Fim da gastrite: Alimentos ideais para a sua melhor digestão!

Através da alimentação adequada, os nutrientes absorvidos podem ajudar a diminuir a gastrite, facilitando o processo de digestão ou acalmando a queimação dos estômagos mais sensíveis.
Através da alimentação adequada, os nutrientes absorvidos podem ajudar a diminuir a gastrite, facilitando o processo de digestão ou acalmando a queimação dos estômagos mais sensíveis.
Através da alimentação adequada, os nutrientes absorvidos podem ajudar a diminuir a gastrite, facilitando o processo de digestão ou acalmando a queimação dos estômagos mais sensíveis.
Através da alimentação adequada, os nutrientes absorvidos podem ajudar a diminuir a gastrite, facilitando o processo de digestão ou acalmando a queimação dos estômagos mais sensíveis.
Através da alimentação adequada, os nutrientes absorvidos podem ajudar a diminuir a gastrite, facilitando o processo de digestão ou acalmando a queimação dos estômagos mais sensíveis.
Através da alimentação adequada, os nutrientes absorvidos podem ajudar a diminuir a gastrite, facilitando o processo de digestão ou acalmando a queimação dos estômagos mais sensíveis.
Através da alimentação adequada, os nutrientes absorvidos podem ajudar a diminuir a gastrite, facilitando o processo de digestão ou acalmando a queimação dos estômagos mais sensíveis.
Através da alimentação adequada, os nutrientes absorvidos podem ajudar a diminuir a gastrite, facilitando o processo de digestão ou acalmando a queimação dos estômagos mais sensíveis.
Através da alimentação adequada, os nutrientes absorvidos podem ajudar a diminuir a gastrite, facilitando o processo de digestão ou acalmando a queimação dos estômagos mais sensíveis.
Através da alimentação adequada, os nutrientes absorvidos podem ajudar a diminuir a gastrite, facilitando o processo de digestão ou acalmando a queimação dos estômagos mais sensíveis.
Através da alimentação adequada, os nutrientes absorvidos podem ajudar a diminuir a gastrite, facilitando o processo de digestão ou acalmando a queimação dos estômagos mais sensíveis.

Tem coisa mais incômoda do que não conseguir comer direito? Pois é. Isso acontece com quem sofre de gastrite, um mal muito comum entre as pessoas, mas que, com uma mudança de hábitos alimentares, pode ser resolvido sem maiores dificuldades.

A gastrite pode ter diversas causas e sintomas, que vão desde o estresse diário ao uso de medicamentos sem a devida orientação médica. Tudo isso resulta em uma inflamação que geram aquela sensação de queimação e desconforto abdominal. Através da alimentação adequada, os nutrientes absorvidos podem ajudar a diminuir esse incômodo, facilitando o processo de digestão ou acalmando os estômagos mais sensíveis.

Para cuidar da gastrite é preciso saber primeiramente de qual tipo se trata e suas causas. Existem dois tipos: a aguda, quando os desconfortos acontecem de vez em quando e são mais intensos, geralmente causados por estresse ou algum alimento nocivo para as paredes estomacais, ou a crônica, quando os sintomas são constantes, mas menos intensos.

"Uma coisa é fato: quem sofre de gastrite precisa cuidar da alimentação e, principalmente, prestar atenção em seu organismo e identificar os alimentos que podem desencadear as dores. É aquela velha história: mastigue os alimentos para não exigir tanto do seu estômago. Coma sem raiva, sem estresse ou tristeza. Isso também influencia em sua digestão e na produção de ácidos gástricos. Preste atenção em como seu organismo reage aos alimentos e cuide-se!", alerta a nutricionista Giovana Morbi.

Combata a gastrite com alimentos naturais e frescos

Segundo Giovana, uma alimentação natural e rica em alimentos frescos é recomendada para todos, ainda mais para pessoas com gastrite. "Tente incluir em sua rotina, de 2 a 4 frutas por dia. Boas opções incluem: maçã, banana, pêssego, pera, uva, melão, morango e kiwi. Frutas como laranja, figos ou frutas secas podem irritar a mucosa do estômago, mas como cada organismo reage de uma maneira aos alimentos, sempre que comer algo, pare e analise como seu corpo reage aos alimentos", explica a nutricionista.

Entre os legumes, experimente o brócolis, a couve-flor, a couve, couve de Bruxelas, repolho ou rabanete. Todos esses vegetais têm em sua composição uma substância capaz de combater a bactéria H.Pylori, umas das principais causas desse problema. "Por outro lado, alguns desses vegetais aumentam a produção de gás (como o brócolis ou a couve-flor) e podem causar desconforto. Se for o seu caso, aposte na couve crua, refogada ou em sucos!", reitera Giovana.

Gengibre: A raiz é um poderoso anti-inflamatório e diminui a sensação de queimação, dor e náuseas. "Você pode acrescentar um pedaço pequeno, de no máximo 1 cm em saladas, sopas, sucos e chás", recomenda a especialista.

Óleo de coco: Esse é um dos óleos mais saudáveis para a nossa alimentação. Ele é eficaz para combater fungos, bactérias e vírus. então, se a causa da gastrite for o H.Pylori, com certeza será um bom aliado, desde que consumido com moderação.

Mais noticias com...
Receitas:
Banana
Ver Mais

Últimas Matérias

Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Presente na nossa alimentação antes mesmo de o Brasil ser descoberto pelos portugueses, a mandioca (também chamada de macaxeira ou aipim) é uma raiz...

> Leia mais
6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente 6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

Separar poucos minutos do dia para meditar, relaxar o corpo e a mente pode ser algo muito benéfico, sabia? Cuidar da saúde mental e emocional requer pequenos...

> Leia mais
Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo

Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo

Os minerais, de uma forma geral, são muito importantes para a saúde dos sistemas nervoso, muscular, esquelético e digestivo, além de garantirem equilíbrio...

> Leia mais
Masala chai: 4 receitas para se sentir na Índia

Masala chai: 4 receitas para se sentir na Índia Masala chai: 4 receitas para se sentir na Índia

Experimentar pratos de culinárias diferentes é sempre algo interessante, não é mesmo? Afinal, cada tipo de gastronomia segue uma linha e usa temperos...

> Leia mais
Os benefícios do leite fermentado e como fazer essa bebida em casa

Os benefícios do leite fermentado e como fazer essa bebida em casa Os benefícios do leite fermentado e como fazer essa bebida em casa

Obtido através do processo de fermentação - no qual são usadas bactérias benéficas na produção -, o leite fermentado é uma bebida altamente nutritiva que...

> Leia mais
Bebê com dificuldade de evacuar: o que fazer? As formas de resolver o problema

Bebê com dificuldade de evacuar: o que fazer? As formas de resolver o problema Bebê com dificuldade de evacuar: o que fazer? As formas de resolver o problema

Quando o bebê fica com dificuldade de evacuar, é bem comum surgirem sintomas como irritabilidade, dor e inchaço abdominal. Por isso, é muito importante tomar...

> Leia mais
Como fazer carne de porco? Aprenda a prepará-la de forma saudável

Como fazer carne de porco? Aprenda a prepará-la de forma saudável Como fazer carne de porco? Aprenda a prepará-la de forma saudável

Para evitar a contaminação de cisticercose no organismo - doença normalmente atribuída à carne de porco e causada pela ingestão dos ovos de microrganismos...

> Leia mais
Noz-pecã tem benefícios ligados à saúde cardiovascular! Saiba mais sobre ela

Noz-pecã tem benefícios ligados à saúde cardiovascular! Saiba mais sobre ela Noz-pecã tem benefícios ligados à saúde cardiovascular! Saiba mais sobre ela

Pertencente ao grupo das oleaginosas (ou frutos secos), a noz-pecã é considerada um alimento bem nutritivo e pode ser usada em diferentes receitas: tortas,...

> Leia mais
O que são PANCs? 5 Plantas Alimentícias Não Convencionais para consumir sem medo

O que são PANCs? 5 Plantas Alimentícias Não Convencionais para consumir sem medo O que são PANCs? 5 Plantas Alimentícias Não Convencionais para consumir sem medo

As plantas alimentícias não convencionais (PANCs) nada mais são que vegetais pouco consumidos pela maioria das pessoas. O que muita gente não sabe, na...

> Leia mais
Filmeterapia: conheça 5 filmes que promovem bem-estar

Filmeterapia: conheça 5 filmes que promovem bem-estar Filmeterapia: conheça 5 filmes que promovem bem-estar

Quem nunca assistiu a algum filme engraçado ou emocionante e ficou com um sorriso no rosto depois? As produções audiovisuais (filmes, séries, vídeos etc.)...

> Leia mais