Frutose para diabéticos: O açúcar das frutas faz bem ou mal ao índice glicêmico?

Frutose faz bem ou não para diabéticos? A grande questão volta à tona, quando estudos garantem que o açúcar das frutas serve como um adoçante natural e que, de maneira equilibrada, pode ajudar a controlar a glicemia do sangue.
Frutose faz bem ou não para diabéticos? A grande questão volta à tona, quando estudos garantem que o açúcar das frutas serve como um adoçante natural e que, de maneira equilibrada, pode ajudar a controlar a glicemia do sangue.
Frutose faz bem ou não para diabéticos? A grande questão volta à tona, quando estudos garantem que o açúcar das frutas serve como um adoçante natural e que, de maneira equilibrada, pode ajudar a controlar a glicemia do sangue.
Frutose faz bem ou não para diabéticos? A grande questão volta à tona, quando estudos garantem que o açúcar das frutas serve como um adoçante natural e que, de maneira equilibrada, pode ajudar a controlar a glicemia do sangue.
Frutose faz bem ou não para diabéticos? A grande questão volta à tona, quando estudos garantem que o açúcar das frutas serve como um adoçante natural e que, de maneira equilibrada, pode ajudar a controlar a glicemia do sangue.
Frutose faz bem ou não para diabéticos? A grande questão volta à tona, quando estudos garantem que o açúcar das frutas serve como um adoçante natural e que, de maneira equilibrada, pode ajudar a controlar a glicemia do sangue.
Frutose faz bem ou não para diabéticos? A grande questão volta à tona, quando estudos garantem que o açúcar das frutas serve como um adoçante natural e que, de maneira equilibrada, pode ajudar a controlar a glicemia do sangue.
Frutose faz bem ou não para diabéticos? A grande questão volta à tona, quando estudos garantem que o açúcar das frutas serve como um adoçante natural e que, de maneira equilibrada, pode ajudar a controlar a glicemia do sangue.
Frutose faz bem ou não para diabéticos? A grande questão volta à tona, quando estudos garantem que o açúcar das frutas serve como um adoçante natural e que, de maneira equilibrada, pode ajudar a controlar a glicemia do sangue.
Cristiane Coronel

Consultor:

Cristiane Coronel

Nutricionista Graduada pelo Centro Universitário de Brasília e pós-graduada em Nutrição Clínica e Esportiva Funcional pela Universidade Cruzeiro do Sul

Produto recomendado

Abacaxi desidratado Taeq 55g

Abacaxi desidratado Taeq 55g

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Quando uma pessoa tem diabetes, a primeira missão para amenizar os sintomas da doença e prolongar sua qualidade de vida é cortar o açúcar da alimentação. Mas, como fazer quando esse elemento, que tanta dá sabor, é de origem natural, ou seja, provém da composição genuína do próprio alimentos, como, por exemplo, a frutose? Para manter as taxas de glicemia sempre estáveis, a nutricionista Cristiane Coronel nos dá dicas de como equilibrar os níveis de frutose numa dieta para diabéticos. Veja!

Pera, maçã, goiaba, morango, abacaxi... Não importa, todas as frutas têm frutose. Umas mais, outras menos, mas o açúcar natural desse grupo de alimentos é o que faz dessas iguarias tão gostosas e nutritivas de ingerir. Contudo, segundo Coronel, o uso desse tipo de carboidrato na dieta específica para diabéticos foi preconizada pela possível substituição que ele age em relação à glicose, por possuírem estruturas químicas semelhantes, sem necessitar da insulina para o seu metabolismo.

"Estudos recentes mostraram um equilíbrio do índice glicêmico, quando as frutas são consumidas com outras fontes alimentares, e, por isso, a frutose foi recomendada como adoçante aos diabéticos. Entretanto, não existe consenso em relação ao uso desse açúcar entre os especialistas na doença. Os autores contrários ao uso consideram que o emprego descontrolado da frutose resultaria em produção de glicose pelo organismo, e, consequentemente, aumento da glicemia", destaca a nutricionista, ressaltando que o equilíbrio ainda é a melhor maneira de manter a alimentação regulada:

"A adequação dos grupos alimentares em cada refeição, é o segredo para um bom funcionamento do organismo e equilíbrio metabólico, tanto em diabéticos quanto em qualquer outro indivíduo", destacou.

Exemplo do uso benéfico da frutose para a alimentação de diabéticos

Segundo a Dra. Coronel, o ideal e mais eficaz hoje em dia, é sempre acrescentar uma porção de fibras ou proteínas ou ainda, boas gorduras (castanhas) às frutas, nos lanches. "Por exemplo, em uma porção de mamão (120 – 140 g), acrescente mix de fibras ou aveia (1 colher de sopa já é o suficiente). Ou, no lugar das fibras, coma uma fatia pequena (25 g) de queijo branco ou 2 castanhas do Pará", finalizou a profissional.

Mais noticias com...
Receitas:
Queijo
Ver Mais

Últimas Matérias

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais
Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da...

> Leia mais
Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Você também gosta de experimentar comidas de culinárias diferentes? A gastronomia japonesa, para quem não conhece, costuma usar muitos legumes, vegetais,...

> Leia mais