Fome emocional: entenda como nossos sentimentos podem gerar compulsão alimentar

A fome emocional consiste na vontade exagerada de comer, especialmente quando se trata de doces, como sorvetes e chocolates
A fome emocional consiste na vontade exagerada de comer, especialmente quando se trata de doces, como sorvetes e chocolates

Produto recomendado

Mamão papaya orgânico Taeq 600g

Mamão papaya orgânico Taeq 600g

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Você já ouviu falar em fome emocional? Ela geralmente acontece quando estamos ansiosos ou estressados e, por conta disso, acabamos descontando na comida. O problema é que, quando isso ocorre, muita gente costuma abusar nos doces - chocolates, balas, sorvetes e sobremesas com açúcar refinado, que, em excesso, são maléficos ao organismo. Para entender melhor como ocorre a fome emocional, nós conversamos com a psicóloga Maria Varnier. Confira!

De acordo com a psicóloga, a fome emocional está diretamente ligada às sensações do indivíduo

Perceber a ocorrência da fome emocional é algo simples, pois ela ocorre geralmente quando o estado de espírito da pessoa está desequilibrado. De acordo com a psicóloga Maria Varnier, é importante ficarmos atentos às nossas próprias sensações: "Quando percebemos muita vontade de comer e essa sensação causa estranhamento, angústia, ou é entendida como efeito de uma certa ansiedade, vemos que há um possível sentido e uma causa psíquica relacionados a esse excesso", explica a profissional.

De forma resumida, a fome emocional consiste na vontade excessiva de comer, que pode durar horas. Ou seja, mesmo que a pessoa se alimente bem, a sensação de saciedade parece nunca surgir. Isso pode ser perigoso, pois o indivíduo pode acabar ganhando muito peso ou até mesmo intoxicar o organismo com alimentos maléficos.

Segundo a psicóloga, a fome emocional se manifesta de forma diferente em cada um e, por isso, deve ser tratada de forma individualizada. "Não se trata então de sentir fome, mas de uma manifestação comportamental relacionada a algum conteúdo interno do indivíduo. Sua causa será única em cada caso e, consequentemente, precisa ser analisada de acordo com as especificidades de cada um", complementa Maria Varnier.

O primeiro passo é tentar entender de onde vem a sensação excessiva de fome

Antes de tudo, o mais importante é buscar entender de onde (e por que) essa fome emocional vem. Para isso, o ideal é que a pessoa consulte um psicólogo e investigue melhor quais são os problemas que estão ocasionando isso. "O caminho está em buscar entender de onde vem a vontade de comer, que parece responder a uma angústia ou ansiedade. Sentir uma excessiva vontade de comer pode ser o sinal de que algo não vai bem, um aviso para o qual devemos voltar a nossa atenção", afirma a psicóloga.

Praticar exercício físico é uma boa forma de aliviar a ansiedade e o estresse

Para aliviar sintomas de estresse e ansiedade - grandes causadores da fome emocional - uma ótima alternativa é praticar exercícios físicos. São várias as opções que surtem um bom efeito: corrida ou caminhada diária, academia, dança, esportes (como vôlei ou luta) e até mesmo passeios de bicicleta diários.

Quando nos exercitamos, nosso corpo fica mais oxigenado e relaxado, prevenindo instabilidades emocionais. Por isso, caso você esteja sentindo que está exagerando na comida, uma dica interessante é buscar se exercitar. A psicóloga Maria Varnier também destacou a importância de fazer um acompanhamento com um profissional: "Caso a pessoa identifique uma vontade desmedida de comer, muito além das suas necessidades nutricionais, outra boa alternativa é buscar suporte psicológico", finaliza Maria Varnier.

* Maria Varnier (CRP 05/54645) é formada em Psicologia pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e é pós-graduanda em Psiquiatria e Psicanálise com Crianças e Adolescentes pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais