Fezes verde pode ser alimentação! Descubra o que fazer

Fezes verdes podem ser causadas pelo consumo excessivo de vegetais verdes, como rúcula, espinafre, couve e escarola
Fezes verdes podem ser causadas pelo consumo excessivo de vegetais verdes, como rúcula, espinafre, couve e escarola
Jéssica Pimentel

Consultor:

Jéssica Pimentel

Graduada pela Universidade Federal Fluminense (UFF), possui pós-graduação em Nutrição Clínica Funcional pela VP - Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

Você tem o hábito de reparar na frequência diária em que vai ao banheiro evacuar? Para garantir a saúde do intestino, é muito importante ter uma alimentação saudável e, ao mesmo tempo, verificar se o processo digestivo está funcionando de forma correta. Sintomas como fezes verdes, por exemplo, podem ser causados por uma dieta desregrada e possíveis problemas digestivos. Aqui, nós conversamos com a nutricionista Jéssica Pimentel para entender por que as fezes esverdeadas ocorrem, como evitá-las e quais são os principais cuidados que devemos tomar com a alimentação.

Afinal, qual o motivo de fezes verdes?

De acordo com a nutricionista Jéssica Pimentel, ficar atento ao aspecto das fezes e ao funcionamento do processo digestivo como um todo é algo fundamental. "Cuidar do nosso intestino é muito importante para a nossa saúde. Observar a cor, a forma, a frequência e o odor (das fezes) se torna um indicador essencial para a avaliação do funcionamento intestinal", destaca. Aqui, ela falou mais sobre os principais fatores que causam esse tipo de problema:

1. Consumo excessivo de vegetais verdes

Você sabia que o consumo excessivo de espinafre, couve, rúcula, agrião, escarola e outras folhas verdes pode alterar a cor das fezes? A nutricionista esclarece por que isso ocorre."Existem muitas razões pelas quais as fezes podem mudar de cor. O cocô verde pode significar excesso de consumo de verduras ou outros alimentos verdes. Nesse caso, é a clorofila da planta que produz a cor verde. No entanto, quem não come muitas verduras deve ficar mais atento, porque o cocô verde pode ser um sinal de que algo não está bem com a digestão", afirma.

2. Problemas no processo de digestão

Caso o processo de digestão não esteja funcionando bem - em especial, de forma muito acelerada -, é possível que as fezes fiquem quebradiças e verdes. A nutricionista explica que existem diversas doenças e problemas que podem causar esse desequilíbrio no organismo.

"Fezes esverdeadas podem sinalizar que você está processando sua comida de forma muito rápida e tendo problemas que geram uma má absorção, por exemplo. As fezes também podem ficar verdes devido ao pigmento da bile. A bile é uma substância verde-clara produzida pelo fígado que auxilia na digestão. Se a comida se move muito rapidamente pelo intestino, o pigmento biliar não consegue se decompor o suficiente pelas bactérias e enzimas no intestino grosso, promovendo essa mudança de cor das fezes", explica Jéssica.

"Algumas das condições que podem acelerar a digestão são: diminuição de bactérias boas no intestino, má absorção, hipertireoidismo, doença inflamatória intestinal, síndrome do intestino irritável, diarreia, intoxicação alimentar, infecções, comer demais, estresse ou exposição ao metal pesado", complementa a especialista.

3. Utilização de antibióticos

Em muitos casos, o uso de medicamentos pode afetar o processo de digestão e, em especial, a cor e o aspecto das fezes. De acordo com a nutricionista, esse é outro fator que deve ser levado em conta. "A utilização de antibióticos também pode causar essa alteração, já que com esse medicamento ocorre a diminuição das bactérias benéficas no nosso intestino, impedindo a decomposição adequada da bile. Parasitas e bactérias ​​podem fazer com que os intestinos funcionem mais rápido do que o normal, afetando a cor das fezes", explica.

Como evitar problemas intestinais e fezes verdes?

A principal dica para garantir que o intestino funcione bem (produzindo fezes de aspecto saudável) é cuidar bastante da alimentação. É sempre válido, inclusive, fazer exames médicos e ter o acompanhamento de um nutricionista para montar uma dieta bem equilibrada. De acordo com Jéssica Pimentel, esse é o principal segredo para fugir de desequilíbrios intestinais.

"Para evitar esse tipo de problema, precisamos cuidar bem do intestino. Consumir muitos vegetais e hortaliças, frutas e proteínas, gorduras saudáveis como azeite, nuts, abacate e evitar excesso de açúcar e farinha branca", recomenda.

"Acompanhe sempre o que está comendo e veja se existe relação entre as refeições com a produção de fezes. Adicionar elementos ácidos à dieta estimula a produção de bile e ajuda no processo de digestão - como vinagre de maçã, limão ou sucos cítricos. Você pode fazer um molho de salada com esses ingredientes, por exemplo. Chás como dente-de-leão, erva-doce e alcachofra ajudam no sistema digestivo. Existem também produtos que podem ser manipulados, como os probióticos, para melhorar as bactérias boas e enzimas que auxiliam na digestão", finaliza a nutricionista.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é tabule? Ele engorda? Tire suas dúvidas sobre essa salada de origem árabe

O que é tabule? Ele engorda? Tire suas dúvidas sobre essa salada de origem árabe O que é tabule? Ele engorda? Tire suas dúvidas sobre essa salada de origem árabe

Se você sempre se perguntou o que é tabule, saiba que esse é um prato originário do Líbano, feito à base de triguilho, o famoso trigo para quibe. Com sabor...

> Leia mais
4 séries sobre alimentação saudável que valem a pena conhecer

4 séries sobre alimentação saudável que valem a pena conhecer 4 séries sobre alimentação saudável que valem a pena conhecer

Você também faz parte do time que ama assistir a filmes, séries e documentários sobre culinária? Consumir esse tipo de conteúdo é ótimo para aprender mais...

> Leia mais
Pepino é fruta ou legume? Saiba tudo sobre esse alimento nutritivo

Pepino é fruta ou legume? Saiba tudo sobre esse alimento nutritivo Pepino é fruta ou legume? Saiba tudo sobre esse alimento nutritivo

É muito provável que você já tenha visto o pepino daquela forma clássica, com duas rodelas sob os olhos de alguém para uma limpeza de pele caseira. Mas os...

> Leia mais
Nuggets vegano existe! Como fazer essa versão sem ingredientes de origem animal

Nuggets vegano existe! Como fazer essa versão sem ingredientes de origem animal Nuggets vegano existe! Como fazer essa versão sem ingredientes de origem animal

Você sabia que é possível preparar uma receita de nuggets vegano feita à base de grão-de-bico, legumes e diferentes temperos? Em vez de apostar na versão...

> Leia mais
5 vegetais amargos que você precisa experimentar

5 vegetais amargos que você precisa experimentar 5 vegetais amargos que você precisa experimentar

Alimentos amargos costumam ser apreciados por quem tem o paladar bem seletivo e diferenciado. Apesar de muita gente torcer o nariz, entretanto, muitos...

> Leia mais
Suco de batata-doce ajuda o refluxo! Aprenda a prepará-lo e os seus benefícios

Suco de batata-doce ajuda o refluxo! Aprenda a prepará-lo e os seus benefícios Suco de batata-doce ajuda o refluxo! Aprenda a prepará-lo e os seus benefícios

Você já experimentou alguma receita de suco de batata-doce? Rica em fibras, potássio, cálcio e carboidratos, essa bebida funciona como excelente fonte de...

> Leia mais
O que fazer quando come demais e passa mal? Veja dicas para se sentir melhor

O que fazer quando come demais e passa mal? Veja dicas para se sentir melhor O que fazer quando come demais e passa mal? Veja dicas para se sentir melhor

Exagerar demais na comida ou se alimentar de forma rápida pode desencadear problemas no aparato gastrointestinal, como azia, náusea, dor e dilatação...

> Leia mais
7 frutas com T cheias de benefícios ótimas para variar no cardápio diário

7 frutas com T cheias de benefícios ótimas para variar no cardápio diário 7 frutas com T cheias de benefícios ótimas para variar no cardápio diário

Tangerina, toranja, tâmara, tarumã... Você já parou para pensar em quantas frutas com T existem e podem ser incluídas no cardápio? Para ter uma alimentação...

> Leia mais
Como comer maracujá? 5 dicas para incluí-lo na alimentação

Como comer maracujá? 5 dicas para incluí-lo na alimentação Como comer maracujá? 5 dicas para incluí-lo na alimentação

Suco, smoothie, geleia, compota, mousse... São muitas as receitas que podem ser feitas a partir da polpa e da casca do maracujá, sabia? Para variar cada vez...

> Leia mais
Crossfit ou academia? Veja as diferenças e decida qual a opção ideal para você

Crossfit ou academia? Veja as diferenças e decida qual a opção ideal para você Crossfit ou academia? Veja as diferenças e decida qual a opção ideal para você

Para escolher entre crossfit ou academia, é fundamental levar em conta uma série de fatores - como o estilo de treino, o principal objetivo (queimar calorias...

> Leia mais