Farinha de coco, arroz e mais: conheça as opções que celíacos podem comer

Farinha de coco é uma ótima opção para a dieta de celíacos, pois além de livre de glúten é fonte de fibras e de gorduras 'do bem'
Farinha de coco é uma ótima opção para a dieta de celíacos, pois além de livre de glúten é fonte de fibras e de gorduras 'do bem'

Quem sofre com intolerância ao glúten costuma ter uma dieta bem restrita - sem o consumo da maioria dos pães, bolos, biscoitos, massas e outros alimentos que levam farinha de trigo. Mas você sabia que existem ingredientes substitutivos para a dieta celíaca? A farinha de arroz, por exemplo, é uma ótima aliada para o preparo de bolos e diferentes receitas de massas. Para que você conheça melhor os alimentos liberados para a dieta celíaca, nós fizemos uma lista com diferentes tipos de farinha sem glúten. Dá uma olhada!

1. Farinha de arroz

O carro-chefe dessa lista com certeza é a farinha de arroz! Fonte de fibras e minerais, ela ajuda a controlar os níveis de colesterol e contribui para o funcionamento do intestino. Ela é uma das melhores alternativas para quem é celíaco, pois não possui glúten em sua composição. Além disso, ela é ótima para o preparo de bolos e brownies, rendendo receitas saudáveis e deliciosas.

2. Farinha de coco

Você já ouviu falar na farinha de coco? Altamente nutritiva (fonte de fibras e gorduras "do bem", por exemplo), ela é ótima para o preparo de vitaminas, smoothies, sucos e também fica uma delícia com iogurtes.

Essa farinha também pode fazer parte do preparo de pães e bolos (geralmente acompanhada da farinha de arroz), contribuindo para receitas mais saudáveis e saborosas. O bolo de coco sem glúten feito com esse ingrediente, por exemplo, fica uma delícia!

A melhor notícia é que essa farinha é simples de fazer em casa: basta assar a polpa do coco por cerca de 10 ou 15 minutos. Ela se transforma em uma farinha bem nutritiva e você pode usar da forma que preferir!

3. Farinha de mandioca

Conhecida por não conter glúten em sua composição, a farinha de mandioca é uma das mais usadas pelos celíacos. Ela é produzida a partir da raiz da mandioca e fornece vários nutrientes importantes: magnésio, potássio, cálcio, ferro, fibras e vitaminas do complexo B. Vale destacar, no entanto, que ela tem um alto índice glicêmico e, por isso, não é muito indicada para a dieta de diabéticos.

Para introduzir essa farinha na sua dieta, uma boa dica é usá-la para preparar pães, bolinhos, biscoitos, farofa e até para empanar outros alimentos (como peixe e frango).

4. Farinha de beterraba

A farinha de beterraba também é muito indicada para turbinar vitaminas, shakes e sucos, sabia? Livre de glúten e altamente energética, ela é usada em outros países para aumentar a performance de atletas. Isso porque ela é fonte de nitrato - substância que auxilia na recuperação muscular e contribui para a vasodilatação (melhorando a distribuição de nutrientes pelo corpo). Vale destacar que essa farinha é muito indicada para a dieta de celíacos, podendo ser incluída no preparo de pães e bolos caseiros.

5. Farinha de banana verde

Outra dica para quem é celíaco é passar a preparar mais receitas com farinha de banana verde. Esse ingrediente é um dos mais nutritivos que tem: fornece fibras, potássio, fósforo, cálcio, magnésio, vitaminas do complexo B e antioxidantes.

Além disso, a farinha de banana verde tem baixo índice glicêmico (indicada para quem tem diabetes) e auxilia muito na perda de peso. Você pode usar essa farinha para incrementar vitaminas, sucos, iogurtes, preparar bolos, cookies, panquecas e diferentes receitas no dia a dia.

6. Farinha de berinjela

Você já experimentou farinha de berinjela? Livre de glúten, ela é muito indicada para a dieta de celíacos, rendendo receitas de pães, bolos, biscoitos, panquecas e diferentes massas. Assim como a farinha de banana verde, ela auxilia diretamente na perda de peso e também é ótima para o controle do colesterol. Além disso, a berinjela em pó possui um nível muito alto de fibras, sendo ótima para o funcionamento do intestino.

Bônus: farinha de aveia tem glúten?

