Fonte de energia: Invista no pistache e tenha mais disposição no dia a dia!

Muito utilizado em petiscos, principalmente no Natal, o pistache é uma verdadeira fonte de energia para a nossa vida. Repleto de nutrientes, sobretudo fibras, o alimento, consumido de forma regular e equilibrada, auxilia o nosso organismo e gera muito ânimo e disposição ao corpo.
Muito utilizado em petiscos, principalmente no Natal, o pistache é uma verdadeira fonte de energia para a nossa vida. Repleto de nutrientes, sobretudo fibras, o alimento, consumido de forma regular e equilibrada, auxilia o nosso organismo e gera muito ânimo e disposição ao corpo.
Adriana Lúcia van-Erven Ávila

Consultor:

Adriana Lúcia van-Erven Ávila

Formada em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo, é especialista em Nutrição em Cardiologia pelo InCor (Instituto do Coração) e em Distúrbios Metabólicos e risco Cardiovascular pelo CEU (Centro de extensão Universitária)

Você sabia que o pistache, geralmente encontrado em bandejas de petiscos de Natal, guarda muitos nutrientes? Riquíssima fonte de energia, ela é uma das oleaginosas que mais contém fibras para deixar o nosso organismo mais forte, gerando ânimo e disposição para o dia a dia! Saiba mais sobre esse alimento funcional que beneficia intensamente o corpo e a mente.

O pistache tem, em sua composição, muita proteína, vitaminas, sais minerais e gorduras - essa em um quantidade menor do que as das frutas secas, por exemplo. Em relação às fibras alimentares, o ingrediente possui, em uma porção simples, mais fibras do que meia xícara de espinafre ou de brócolis.

Fonte de energia para atletas

Segundo a nutricionista Adriana Ávila, a principal propriedade do pistache é a de fornecedor de energia, proveniente da gordura assim como do carboidrato, para repor a energia gasta no exercício. Essa alta capacidade energética faz do fruto um alimento ideal para que faz exercícios físicos. O fruto também oferece grande quantidade de cálcio, o que auxilia na formação e fortificação dos ossos, além do fósforo e zinco, minerais que combatem a fadiga muscular.

Combustível e proteção para o cérebro

Bom para o corpo, bom para a mente! O pistache oferece minerais e vitaminas que participam da formação de neurotransmissores como a serotonina, por exemplo, trazendo uma sensação de bem-estar, e outros nutrientes que são essenciais para manter nossas funções cerebrais equilibradas.

"Proteína vegetal, fibras, cálcio, ferro, zinco, magnésio, fósforo, potássio, vitamina B6, vitamina A e vitamina E são alguns dos nutrientes encontrados no pistache. A vitamina E é um importante antioxidante que combate os radicais livres, participa das membranas das células nervosas e dos hormônios sexuais", enfatiza a Dra. Adriana.

Para quem exercita muito o cérebro, como estudantes em época de vestibular, a quantidade de energia fornecida pelo fruto atua repondo a energia gasta no raciocínio. Segundo a profissional, ainda tem a vitamina B6 que interfere na manutenção do humor e o zinco, que evita a exaustão mental.

Ajuda a prevenir diversas doenças

O pistache é considerado um alimento adequado para prevenção de várias doenças, se consumido de forma regular e equilibrada. A ingestão constante do fruto atua na prevenção do câncer, diabetes e doenças cardiovasculares, por exemplo.

Uma dieta com pistaches fornece proteção contra o câncer de pulmão, segundo uma pesquisa apresentada pela Associação Americana de Pesquisa de Câncer. Cientistas alegam que o responsável por isso é o concentrado teor de um tipo de vitamina E, o gamma-tocopherol. Além disso, o fruto pode auxiliar na luta contra a disfunção erétil, como informou um estudo publicado no Journal of Impotence Research.

Alguns cuidados para o consumo de pistache

Antes de adicionar o pistache à dieta é preciso tomar alguns cuidados, entre eles está a observação do valor calórico do fruto, que se consumido sem moderação pode acabar adicionando quilos a mais na balança. "A quantidade adequada para o consumo diário do pistache deve ser é de até 30 gramas ao dia, o que fornece um total de aproximadamente 170kcal", revela Adriana Ávila.

Outra precaução está na hora do consumo. Para não perder a mão na hora de comer, a especialista aconselha: "Pegar já a quantidade que devemos comer e não o pote ou pacote inteiros, pois assim fica mais fácil se controlar".

Pessoas com algumas doenças precisam estar atentas, pois algumas não devem consumir o fruto e precisam de orientação profissional. "Quem estiver com diarreia ou quem tem algum problema na vesícula não deve consumir o pistache, pois ele tem muita gordura. Nesse caso não é só o pistache, mas as outras oleaginosas também, como nozes, castanha, amêndoa, avelã, macadâmia e etc", finaliza a profissional.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta

Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta

Quem não gosta de uma sobremesa de morango logo depois de um almoço de domingo, né? Os preparos com a fruta vermelha são supernutritivos e garantem um sabor...

> Leia mais
Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios

Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios

O queijo cottage é uma opção simples e saudável para adicionar mais proteína às refeições! É possível encontrar diferentes tipos de queijo no mercado, mas...

> Leia mais
Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos

Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos

É sempre bom conhecer a origem dos alimentos que consumimos, não é mesmo? Melhor ainda é ter a certeza de que a comida que colocamos no prato passou por...

> Leia mais
Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia

Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia

O ovo cozido está presente na rotina alimentar dos brasileiros, principalmente daqueles que treinam regularmente e estão em busca de massa muscular magra!...

> Leia mais
Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente

Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente

Praticar exercícios de mindfulness (atenção plena) ajuda a melhorar o foco, a memória, a concentração e ainda reduz o estresse e a ansiedade. A melhor parte...

> Leia mais
Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante

Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante

Adicionar alimentos light à rotina alimentar pode ser uma ideia muito saudável e o Suco de Uva Branco Integral Taeq é o exemplo perfeito disso! A bebida...

> Leia mais
Como fazer o cabelo crescer: 10 alimentos que podem ajudar

Como fazer o cabelo crescer: 10 alimentos que podem ajudar Como fazer o cabelo crescer: 10 alimentos que podem ajudar

Ter uma rotina de alimentação balanceada é a principal dica de como fazer o cabelo crescer! A saúde das mechas e da pele é diretamente influenciada pelo...

> Leia mais
Alimentos congelados agilizam o dia a dia! Conheça os congelados Taeq

Alimentos congelados agilizam o dia a dia! Conheça os congelados Taeq Alimentos congelados agilizam o dia a dia! Conheça os congelados Taeq

Você sabia que a comida congelada pode ser saudável e trazer uma série de vantagens para o dia a dia? Além das carnes - como frangos e peixes - que devem ser...

> Leia mais
Leite zero lactose: mitos e verdades

Leite zero lactose: mitos e verdades Leite zero lactose: mitos e verdades

O que você sabe sobre leite sem lactose? O produto vem ganhando relevância nos últimos anos e promete segurança no consumo de laticínios, especialmente para...

> Leia mais
Meu filho não quer comer: o que fazer? 4 atitudes para reverter esse quadro

Meu filho não quer comer: o que fazer? 4 atitudes para reverter esse quadro Meu filho não quer comer: o que fazer? 4 atitudes para reverter esse quadro

Incentivar a criança a comer de forma saudável não precisa ser tão difícil - afinal, existem alguns truques que ajudam a tornar a hora da refeição bem mais...

> Leia mais