Excesso de minerais é perigoso para o organismo! Saiba com quais tomar cuidado

O excesso de sódio pode ocasionar em aumento da pressão arterial, doenças cardiovasculares, pedras nos rins e até comprometer a absorção de cálcio pelo organismo
O excesso de sódio pode ocasionar em aumento da pressão arterial, doenças cardiovasculares, pedras nos rins e até comprometer a absorção de cálcio pelo organismo

Para manter o corpo saudável e em equilíbrio é essencial consumir os alimentos de forma regrada - ou seja, sem exagerar em nada (inclusive nas frutas e verduras). O que muita gente não sabe é que alguns minerais, quando consumidos em excesso, acabam prejudicando o funcionamento do organismo. Com isso, ocasionam doenças, fraqueza nos músculos e, em alguns casos, surtem um efeito tóxico no corpo. Para que você não erre a mão no consumo dos minerais, nós listamos aqueles que devem ser consumidos com parcimônia. Dá uma conferida!

Sódio em excesso causa pressão alta e estimula a perda de cálcio

O sódio é um dos principais minerais que precisa ser consumido de forma moderada, sabia? Isso porque, quando em excesso no sangue, ele tende a aumentar a pressão arterial, podendo ocasionar hipertensão e, consequentemente, doenças cardiovasculares mais graves. Além disso, se consumido de forma exagerada a longo prazo, o sódio pode ocasionar pedras nos rins e interferir no equilíbrio do organismo - ele é capaz de reduzir, por exemplo, a absorção do cálcio pelo organismo (mineral fundamental para a saúde dos ossos).

Tendo isso em mente, uma boa dica é tentar reduzir no dia a dia o uso de sal no preparo de comidas. O ideal é substituir o ingrediente por outros temperos naturais e saudáveis, como pimentas e hortaliças. Essa é uma ótima sugestão para quem procura um estilo de vida mais saudável!

Excesso de cálcio pode enfraquecer os ossos

Engana-se quem pensa que o cálcio pode ser consumido de forma ilimitada. Apesar de o mineral ser importante para o fortalecimento dos ossos e músculos - e ser indispensável na alimentação diária -, ele também não pode ser consumido em excesso.

A hipercalcemia, que consiste na concentração elevada de cálcio no sangue, pode ocasionar problemas em todo o organismo: enfraquecimento dos ossos e músculos, dores, contrações musculares e até mesmo náuseas e irritabilidade. Por isso, é muito importante tomar cuidado para não exagerar no consumo de alimentos ricos em cálcio (tais como leite e derivados).

Quando consumido em excesso, o ferro pode causar fraqueza e cansaço

O ferro é outro mineral que não pode ficar de fora da dieta! Afinal, ele é o responsável pelo transporte de oxigênio no sangue, previne a anemia e auxilia na produção de elastina e colágeno (sendo importante para a saúde da pele). Mas, apesar de ser essencial para o funcionamento do organismo, ele também não pode ser consumido em excesso.

O que muita gente não sabe é que, quando consumido de forma exagerada, o ferro pode ser intoxicante, causar cansaço, fraqueza, queda de cabelo e até mesmo ocasionar alterações no ciclo menstrual. O excesso de ferro ocorre, geralmente, quando a pessoa consome suplementos sem o devido acompanhamento médico. Por isso, é fundamental buscar a ajuda de um profissional adequado e realizar dietas equilibradas.

Excesso de fósforo pode ocasionar problemas no músculo e na circulação sanguínea

Você já ouviu falar na hiperfosfatemia? Esse problema consiste na concentração elevada de fósforo no sangue, o que ocasiona problemas como má circulação sanguínea, enfraquecimento muscular, cansaço, dormência e formigamento nos músculos. Assim como o cálcio, o fósforo é um mineral importante para a saúde dos ossos, músculos e dentes. Por isso, ele também deve ser consumido no dia a dia, mas sempre de forma moderada.

