Eu amo doce! Veja as 7 formas mais saudáveis para adoçar a sua alimentação

Quem não gosta de saborear um bom docinho em um lanche ou na sobremesa? É quase impossível resistir! A boa notícia para as
Quem não gosta de saborear um bom docinho em um lanche ou na sobremesa? É quase impossível resistir! A boa notícia para as
Quem não gosta de saborear um bom docinho em um lanche ou na sobremesa? É quase impossível resistir! A boa notícia para as
Quem não gosta de saborear um bom docinho em um lanche ou na sobremesa? É quase impossível resistir! A boa notícia para as
Quem não gosta de saborear um bom docinho em um lanche ou na sobremesa? É quase impossível resistir! A boa notícia para as
Quem não gosta de saborear um bom docinho em um lanche ou na sobremesa? É quase impossível resistir! A boa notícia para as
Quem não gosta de saborear um bom docinho em um lanche ou na sobremesa? É quase impossível resistir! A boa notícia para as
Quem não gosta de saborear um bom docinho em um lanche ou na sobremesa? É quase impossível resistir! A boa notícia para as
Quem não gosta de saborear um bom docinho em um lanche ou na sobremesa? É quase impossível resistir! A boa notícia para as "formiguinhas" de plantão é que existem possibilidades mais saudáveis e naturais do que o açúcar industrializado para adoçar a nossa vida! Veja quais são!
Quem não gosta de saborear um bom docinho em um lanche ou na sobremesa? É quase impossível resistir! A boa notícia para as
Quem não gosta de saborear um bom docinho em um lanche ou na sobremesa? É quase impossível resistir! A boa notícia para as
Quem não gosta de saborear um bom docinho em um lanche ou na sobremesa? É quase impossível resistir! A boa notícia para as
Quem não gosta de saborear um bom docinho em um lanche ou na sobremesa? É quase impossível resistir! A boa notícia para as
Quem não gosta de saborear um bom docinho em um lanche ou na sobremesa? É quase impossível resistir! A boa notícia para as
Quem não gosta de saborear um bom docinho em um lanche ou na sobremesa? É quase impossível resistir! A boa notícia para as
Quem não gosta de saborear um bom docinho em um lanche ou na sobremesa? É quase impossível resistir! A boa notícia para as
Quem não gosta de saborear um bom docinho em um lanche ou na sobremesa? É quase impossível resistir! A boa notícia para as
Luciana Novaes

Consultor:

Luciana Novaes

Nutricionista mestre em Saúde Pública pela FIOCRUZ com especialização em Saúde Materna e Infantil e Nutrição Clínica e Estética pelo IPGS

Quem não gosta de adoçar um pouco mais a vida? Seja um finger food, lanches ou em sobremesas, um docinho sempre cai bem , nos remete às melhores lembranças, sendo difícil resistir a sua tentação. Contudo, quando falamos em açúcar, todo o cuidado é pouco. Para isso, existem alternativas bem mais saudáveis para acrescentar um toque doce em algumas receitas, de forma natural e nutritiva. Conheça!

Os adoçantes naturais vêm ganhando um espaço maior na alimentação, já que o açúcar refinado, por exemplo, não é indicado para uma alimentação saudável. A nutricionista Luciana Novaes explica: "O açúcar branco que é extraído da cana-de- açúcar e passa por um processo de refinamento, é apontado como um dos grandes problemas que temos em relação à alimentação moderna. Ele está presente nos mais variados produtos, fornecendo calorias de fácil absorção sem possuir vitaminas e minerais, ou seja, calorias vazias", analisa.

Porém, fugir das tradições culturais é difícil e adoçar as receitas já faz parte do hábito alimentar do brasileiros. Nesse caso, a Dra. Luciana nos apresenta alternativas bem mais interessantes de adoçantes naturais, que podem servir de substituição. Veja as dicas!

Opções mais saudáveis para adoçar sua alimentação

Stévia: É um adoçante retirado da planta stevia rebaudiana, com poder de doçura 300 vezes maior do que o do açúcar. Ajuda a controlar a glicemia e estudos mostram que ele possui propriedades anti-hipertensivas, possui baixo risco toxicológico, sendo uma forma segura a sua utilização. "Não deve ser utilizada por gestantes por faltar ainda estudos que comprovem sua segurança nesse grupo e o único inconveniente é que deixa um resíduo amargo na boca após sua utilização." destaca a Dra. Luciana Novaes.

Sorbitol: É extraído de algumas plantas e adoça mais do que o açúcar (aproximadamente 50%). Como é absorvido lentamente pelo organismo, não provoca alterações na glicose sanguínea. Não deve ser utilizado por diabéticos como substituição ao açúcar e nem por gestantes porque é um adoçante que favorece a perda de cálcio em grandes quantidades. É mais utilizado em alguns produtos industrializados como chicletes e geleias.

Frutose: É o açúcar natural das frutas, por isso que vários sucos saudáveis levam a maçã em suas receitas, por exemplo, para poder aproveitar a capacidade da fruta de conferir sabor doce a bebida. Não se deve fazer a ingestão da frutose em pó por ela elevar rapidamente a glicemia e sim adoçar as preparações adicionando as frutas, aproveitando assim a frutose e todas as vitaminas e minerais presentes nelas.

Agave: É outro adoçante retirado de uma planta, a mesma que se usa para fazer a tequila. Possui alto poder adoçante, 3 vezes maior que o açúcar, de baixo índice glicêmico. "Também não é aconselhável ser utilizada por diabéticos por ser muito rico em frutose", alerta a profissional.

Mel: É um dos substitutos ao açúcar mais utilizado e conhecido. É um produto natural de abelhas obtido a partir do néctar das flores na sua grande maioria. Apesar de ser muito calórico, é um alimento que possui propriedades antimicrobianas, curativas, calmantes, regenerativa de tecidos, dentre outras. Rico em vitaminas, o mel possui vários elementos minerais essenciais para o nosso organismo, especialmente o selênio, manganês, zinco, cromo e alumínio. Possui um poder adoçante muito forte e característico. Não deve ser utilizado por diabéticos porque rapidamente é absorvido, elevando a glicemia.

Melado de cana: Também é uma opção para quem não é diabético. Como não passa por refinamento, ele mantém ferro, cálcio, potássio, fósforo entre outros minerais.

Açúcar de coco: Chegou para completar a família dos adoçantes naturais; extraído a partir das flores da palma de coco, cuja seiva é retirada e aquecida até se transformar em um caramelo. Possui baixo índice glicêmico e como não passa por refinamento, mantém boas quantidades de vitaminas e minerais como potássio, magnésio, zinco, ferro e vitaminas do complexo B. "É uma opção de açúcar muito mais saudável, só não é menos calórico que o açúcar refinado. Pode ser consumido por diabéticos em pequenas quantidades e com orientação de um nutricionista", ressalta a nutricionista.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais
Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da...

> Leia mais
Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Você também gosta de experimentar comidas de culinárias diferentes? A gastronomia japonesa, para quem não conhece, costuma usar muitos legumes, vegetais,...

> Leia mais