Apesar de a farinha de aveia ser isenta de glúten, ela pode sim ser prejudicial aos celíacos. Isso porque a aveia costuma ser cultivada e processada no mesmo lugar que o trigo e outros cereais, o que pode causar uma contaminação cruzada.

Então, caso você tenha uma sensibilidade muito grande à proteína, é possível que sinta certo desconforto ao consumir farinha de aveia. Mas lembre-se: tudo depende do nível da intolerância de cada um! O mais importante é fazer o devido acompanhamento com um médico para verificar se é ou não uma boa ideia consumi-la.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

É a mesma coisa? Os alimentos com nomes diferentes pelo Brasil

É a mesma coisa? Os alimentos com nomes diferentes pelo Brasil É a mesma coisa? Os alimentos com nomes diferentes pelo Brasil

Você sabia que, no Brasil, um mesmo alimento (prato ou ingrediente) pode receber uma infinidade de nomes? É importante lembrar que vivemos em um país...

> Leia mais
Chá para gripe e resfriado: 6 infusões poderosas para se curar mais rápido

Chá para gripe e resfriado: 6 infusões poderosas para se curar mais rápido Chá para gripe e resfriado: 6 infusões poderosas para se curar mais rápido

Para amenizar sintomas de gripe e resfriado - como tosse, coriza, dor de garganta, cansaço e fraqueza muscular -, é muito importante beber bastante líquido,...

> Leia mais
Está com sintomas de fraqueza muscular? Por que ela ocorre e como resolvê-la

Está com sintomas de fraqueza muscular? Por que ela ocorre e como resolvê-la Está com sintomas de fraqueza muscular? Por que ela ocorre e como resolvê-la

Apresentar fraqueza muscular - que consiste, basicamente, na perda temporária ou prolongada da força dos músculos e na sensação de cansaço - pode ser um...

> Leia mais
Leite com uva faz mal? Descubra se o temor possui fundamento científico

Leite com uva faz mal? Descubra se o temor possui fundamento científico Leite com uva faz mal? Descubra se o temor possui fundamento científico

Assim como a ideia de que beber leite com manga faz mal para o organismo, a mistura da bebida com uva também tem sido considerada polêmica entre algumas...

> Leia mais
Hormônio GH é bom para o crescimento! Saiba em quais alimentos encontrá-lo

Hormônio GH é bom para o crescimento! Saiba em quais alimentos encontrá-lo Hormônio GH é bom para o crescimento! Saiba em quais alimentos encontrá-lo

Você já parou para pensar em como o organismo funciona durante a fase de crescimento? Muita gente não sabe, mas o famoso "período de estirão" que ocorre na...

> Leia mais
Mexerica e ponkan são a mesma coisa? Conheça essas tangerinas

Mexerica e ponkan são a mesma coisa? Conheça essas tangerinas Mexerica e ponkan são a mesma coisa? Conheça essas tangerinas

Quando se trata de comer frutas ricas em vitamina A, C e antioxidantes, a tangerina (assim como outras cítricas) ganha grande destaque. No entanto, muita...

> Leia mais
Receitas com mirtilo: 3 sugestões para consumir a frutinha no dia a dia

Receitas com mirtilo: 3 sugestões para consumir a frutinha no dia a dia Receitas com mirtilo: 3 sugestões para consumir a frutinha no dia a dia

Conhecido popularmente como a "fruta da longevidade", o mirtilo (ou blueberry) é um alimento cheio de benefícios para a nossa saúde! Ele é considerado um dos...

> Leia mais
Comer ovo todo dia faz mal? Descubra qual a quantidade indicada

Comer ovo todo dia faz mal? Descubra qual a quantidade indicada Comer ovo todo dia faz mal? Descubra qual a quantidade indicada

Presente em uma série de mitos sobre a alimentação, o ovo é um alimento que costuma causar muita controvérsia entre os consumidores. Enquanto algumas pessoas...

> Leia mais
5 frutas com potássio que são boas fontes do mineral

5 frutas com potássio que são boas fontes do mineral 5 frutas com potássio que são boas fontes do mineral

Importante para a saúde dos ossos, nervos e músculos, o potássio é um mineral abundante e extremamente necessário para o nosso organismo. Quem sofre...

> Leia mais
Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas

Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas

Ter uma alimentação rica em vitaminas é fundamental para fortalecer a imunidade e garantir o bom funcionamento do organismo como um todo. O complexo K, em...

> Leia mais