Fezes verde pode ser alimentação! Descubra o que fazer

Fezes verdes podem ser causadas pelo consumo excessivo de vegetais verdes, como rúcula, espinafre, couve e escarola
Fezes verdes podem ser causadas pelo consumo excessivo de vegetais verdes, como rúcula, espinafre, couve e escarola
Jéssica Pimentel

Consultor:

Jéssica Pimentel

Graduada pela Universidade Federal Fluminense (UFF), possui pós-graduação em Nutrição Clínica Funcional pela VP - Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

Você tem o hábito de reparar na frequência diária em que vai ao banheiro evacuar? Para garantir a saúde do intestino, é muito importante ter uma alimentação saudável e, ao mesmo tempo, verificar se o processo digestivo está funcionando de forma correta. Sintomas como fezes verdes, por exemplo, podem ser causados por uma dieta desregrada e possíveis problemas digestivos. Aqui, nós conversamos com a nutricionista Jéssica Pimentel para entender por que as fezes esverdeadas ocorrem, como evitá-las e quais são os principais cuidados que devemos tomar com a alimentação.

Afinal, qual o motivo de fezes verdes?

De acordo com a nutricionista Jéssica Pimentel, ficar atento ao aspecto das fezes e ao funcionamento do processo digestivo como um todo é algo fundamental. "Cuidar do nosso intestino é muito importante para a nossa saúde. Observar a cor, a forma, a frequência e o odor (das fezes) se torna um indicador essencial para a avaliação do funcionamento intestinal", destaca. Aqui, ela falou mais sobre os principais fatores que causam esse tipo de problema:

1. Consumo excessivo de vegetais verdes

Você sabia que o consumo excessivo de espinafre, couve, rúcula, agrião, escarola e outras folhas verdes pode alterar a cor das fezes? A nutricionista esclarece por que isso ocorre."Existem muitas razões pelas quais as fezes podem mudar de cor. O cocô verde pode significar excesso de consumo de verduras ou outros alimentos verdes. Nesse caso, é a clorofila da planta que produz a cor verde. No entanto, quem não come muitas verduras deve ficar mais atento, porque o cocô verde pode ser um sinal de que algo não está bem com a digestão", afirma.

2. Problemas no processo de digestão

Caso o processo de digestão não esteja funcionando bem - em especial, de forma muito acelerada -, é possível que as fezes fiquem quebradiças e verdes. A nutricionista explica que existem diversas doenças e problemas que podem causar esse desequilíbrio no organismo.

"Fezes esverdeadas podem sinalizar que você está processando sua comida de forma muito rápida e tendo problemas que geram uma má absorção, por exemplo. As fezes também podem ficar verdes devido ao pigmento da bile. A bile é uma substância verde-clara produzida pelo fígado que auxilia na digestão. Se a comida se move muito rapidamente pelo intestino, o pigmento biliar não consegue se decompor o suficiente pelas bactérias e enzimas no intestino grosso, promovendo essa mudança de cor das fezes", explica Jéssica.

"Algumas das condições que podem acelerar a digestão são: diminuição de bactérias boas no intestino, má absorção, hipertireoidismo, doença inflamatória intestinal, síndrome do intestino irritável, diarreia, intoxicação alimentar, infecções, comer demais, estresse ou exposição ao metal pesado", complementa a especialista.

3. Utilização de antibióticos

Em muitos casos, o uso de medicamentos pode afetar o processo de digestão e, em especial, a cor e o aspecto das fezes. De acordo com a nutricionista, esse é outro fator que deve ser levado em conta. "A utilização de antibióticos também pode causar essa alteração, já que com esse medicamento ocorre a diminuição das bactérias benéficas no nosso intestino, impedindo a decomposição adequada da bile. Parasitas e bactérias ​​podem fazer com que os intestinos funcionem mais rápido do que o normal, afetando a cor das fezes", explica.

Como evitar problemas intestinais e fezes verdes?

A principal dica para garantir que o intestino funcione bem (produzindo fezes de aspecto saudável) é cuidar bastante da alimentação. É sempre válido, inclusive, fazer exames médicos e ter o acompanhamento de um nutricionista para montar uma dieta bem equilibrada. De acordo com Jéssica Pimentel, esse é o principal segredo para fugir de desequilíbrios intestinais.

"Para evitar esse tipo de problema, precisamos cuidar bem do intestino. Consumir muitos vegetais e hortaliças, frutas e proteínas, gorduras saudáveis como azeite, nuts, abacate e evitar excesso de açúcar e farinha branca", recomenda.

"Acompanhe sempre o que está comendo e veja se existe relação entre as refeições com a produção de fezes. Adicionar elementos ácidos à dieta estimula a produção de bile e ajuda no processo de digestão - como vinagre de maçã, limão ou sucos cítricos. Você pode fazer um molho de salada com esses ingredientes, por exemplo. Chás como dente-de-leão, erva-doce e alcachofra ajudam no sistema digestivo. Existem também produtos que podem ser manipulados, como os probióticos, para melhorar as bactérias boas e enzimas que auxiliam na digestão", finaliza a nutricionista.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais