Frutos secos e carnosos: quais as diferenças entre eles?

Os frutos secos são subdivididos em dois grupos: sementes comestíveis, também chamadas de oleaginosas, e frutos desidratados
Os frutos secos são subdivididos em dois grupos: sementes comestíveis, também chamadas de oleaginosas, e frutos desidratados
Os frutos secos são subdivididos em dois grupos: sementes comestíveis, também chamadas de oleaginosas, e frutos desidratados
Os frutos secos são subdivididos em dois grupos: sementes comestíveis, também chamadas de oleaginosas, e frutos desidratados
Os frutos secos são subdivididos em dois grupos: sementes comestíveis, também chamadas de oleaginosas, e frutos desidratados

Se procurarmos nos livros de biologia vamos descobrir que os frutos são responsáveis pela proteção das sementes das angiospermas, nome do grupo vegetal que compreende as plantas floríferas. Eles são liberados para consumo assim que ficam maduros - e, pelo alto valor nutritivo, são indispensáveis na rotina de quem quer seguir uma alimentação saudável.

Mas, além dessas informações, você sabia que os frutos podem ser divididos em dois grupos, os carnosos e os secos? O primeiro, como o nome já deixa indicar, se destaca por ser mais suculento, enquanto o segundo tem uma aparência mais ressecada. Entenda melhor a diferença entre eles:

Frutos carnosos têm camada externa suculenta e se subdivide em baga ou drupa

A principal característica dos frutos carnosos é a camada externa - conhecida cientificamente como pericarpo -, que é mais suculenta. E é justamente daí que vem o nome que denomina o grupo, já que é essa característica que garante uma aparência polposa ao alimento.

Além desse detalhe, os frutos do tipo carnoso ainda se subdividem em baga ou drupa - classificação feita levando em consideração as sementes. Nos primeiros, elas se separam com facilidade do fruto por ficarem soltas na parte comestível (mesocarpo), enquanto as segundas têm apenas uma semente bem no meio, na área que leva o nome de endocarpo. Para entender melhor o tipo baga, é só considerar a melancia, a laranja e o tomate, por exemplo. Já com o grupo das drupas, a dica é pensar em frutos como pêssego, manga e abacate.

Frutos secos se caracterizam pelo pericarpo mais ressecado

Como o próprio nome já indica, os frutos desse tipo têm a parte externa mais seca. Para você ter uma ideia, eles até conseguem se abrir sozinhos na fase em que as sementes estão devidamente maduras - algo que não acontece com os carnosos. No entanto, eles também se subdividem em dois grupos - sementes comestíveis ou desidratados -, mas o que determina essa diferença é o modo de consumo e não a posição ou quantidade desses grãos.

As sementes comestíveis, também chamadas de oleaginosas, são aquelas que são envolvidas por uma casca bem dura e podem ser consumidas "in natura", como as nozes, amêndoas e avelãs. Os frutos desidratados, por sua vez, se originam da secagem de outros frutos frescos - como a ameixa e a uva, por exemplo.

Conheça os benefícios dos frutos carnosos e secos

Agora que você já entendeu a diferença entre os dois tipos de frutos, também vale saber um pouco mais sobre os benefícios de cada um:

Os frutos carnosos são os mais comuns no dia a dia, seja para completar o café da manhã ou para funcionar como uma sobremesa depois do almoço ou no lanche da tarde. Ricos em substâncias nutritivas, eles são indispensáveis na dieta de quem quer usar a alimentação para manter a saúde em dia com todos os nutrientes que precisa.

A melancia, por exemplo, se destaca pela ação hidratante no corpo - já que é composta por mais de 80% de água - e por contar com as vitaminas A e do complexo B. O abacate, por sua vez, tem o benefício de ajudar quem tem problemas cardiovasculares por ser rico em vitamina E.

Os frutos secos, muito consumidos em ocasiões especiais, como as festas de fim de ano, também são ricos em nutrientes importantes - como vitaminas do complexo B, gorduras boas, zinco, fibras e o tão falado ômega 3, por exemplo. No entanto, devem ser consumidos com moderação por causa do alto valor calórico.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais