Fonte de fibras, aproveite os benefícios da chia para perder peso

Em suas mais variadas formas e composições culinárias, a chia, fonte substâncial de fibras alimentares, ajuda a emagrecer, perder peso, diminui o inchaço, abaixa os níveis de colesterol e até previne alguns tipos de câncer.
Em suas mais variadas formas e composições culinárias, a chia, fonte substâncial de fibras alimentares, ajuda a emagrecer, perder peso, diminui o inchaço, abaixa os níveis de colesterol e até previne alguns tipos de câncer.
Adriana Lúcia van-Erven Ávila

Consultor:

Adriana Lúcia van-Erven Ávila

Formada em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo, é especialista em Nutrição em Cardiologia pelo InCor (Instituto do Coração) e em Distúrbios Metabólicos e risco Cardiovascular pelo CEU (Centro de extensão Universitária)

A chia tem causado uma verdadeira revolução nas dietas mais modernas! Em suas mais variadas formas e composições culinárias, ela, fonte substancial de fibras alimentares, ajuda a emagrecer, perder peso, diminui o inchaço, abaixa os níveis de colesterol e até previne alguns tipos de câncer. São muitos benefícios para uma semente só!

Também conhecida como sálvia hispânica, a chia é natural de regiões da Guatemala, México e Colômbia e apresenta cor preta, branca ou acinzentada. Por causa da grande quantidade de fibras, tornou-se uma grande aliada para luta contra os quilinhos extras, pois seu consumo prolonga a sensação de saciedade.

Além das fibras, a chia tem a capacidade de aumentar seu tamanho e consequentemente diminuir o volume de comida que precisamos para ficarmos satisfeitos. Em contato com a água, esse alimento aumenta em até 10 vezes o seu peso e forma uma espécie de gosma altamente viscosa que, além de ocupar espaço no estômago e reduzir o apetite, melhora o metabolismo das gorduras. A nutricionista Adriana Ávila cita os principais benefícios nutricionais encontrados no alimento:

"Os benefícios incluem o fornecimento de fibras, carboidratos, proteínas, gorduras - principalmente o ômega 3 -, cálcio, fósforo, magnésio, potássio, ferro, zinco, vitamina A e algumas do complexo B. É um alimento bastante completo e uma de suas maiores vantagens é a ação do ômega 3, que auxilia no controle do colesterol, triglicérides e glicose", explica a nutricionista Adriana Ávila.

Outros benefícios da chia

Reforço imunológico: A chia é fonte de vitamina B e antioxidantes, o que age como anti-inflamatório e antiviral, protege contra doenças cardiovasculares, e cânceres de pulmão e de estômago.

Deixa pele, unhas e cabelos mais bonitos: O gel incolor que se forma quando entra em contato com a água ajuda a prevenir o acúmulo de toxinas no organismo e assim colabora para deixar a pele mais saudável.

Dá força aos ossos e melhora o humor: É rica em cálcio, ferro e magnésio, uma combinação que é importante na manutenção da saúde óssea e na construção do tecido muscular. Essa mesma combinação ajuda no controle do humor e combate ao estresse.

Como devemos consumir a chia?

A quantidade recomendada de ingestão diária da chia é de até 2 porções, de 1 colher de sopa cada somando 25g, que podem ser incorporadas à dieta de várias formas: "Ela poderá ser adicionada às frutas, aos sucos, vitaminas, iogurtes, colocada sobre a salada, nos mingais, nas sopas ou em receitas de pães e bolos, desde que não sejam muito calóricos, caso contrário a chia não fará milagres. O ideal é triturar a chia na hora de usar, mas caso não seja possível usar a chia já triturada, para que o ômega 3 seja melhor absorvido", sugere a Dra. Adriana.

Cuidados: Adotar a chia na dieta não é suficiente se outros hábitos sejam modificados juntamente, como praticar exercícios regularmente e manter a alimentação balanceada. "Os riscos são o aumento de peso, pelo consumo excessivo e desordenado da semente, e a constipação, pela baixa ingestão de água ao longo do dia", alerta a terapeuta nutricional Patrícia Trindade.

