Fonte de fibras, aproveite os benefícios da chia para perder peso

Em suas mais variadas formas e composições culinárias, a chia, fonte substâncial de fibras alimentares, ajuda a emagrecer, perder peso, diminui o inchaço, abaixa os níveis de colesterol e até previne alguns tipos de câncer.
Em suas mais variadas formas e composições culinárias, a chia, fonte substâncial de fibras alimentares, ajuda a emagrecer, perder peso, diminui o inchaço, abaixa os níveis de colesterol e até previne alguns tipos de câncer.
Adriana Lúcia van-Erven Ávila

Consultor:

Adriana Lúcia van-Erven Ávila

Formada em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo, é especialista em Nutrição em Cardiologia pelo InCor (Instituto do Coração) e em Distúrbios Metabólicos e risco Cardiovascular pelo CEU (Centro de extensão Universitária)

A chia tem causado uma verdadeira revolução nas dietas mais modernas! Em suas mais variadas formas e composições culinárias, ela, fonte substancial de fibras alimentares, ajuda a emagrecer, perder peso, diminui o inchaço, abaixa os níveis de colesterol e até previne alguns tipos de câncer. São muitos benefícios para uma semente só!

Também conhecida como sálvia hispânica, a chia é natural de regiões da Guatemala, México e Colômbia e apresenta cor preta, branca ou acinzentada. Por causa da grande quantidade de fibras, tornou-se uma grande aliada para luta contra os quilinhos extras, pois seu consumo prolonga a sensação de saciedade.

Além das fibras, a chia tem a capacidade de aumentar seu tamanho e consequentemente diminuir o volume de comida que precisamos para ficarmos satisfeitos. Em contato com a água, esse alimento aumenta em até 10 vezes o seu peso e forma uma espécie de gosma altamente viscosa que, além de ocupar espaço no estômago e reduzir o apetite, melhora o metabolismo das gorduras. A nutricionista Adriana Ávila cita os principais benefícios nutricionais encontrados no alimento:

"Os benefícios incluem o fornecimento de fibras, carboidratos, proteínas, gorduras - principalmente o ômega 3 -, cálcio, fósforo, magnésio, potássio, ferro, zinco, vitamina A e algumas do complexo B. É um alimento bastante completo e uma de suas maiores vantagens é a ação do ômega 3, que auxilia no controle do colesterol, triglicérides e glicose", explica a nutricionista Adriana Ávila.

Outros benefícios da chia

Reforço imunológico: A chia é fonte de vitamina B e antioxidantes, o que age como anti-inflamatório e antiviral, protege contra doenças cardiovasculares, e cânceres de pulmão e de estômago.

Deixa pele, unhas e cabelos mais bonitos: O gel incolor que se forma quando entra em contato com a água ajuda a prevenir o acúmulo de toxinas no organismo e assim colabora para deixar a pele mais saudável.

Dá força aos ossos e melhora o humor: É rica em cálcio, ferro e magnésio, uma combinação que é importante na manutenção da saúde óssea e na construção do tecido muscular. Essa mesma combinação ajuda no controle do humor e combate ao estresse.

Como devemos consumir a chia?

A quantidade recomendada de ingestão diária da chia é de até 2 porções, de 1 colher de sopa cada somando 25g, que podem ser incorporadas à dieta de várias formas: "Ela poderá ser adicionada às frutas, aos sucos, vitaminas, iogurtes, colocada sobre a salada, nos mingais, nas sopas ou em receitas de pães e bolos, desde que não sejam muito calóricos, caso contrário a chia não fará milagres. O ideal é triturar a chia na hora de usar, mas caso não seja possível usar a chia já triturada, para que o ômega 3 seja melhor absorvido", sugere a Dra. Adriana.

