apenas com a alimentação. Algumas plantas de uso medicinal são velhas conhecidas, como a camomila e a erva-doce. Ainda assim, há aquelas que embora sejam muito benéficas para a saúde começaram a ganhar agora popularidade Brasil. Esse é caso da ginkgo biloba, também conhecida como nogueira-do-japão e árvore-avenca.

Nativa da Ásia, essa planta é lembrada por ter sido a primeira a crescer em Hiroshima, no Japão, após a bomba atômica ser lançada na cidade. Mas além de ter se tornado uma espécie de símbolo da longevidade ao mostrar que apesar de tudo a vida continua, elas também é conhecida pelas suas propriedades medicinais, que são aproveitadas há séculos.

Ginkgo biloba é bom para a memória

Embora volta e meia a gente escute que determina comida é boa para a memória, esse benefício, no caso do ginkgo biloba, é comprovado. O motivo está diretamente ligado à biologia do corpo humano. Nós possuímos no nosso cérebro uma molécula chamada acetilcolina, que é um neurotransmissor. Seu objetivo é transmitir impulsos nervosos entre as células que estão no nosso sistema nervoso. A grande questão é que para ela se formar é preciso que a colina, nutriente presente no complexo B, esteja no neurônio. Tudo bem, mas o que o ginkgo biloba tem a ver com isso? Tudo! Isso porque ele permite que a colina entre na acetilcolina, e o resultado a gente já sabe: o cérebro trabalha melhor e a memória é aprimorada.

Ajuda a evitar o câncer

Por ser um antioxidante, o ginkgo biloba combate os radicais livres, que são moléculas tóxicas que impedem que o nosso corpo funcione bem. Com isso, a planta possui substâncias que irão fortalecer o sistema imunológico e consequentemente evitar algumas doenças, como a gripe ou mesmo o câncer. Os dois agentes que trabalham para impedir o aparecimento de um tumor são os bioflavonóides e os terpenóides, que por atuarem diretamente na célula não apenas combatem os radicais livres como também impedem o envelhecimento precoce. Isso sem falar que essa planta sobreviveu à radiação do bombardeio atômico em Hiroshima, o que sugere que ela talvez possa atacar tumores, mas os estudos ainda não são conclusivos.

Consumo de ginkgo biloba permite o bom funcionamento do sistema circulatório

De uma forma geral o ginkgo biloba possui uma ação vasodilatadora, o que permite que o sangue circule melhor no corpo, especialmente no que diz respeito às áreas que não estão próximas do coração. Isso significa, por exemplo, que ele irriga melhor o labirinto, estrutura localizada no nosso ouvido responsável pelo nosso equilíbrio. Portanto, ele pode combater problemas como a labirintite, que causa tontura, e ainda evitar zumbidos. Em alguns casos também pode acabar com algumas dores, que estão relacionadas a áreas em que o sangue não é bombeado de forma eficaz.

Consulte o médico antes de consumir ginkgo biloba

Não se engane: o ginkgo biloba também pode ter efeitos colaterais caso seja ingerido em grandes quantidades. Não é à toa que aqui no Brasil ele é vendido em pó dentro de cápsulas. Enxaquecas e enjoos são apenas alguns dos problemas que ele pode causar se o seu consumo não for controlado. Se você se interessou por esse alimento medicinal converse com o seu médico, pois essas cápsulas possuem tarja vermelha e só poderão ser compradas com receita.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Da branca à vermelha: os tipos de pimenta-do-reino e como usá-los na cozinha

Da branca à vermelha: os tipos de pimenta-do-reino e como usá-los na cozinha Da branca à vermelha: os tipos de pimenta-do-reino e como usá-los na cozinha

Se a gente te disser que a famosa pimenta-do-reino preta também possui outras três cores diferentes? É real! A deliciosa especiaria proveniente da planta...

> Leia mais
Fibras e diabetes: entenda como o nutriente é essencial para quem tem a doença

Fibras e diabetes: entenda como o nutriente é essencial para quem tem a doença Fibras e diabetes: entenda como o nutriente é essencial para quem tem a doença

Você sabia que dietas ricas em fibras (com grãos, sementes, cereais e alimentos integrais) ajudam a controlar a diabetes? Elas mantêm o colesterol...

> Leia mais
Os alimentos brancos para evitar sempre que possível

Os alimentos brancos para evitar sempre que possível Os alimentos brancos para evitar sempre que possível

São muitos os alimentos brancos que costumam fazer parte da nossa dieta (como arroz e farinha de trigo). Mas você sabia que muitos deles, na verdade, não são...

> Leia mais
Pasta de amendoim tem benefícios de sobra! Conheça suas principais vantagens

Pasta de amendoim tem benefícios de sobra! Conheça suas principais vantagens Pasta de amendoim tem benefícios de sobra! Conheça suas principais vantagens

Deliciosamente produzida a partir de amendoim torrado e moído e mais alguns óleos vegetais, a pasta de amendoim tem sabor e cremosidade únicos. E, ao...

> Leia mais
Espinafre refogado, cru e a vapor: como preparar o vegetal de diferentes formas

Espinafre refogado, cru e a vapor: como preparar o vegetal de diferentes formas Espinafre refogado, cru e a vapor: como preparar o vegetal de diferentes formas

Incrementar o seu cardápio diário com espinafre, é investir em superalimento cheio de vitaminas, fibras e muito, muito ferro! Se você ainda tinha alguma...

> Leia mais
Dia Internacional do Riso: 6 motivos para sorrir todos os dias

Dia Internacional do Riso: 6 motivos para sorrir todos os dias Dia Internacional do Riso: 6 motivos para sorrir todos os dias

Uma coisa é certa: por trás de um sorriso tem sempre um motivo. Pode ser algo engraçado, bonito, emocionante ou divertido que serve de gatilho para uma boa...

> Leia mais
Como ser saudável gastando pouco? As dicas para aliar saúde e economia

Como ser saudável gastando pouco? As dicas para aliar saúde e economia Como ser saudável gastando pouco? As dicas para aliar saúde e economia

Seguir uma dieta saudável (com alimentos naturais) não significa necessariamente gastar muito, sabia? Muitas pessoas acreditam que comida saudável é mais...

> Leia mais
Água de coco faz mal para diabéticos? É low carb? Os mitos e verdades da bebida

Água de coco faz mal para diabéticos? É low carb? Os mitos e verdades da bebida Água de coco faz mal para diabéticos? É low carb? Os mitos e verdades da bebida

Água de coco: uma bebida altamente nutritiva, saborosa, refrescante e definitivamente compatível com o verão! Mas como todo bom alimento saudável, há certos...

> Leia mais
Alimentos energéticos, construtores e reguladores: entenda cada um desses grupos

Alimentos energéticos, construtores e reguladores: entenda cada um desses grupos Alimentos energéticos, construtores e reguladores: entenda cada um desses grupos

Você já ouviu falar nos alimentos energéticos, construtores e reguladores? O nome pode até não ser usual, mas esses três grupos alimentares com certeza fazem...

> Leia mais
5 frutas para o pré-treino perfeitas para quem se exercita com frequência

5 frutas para o pré-treino perfeitas para quem se exercita com frequência 5 frutas para o pré-treino perfeitas para quem se exercita com frequência

Manter uma rotina de exercício físico é fundamental para o seu bem-estar. Mas, para fazer isso de forma saudável, você deve montar uma dieta equilibrada, com...

> Leia mais