Manganês em excesso surte efeito tóxico no organismo

Na lista dos minerais que devem ser consumidos com moderação, o manganês é um dos que mais se destacam. Apesar de ele ser importante para o funcionamento do cérebro e do metabolismo, ele acaba tornando-se tóxico quando consumido em grandes quantidades. Caso fique em excesso no organismo, o mineral acaba intoxicando o fígado e comprometendo o funcionamento do sistema nervoso. Por isso, é fundamental consumir manganês com cautela, sempre de forma regrada e sem exageros. No fim, a palavra-chave para nunca ter problemas alimentícios é sempre a mesma: equilíbrio.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Como fazer o cabelo crescer: 10 alimentos que podem ajudar

Como fazer o cabelo crescer: 10 alimentos que podem ajudar Como fazer o cabelo crescer: 10 alimentos que podem ajudar

Ter uma rotina de alimentação balanceada é a principal dica de como fazer o cabelo crescer! A saúde das mechas e da pele é diretamente influenciada pelo...

> Leia mais
Alimentos congelados agilizam o dia a dia! Conheça os congelados Taeq

Alimentos congelados agilizam o dia a dia! Conheça os congelados Taeq Alimentos congelados agilizam o dia a dia! Conheça os congelados Taeq

Você sabia que a comida congelada pode ser saudável e trazer uma série de vantagens para o dia a dia? Além das carnes - como frangos e peixes - que devem ser...

> Leia mais
Leite zero lactose: mitos e verdades

Leite zero lactose: mitos e verdades Leite zero lactose: mitos e verdades

O que você sabe sobre leite sem lactose? O produto vem ganhando relevância nos últimos anos e promete segurança no consumo de laticínios, especialmente para...

> Leia mais
Meu filho não quer comer: o que fazer? 4 atitudes para reverter esse quadro

Meu filho não quer comer: o que fazer? 4 atitudes para reverter esse quadro Meu filho não quer comer: o que fazer? 4 atitudes para reverter esse quadro

Incentivar a criança a comer de forma saudável não precisa ser tão difícil - afinal, existem alguns truques que ajudam a tornar a hora da refeição bem mais...

> Leia mais
Flavonoides: o que são, onde encontrar e por que devemos consumi-los

Flavonoides: o que são, onde encontrar e por que devemos consumi-los Flavonoides: o que são, onde encontrar e por que devemos consumi-los

Os flavonoides provavelmente fazem parte da sua alimentação diária mesmo que você não saiba disto! Substâncias de origem vegetal, eles estão presentes em boa...

> Leia mais
Quiche saudável: 2 receitas e 2 pratos Taeq para simplificar o almoço

Quiche saudável: 2 receitas e 2 pratos Taeq para simplificar o almoço Quiche saudável: 2 receitas e 2 pratos Taeq para simplificar o almoço

Ninguém resiste a uma quiche saudável acompanhada de uma salada de verduras fresquinhas! Perfeito para o dia a dia, no almoço ou no jantar, esse prato também...

> Leia mais
Alimentos que dão energia: a lista definitiva para incluir no seu dia a dia

Alimentos que dão energia: a lista definitiva para incluir no seu dia a dia Alimentos que dão energia: a lista definitiva para incluir no seu dia a dia

Começar o dia bem disposto é muito bom, né? Os alimentos energéticos são conhecidos por oferecer sensação de bem-estar e um combo de ânimo para o organismo!...

> Leia mais
Bolo de batata-doce: 4 versões fit da receita

Bolo de batata-doce: 4 versões fit da receita Bolo de batata-doce: 4 versões fit da receita

Que tal fazer uma receita de bolo de batata-doce para comer no lanche com uma xícara de café? Se a ideia é apostar em sobremesas diferenciadas - fugindo de...

> Leia mais
Frango com requeijão: a receita de um dos recheios mais queridos e versáteis

Frango com requeijão: a receita de um dos recheios mais queridos e versáteis Frango com requeijão: a receita de um dos recheios mais queridos e versáteis

Que tal deixar o lanche da tarde mais gostoso com uma receita de frango com requeijão? O aperitivo é a indicação perfeita para saciar a fome e ainda cai...

> Leia mais
Geleia de laranja: como fazer e combinar nas refeições

Geleia de laranja: como fazer e combinar nas refeições Geleia de laranja: como fazer e combinar nas refeições

Adicionar a Geleia de Laranja Diet Taeq ao café da manhã é sinônimo de saúde e sabor! Fonte de vitaminas e minerais, o recheio da fruta é muito indicado para...

> Leia mais