Exercício antes de dormir faz bem ou mal? Saiba o melhor horário para praticá-lo

Praticar exercício antes de dormir pode aumentar os níveis de adrenalina e dificultar o sono - por isso, o ideal é se exercitar em um período de até 4 horas antes da hora de dormir
Praticar exercício antes de dormir pode aumentar os níveis de adrenalina e dificultar o sono - por isso, o ideal é se exercitar em um período de até 4 horas antes da hora de dormir

Praticar exercícios físicos regularmente é importante para manter o bom funcionamento do metabolismo e estimular o sono. Mas você sabia que não é recomendado se exercitar logo antes de dormir? Isso porque, muitas vezes, a adrenalina liberada durante a atividade pode deixar o organismo muito agitado à noite, dificultando o sono. Para saber melhor quais são os horários indicados para a prática de exercícios, é só continuar lendo!

Exercício físico é mais benéfico ao organismo quando praticado até 4 horas antes da hora de dormir

Antes de tudo, é importante destacar que a prática de exercício físico faz bem para o sono por uma série de motivos: ajuda a reduzir a ansiedade, a regular a respiração e garante mais bem-estar físico e mental. Ainda assim, é importante ter atenção com os horários destinados para os exercícios. No artigo científico "Effects of Exercise on Sleep" ("Efeitos dos exercícios físicos no sono"), o autor Shawn D. Youngstedt destaca que a atividade realizada entre 4 e 8 horas antes da hora de dormir - com duração aproximada de 1 hora e, preferencialmente, de intensidade moderada - costuma ser mais benéfica para o organismo.

Em casos de quem tem histórico de insônia, os cuidados com a prática de exercício à noite deve ser redobrada. Neste caso, o mais indicado é dar preferência para atividades (aeróbicas, de musculação, resistência ou o que preferir) na parte da manhã ou, no máximo, até 4 horas antes da hora de dormir.

Afinal, qual é o melhor horário para se exercitar?

Apesar de muitas pesquisas afirmarem que a prática de atividades físicas pela manhã é mais benéfica - por conta da maior perda calórica em jejum, por exemplo -, é importante destacar que não existe um horário certo para se exercitar. O mais indicado, na verdade, é adequar o treino de acordo com a sua rotina e tentar manter o foco e a regularidade na prática.

Vale destacar, ainda assim, que o ideal para quem dorme cedo, por exemplo, é buscar fazer exercícios até umas 18h ou 19h - dessa forma, quem sabe, é possível criar um intervalo de 3 horas até o momento de ir para a cama. Existem algumas exceções de pessoas que se adaptam bem praticando exercícios de forma leve ou moderada entre 50 ou 60 minutos antes de dormir. Ou seja, o mais importante é não abrir mão do treino e entender o funcionamento do seu próprio organismo - de preferência, com o acompanhamento de um profissional da educação física - para definir o melhor horário dos exercícios.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que comer depois do jejum intermitente

O que comer depois do jejum intermitente O que comer depois do jejum intermitente

Quando feito de forma adequada e com acompanhamento nutricional, o jejum intermitente pode ajudar a desintoxicar o organismo e trazer outros benefícios (como...

> Leia mais
3 formas de preparar maionese vegana

3 formas de preparar maionese vegana 3 formas de preparar maionese vegana

Que tal conhecer algumas opções de maionese vegana para incluir no cardápio? Você pode aproveitar os benefícios e sabores de uma dieta sem alimentos de...

> Leia mais
Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar

Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar

Tomar suco verde detox todos os dias é ótimo para eliminar as impurezas do sangue, aumentar a imunidade e fornecer nutrientes para o organismo. A couve, em...

> Leia mais
Suflê de chuchu: 2 receitas fit

Suflê de chuchu: 2 receitas fit Suflê de chuchu: 2 receitas fit

O suflê de chuchu é o preparo perfeito para quem está de dieta, ainda mais se for feito com o Chuchu Orgânico Taeq! É um prato saboroso, pouco calórico,...

> Leia mais
Para que serve o ômega 3

Para que serve o ômega 3 Para que serve o ômega 3

Encontrado em diferentes peixes (salmão, cavala, atum, sardinha, arenque), castanhas e sementes, o ômega 3 é um tipo de ácido graxo essencial (uma gordura...

> Leia mais
Café faz bem: 5 benefícios da bebida

Café faz bem: 5 benefícios da bebida Café faz bem: 5 benefícios da bebida

Tomar café regularmente de forma moderada (no máximo, 3 xícaras por dia) pode trazer uma série de benefícios para a saúde, sabia? Isso porque a bebida é...

> Leia mais
Arginina: para que serve e onde encontrar

Arginina: para que serve e onde encontrar Arginina: para que serve e onde encontrar

As refeições diárias estão cheias de nutrientes essenciais e superimportantes que nem imaginamos, como é o caso da arginina! Essa substância está presente no...

> Leia mais
Barra de frutas: o que é e como consumir

Barra de frutas: o que é e como consumir Barra de frutas: o que é e como consumir

A barra de frutas é uma fonte de energia e tanto, principalmente em dias mais corridos! Incluir o alimento no cardápio é sinônimo de saúde e saciedade para o...

> Leia mais
Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Ótimo para preparar vitaminas, smoothies e incrementar saladas, o iogurte natural é um ingrediente bem nutritivo que ajuda a manter o organismo em...

> Leia mais
Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Você já conhece o sabor do patê de berinjela? Além de todos os benefícios que o alimento apresenta para o organismo, o legume também agrada o paladar de um...

> Leia mais