Fonte de fibras, aproveite os benefícios da chia para perder peso

Em suas mais variadas formas e composições culinárias, a chia, fonte substâncial de fibras alimentares, ajuda a emagrecer, perder peso, diminui o inchaço, abaixa os níveis de colesterol e até previne alguns tipos de câncer.
Em suas mais variadas formas e composições culinárias, a chia, fonte substâncial de fibras alimentares, ajuda a emagrecer, perder peso, diminui o inchaço, abaixa os níveis de colesterol e até previne alguns tipos de câncer.
Adriana Lúcia van-Erven Ávila

Consultor:

Adriana Lúcia van-Erven Ávila

Formada em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo, é especialista em Nutrição em Cardiologia pelo InCor (Instituto do Coração) e em Distúrbios Metabólicos e risco Cardiovascular pelo CEU (Centro de extensão Universitária)

A chia tem causado uma verdadeira revolução nas dietas mais modernas! Em suas mais variadas formas e composições culinárias, ela, fonte substancial de fibras alimentares, ajuda a emagrecer, perder peso, diminui o inchaço, abaixa os níveis de colesterol e até previne alguns tipos de câncer. São muitos benefícios para uma semente só!

Também conhecida como sálvia hispânica, a chia é natural de regiões da Guatemala, México e Colômbia e apresenta cor preta, branca ou acinzentada. Por causa da grande quantidade de fibras, tornou-se uma grande aliada para luta contra os quilinhos extras, pois seu consumo prolonga a sensação de saciedade.

Além das fibras, a chia tem a capacidade de aumentar seu tamanho e consequentemente diminuir o volume de comida que precisamos para ficarmos satisfeitos. Em contato com a água, esse alimento aumenta em até 10 vezes o seu peso e forma uma espécie de gosma altamente viscosa que, além de ocupar espaço no estômago e reduzir o apetite, melhora o metabolismo das gorduras. A nutricionista Adriana Ávila cita os principais benefícios nutricionais encontrados no alimento:

"Os benefícios incluem o fornecimento de fibras, carboidratos, proteínas, gorduras - principalmente o ômega 3 -, cálcio, fósforo, magnésio, potássio, ferro, zinco, vitamina A e algumas do complexo B. É um alimento bastante completo e uma de suas maiores vantagens é a ação do ômega 3, que auxilia no controle do colesterol, triglicérides e glicose", explica a nutricionista Adriana Ávila.

Outros benefícios da chia

Reforço imunológico: A chia é fonte de vitamina B e antioxidantes, o que age como anti-inflamatório e antiviral, protege contra doenças cardiovasculares, e cânceres de pulmão e de estômago.

Deixa pele, unhas e cabelos mais bonitos: O gel incolor que se forma quando entra em contato com a água ajuda a prevenir o acúmulo de toxinas no organismo e assim colabora para deixar a pele mais saudável.

Dá força aos ossos e melhora o humor: É rica em cálcio, ferro e magnésio, uma combinação que é importante na manutenção da saúde óssea e na construção do tecido muscular. Essa mesma combinação ajuda no controle do humor e combate ao estresse.

Como devemos consumir a chia?

A quantidade recomendada de ingestão diária da chia é de até 2 porções, de 1 colher de sopa cada somando 25g, que podem ser incorporadas à dieta de várias formas: "Ela poderá ser adicionada às frutas, aos sucos, vitaminas, iogurtes, colocada sobre a salada, nos mingais, nas sopas ou em receitas de pães e bolos, desde que não sejam muito calóricos, caso contrário a chia não fará milagres. O ideal é triturar a chia na hora de usar, mas caso não seja possível usar a chia já triturada, para que o ômega 3 seja melhor absorvido", sugere a Dra. Adriana.

Cuidados: Adotar a chia na dieta não é suficiente se outros hábitos sejam modificados juntamente, como praticar exercícios regularmente e manter a alimentação balanceada. "Os riscos são o aumento de peso, pelo consumo excessivo e desordenado da semente, e a constipação, pela baixa ingestão de água ao longo do dia", alerta a terapeuta nutricional Patrícia Trindade.