Segundo a nutricionista Nathana Ciniglia, nem todo mundo pode consumir a chia: "Pessoas com síndrome do intestino irritável devem ficar atentas ao consumo. Vale ressaltar que antes de consumir qualquer produto ou alimento, é importante ter orientação de um profissional. Nesse caso não é diferente e apesar de tantos benefícios, cada pessoa tem sua individualidade bioquímica e precisa ser respeitada", orienta.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é calistenia? 7 exercícios para fazer em casa

O que é calistenia? 7 exercícios para fazer em casa O que é calistenia? 7 exercícios para fazer em casa

Se você está procurando um exercício físico bem prático e eficiente para realizar em casa, veio ao lugar certo! A calistenia, para quem não conhece, consiste...

> Leia mais
Frutas com A: conheça aquelas batizadas com a primeira letra do alfabeto

Frutas com A: conheça aquelas batizadas com a primeira letra do alfabeto Frutas com A: conheça aquelas batizadas com a primeira letra do alfabeto

Sucos, smoothies, vitaminas, geleias, compotas, bolos, mousses, saladas e diferentes doces... São inúmeras as possibilidades de receitas que podem ser feitas...

> Leia mais
Os benefícios da serralha, planta medicinal rica em vitaminas

Os benefícios da serralha, planta medicinal rica em vitaminas Os benefícios da serralha, planta medicinal rica em vitaminas

A serralha é um tipo de PANC (planta alimentícia não convencional) que pode trazer vários benefícios à saúde, pois tem alto teor de ferro, vitaminas,...

> Leia mais
Como fortalecer o pulmão? 6 alimentos bons para o seu funcionamento

Como fortalecer o pulmão? 6 alimentos bons para o seu funcionamento Como fortalecer o pulmão? 6 alimentos bons para o seu funcionamento

Ter um estilo de vida saudável, com uma boa alimentação atrelada à prática regular de exercícios físicos, é muito importante para garantir a saúde pulmonar....

> Leia mais
Centella asiática: para que serve essa planta medicinal indiana

Centella asiática: para que serve essa planta medicinal indiana Centella asiática: para que serve essa planta medicinal indiana

Também chamada de gotu kola, pegaga e antanan, a centella asiática é uma planta medicinal de origem indiana muito usada pela medicina ayurvédica - ótima para...

> Leia mais
Lambedor de abacaxi, beterraba e mais: como fazer receitas desse xarope caseiro

Lambedor de abacaxi, beterraba e mais: como fazer receitas desse xarope caseiro Lambedor de abacaxi, beterraba e mais: como fazer receitas desse xarope caseiro

Você sabia que é possível fazer xaropes caseiros usando frutas, raízes e ervas medicinais de forma simples? A nossa dica é recorrer sempre a ingredientes bem...

> Leia mais
O que causa gordura no fígado e a dieta para tratar o problema

O que causa gordura no fígado e a dieta para tratar o problema O que causa gordura no fígado e a dieta para tratar o problema

Caracterizada pelo acúmulo de gordura no fígado, que pode levar a sintomas de inchaço, dor e fraqueza, a esteatose hepática é geralmente causada por hábitos...

> Leia mais
Os benefícios do açafrão-da-terra, a famosa cúrcuma

Os benefícios do açafrão-da-terra, a famosa cúrcuma Os benefícios do açafrão-da-terra, a famosa cúrcuma

O açafrão-da-terra, também conhecido como cúrcuma, é um tipo de raiz que pertence à mesma família do gengibre - é altamente aromático, tem uma cor amarela...

> Leia mais
Conheça o camapu, a planta amazônica que ajuda a tratar o mal de Alzheimer

Conheça o camapu, a planta amazônica que ajuda a tratar o mal de Alzheimer Conheça o camapu, a planta amazônica que ajuda a tratar o mal de Alzheimer

Encontrado, principalmente, nas regiões do Pará, o camapu é uma planta amazônica que vem sendo muito estudada pelos pesquisadores do Norte do Brasil. Devido...

> Leia mais
Como fazer shawarma, a receita árabe que se popularizou no Brasil

Como fazer shawarma, a receita árabe que se popularizou no Brasil Como fazer shawarma, a receita árabe que se popularizou no Brasil

Conhecido como o famoso sanduíche árabe, a receita de shawarma se popularizou em diversas regiões do Brasil nos últimos anos. Chamado também de gyros, kebab...

> Leia mais