Cuidados: Adotar a chia na dieta não é suficiente se outros hábitos sejam modificados juntamente, como praticar exercícios regularmente e manter a alimentação balanceada. "Os riscos são o aumento de peso, pelo consumo excessivo e desordenado da semente, e a constipação, pela baixa ingestão de água ao longo do dia", alerta a terapeuta nutricional Patrícia Trindade.

Segundo a nutricionista Nathana Ciniglia, nem todo mundo pode consumir a chia: "Pessoas com síndrome do intestino irritável devem ficar atentas ao consumo. Vale ressaltar que antes de consumir qualquer produto ou alimento, é importante ter orientação de um profissional. Nesse caso não é diferente e apesar de tantos benefícios, cada pessoa tem sua individualidade bioquímica e precisa ser respeitada", orienta.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo

Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo

Você sabia que a mozarela de búfala é um dos tipos de queijos brancos mais consumidos do mundo? Conhecida pela sua textura cremosa e suculenta, ela tem como...

> Leia mais
Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos

Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos

Você sabia que é possível preparar receitas de macarrão sem necessariamente usar farinha de trigo? Quem é celíaco, por exemplo, deve passar longe de pratos...

> Leia mais
6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora

6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora 6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora

Às vezes pode parecer difícil seguir uma dieta vegana e ter tempo para preparar lanches sem ingredientes de origem animal durante a correria do dia a dia....

> Leia mais
O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas

O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas

Se você gosta de experimentar comidas típicas de diferentes regiões do Brasil, é bem provável que já conheça o sagu - uma sobremesa feita com vinho tinto...

> Leia mais
Pimenta-rosa: 5 benefícios dessa planta brasileira na sua alimentação

Pimenta-rosa: 5 benefícios dessa planta brasileira na sua alimentação Pimenta-rosa: 5 benefícios dessa planta brasileira na sua alimentação

Fruto da aroeira-vermelha, a pimenta-rosa é uma planta brasileira de ardência leve, sabor adocicado e aparência delicada. Mas além de características e...

> Leia mais
4 receitas com coco ralado fresco que são supernutritivas

4 receitas com coco ralado fresco que são supernutritivas 4 receitas com coco ralado fresco que são supernutritivas

Considerado um superalimento, o coco é uma fruta das frutas mais nutritivas que existe. Ele é rico em minerais importantes como cálcio, magnésio, cobre,...

> Leia mais
5 livros para relaxar a mente e deixar os dias mais tranquilos

5 livros para relaxar a mente e deixar os dias mais tranquilos 5 livros para relaxar a mente e deixar os dias mais tranquilos

Criar o hábito de ler livros de diferentes temas no dia a dia pode ser mais benéfico do que você imagina. Além de ser uma forma de aprender, desenvolver...

> Leia mais
Pré-diabetes tem como reverter? Aprenda a tratá-la da forma adequada

Pré-diabetes tem como reverter? Aprenda a tratá-la da forma adequada Pré-diabetes tem como reverter? Aprenda a tratá-la da forma adequada

Para muitas pessoas, receber o diagnóstico de diabetes é sinônimo de restrições alimentares e complicações de saúde a longo prazo. Basta receber a notícia...

> Leia mais
Tempo de molho do feijão, da lentilha e mais! Saiba o ideal para as leguminosas

Tempo de molho do feijão, da lentilha e mais! Saiba o ideal para as leguminosas Tempo de molho do feijão, da lentilha e mais! Saiba o ideal para as leguminosas

Deixar leguminosas (como feijão, lentilha ou ervilha) e outros grãos de molho é fundamental para eliminar os antinutrientes - substâncias que podem...

> Leia mais
Para que serve a bromelina? Conheça essa enzima boa para a digestão

Para que serve a bromelina? Conheça essa enzima boa para a digestão Para que serve a bromelina? Conheça essa enzima boa para a digestão

Presente em todas as partes do abacaxi (polpa, casca e caule), a bromelina é um tipo de enzima que auxilia na digestão e também é usada para fins medicinais....

> Leia mais