Segundo a nutricionista Nathana Ciniglia, nem todo mundo pode consumir a chia: "Pessoas com síndrome do intestino irritável devem ficar atentas ao consumo. Vale ressaltar que antes de consumir qualquer produto ou alimento, é importante ter orientação de um profissional. Nesse caso não é diferente e apesar de tantos benefícios, cada pessoa tem sua individualidade bioquímica e precisa ser respeitada", orienta.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Kani é saudável? Conheça os prós e contras desse alimento

Kani é saudável? Conheça os prós e contras desse alimento Kani é saudável? Conheça os prós e contras desse alimento

Muito usado na culinária japonesa, o kani kama é um alimento feito à base de frutos do mar que pode ser servido com arroz, macarrão ou até como...

> Leia mais
Que tal praticar futevôlei? Conheça esse esporte criado nas areias cariocas

Que tal praticar futevôlei? Conheça esse esporte criado nas areias cariocas Que tal praticar futevôlei? Conheça esse esporte criado nas areias cariocas

Conhecido como uma modalidade esportiva de areia, o futevôlei faz um enorme sucesso nas praias cariocas e ao redor do mundo. Criado por volta de 1960 no Rio...

> Leia mais
O que é picles e como fazer essa conserva

O que é picles e como fazer essa conserva O que é picles e como fazer essa conserva

Usado no preparo de saladas, sanduíches e outras receitas, o picles nada mais é do que uma forma de preparar e consumir legumes e vegetais, reaproveitando os...

> Leia mais
Conhece alguma fruta com Q? Veja espécies supernutritivas

Conhece alguma fruta com Q? Veja espécies supernutritivas Conhece alguma fruta com Q? Veja espécies supernutritivas

Que tal experimentar frutas de diferentes espécies para ampliar o cardápio e preparar novas receitas? No Brasil, existem milhares de opções nativas e...

> Leia mais
Como fazer yakisoba tradicional, prato com legumes rico em nutrientes

Como fazer yakisoba tradicional, prato com legumes rico em nutrientes Como fazer yakisoba tradicional, prato com legumes rico em nutrientes

De origem japonesa, o yakisoba nada mais é que um tipo de macarrão servido com diferentes legumes, temperos e, geralmente, incrementado com molho shoyu....

> Leia mais
Comida portuguesa: 5 pratos para se apaixonar por essa culinária

Comida portuguesa: 5 pratos para se apaixonar por essa culinária Comida portuguesa: 5 pratos para se apaixonar por essa culinária

A influência portuguesa na culinária brasileira é inegável. Mas quando se trata dos pratos típicos desse país europeu, nem todo mundo conhece as referências!...

> Leia mais
Arroz tem açúcar? Entenda sua relação com a glicose

Arroz tem açúcar? Entenda sua relação com a glicose Arroz tem açúcar? Entenda sua relação com a glicose

Embora tenha apenas 0,1 gramas de açúcar por porção, o arroz é um alimento caracteristicamente conhecido por influenciar no aumento da glicose. Por isso,...

> Leia mais
4 receitas veganas para preparar no verão

4 receitas veganas para preparar no verão 4 receitas veganas para preparar no verão

Apostar em receitas mais leves, naturais e refrescantes durante o verão é uma dica importante para manter o corpo hidratado e bem nutrido. No entanto, quando...

> Leia mais
4 alimentos que diminuem a absorção de ferro e como melhorá-la

4 alimentos que diminuem a absorção de ferro e como melhorá-la 4 alimentos que diminuem a absorção de ferro e como melhorá-la

Responsável pelo transporte de oxigênio entre as células e importante para o bom funcionamento do metabolismo, o ferro é um tipo de mineral que não pode...

> Leia mais
Como preparar agrião? Descubra diferentes maneiras de consumir o vegetal

Como preparar agrião? Descubra diferentes maneiras de consumir o vegetal Como preparar agrião? Descubra diferentes maneiras de consumir o vegetal

Incluir vegetais verde-escuros na dieta é uma boa dica para aumentar o consumo de ferro, fibras e vitaminas que fortalecem a imunidade. O agrião, por...

> Leia mais