Entenda como os seis sabores da Ayurveda podem trazer equilíbrio ao corpo

O equilíbrio entre os seis sabores - doce, ácido, salgado, picante, amargo e adstringente - é um dos conceitos mais importantes da Ayurveda
O equilíbrio entre os seis sabores - doce, ácido, salgado, picante, amargo e adstringente - é um dos conceitos mais importantes da Ayurveda

Você já deve ter ouvido falar na Ayurveda, mas sabe o que significam os tais seis sabores que fazem parte dela? Como a alimentação é uma das partes mais importantes dessa medicina alternativa que busca equilíbrio entre corpo e mente, toda a dieta é pensada para alcançar esse objetivo. Por isso, muito mais que apenas procurar comidas mais saudáveis, essa prática indiana busca encontrar a combinação perfeita entre doce, ácido, amargo, salgado, picante e adstringente para melhorar o que parece não estar funcionando muito bem no organismo ou no emocional.

Dieta com seis sabores da Ayurveda deve atender a necessidades individuais

Um dos conceitos da Ayurveda consiste na ideia de que o gosto dos alimentos pode influenciar nosso corpo e mente - tanto para o bem quanto para o mal. Sabe aquela velha história de que "você é o que come"? Então, mas em vez de focar apenas no valor nutricional das comidas essa prática considera seis sabores que não podem ficar de fora do prato de quem quer ter uma vida mais saudável: o doce, o ácido, o salgado, o picante, o amargo e o adstringente.

Também conhecidos como rasa - "sabor" em sânscrito, língua da Índia, onde a Ayurveda surgiu há sete mil anos -, esses sabores podem trazer uma série de benefícios para o corpo se forem consumidos do jeito certo. Por isso, mais do que apenas adicionar todos eles na alimentação do dia a dia, é necessário entender o que cada um deles entrega para saber o que deve ser mais ou menos consumido em cada caso. O objetivo é que o doshas - Pitta, Vatta ou Kapha - fiquem em equilíbrio. Com isso, corpo e mente se tornam muito mais saudáveis. É bom destacar que, em geral, um dos doshas se sobressai em relação aos demais, e por isso é preciso consultar um especialista, que irá indicar quais alimentos devem ser evitados ou consumidos para que eles fiquem pareados.

Equilíbrio entre os sabores também ajuda na dieta

De acordo com a Ayurveda, colocar os seis sabores nas principais refeições do dia também pode ajudar quem quer deixar de comer determinado alimento em excesso. Isso acontece porque, com a porcentagem certa de cada um deles, o corpo vai estar com todos os nutrientes que precisa em equilíbrio - o que, com o tempo, fará com que ele perca seu "vício" em um sabor específico.

Se você é do tipo que não consegue ficar longe de um doce, por exemplo, e está entrando em uma dieta para diminuir esse consumo, esse conceito da Ayurveda pode ser um bom aliado. Com os seis sabores distribuídos ao longo do dia - com alguns mais e outros menos de acordo com sua necessidade -, a compulsão por açúcar vai reduzir porque os doshas entram em harmonia.

Conheça os seis sabores da dieta da Ayurveda:

Agora que você já entendeu o básico sobre a importância desses seis sabores para a Ayurveda, deve estar se perguntando quais são os benefícios de cada um deles. Dá uma olhada:

1. Doce

Resultado da união dos elementos terra e água, o sabor doce pode ser encontrado em carboidratos, gorduras e proteínas. Quando consumido em excesso, além de não favorecer o equilíbrio dos doshas, pode trazer vários malefícios para a saúde - como diabetes, obesidade e colesterol alto, por exemplo. No entanto, se for adicionado à alimentação do jeito certo, pode ajudar a fortalecer os tecidos do corpo e ainda trazer mais calma para a mente.

2. Salgado

Segundo a Ayurveda, fogo e água se unem para formar o sabor salgado. Em excesso, ele pode favorecer o envelhecimento precoce - causando rugas e calvície, por exemplo -, enquanto seu uso na quantidade certa ajuda a lubrificar os tecidos e ainda a acalmar o emocional.

3. Amargo

O ar e o éter são os elementos fundamentais que compõem o amargo - sabor muito encontrado em legumes de folhas verdes e verduras. Seu consumo sem equilíbrio pode deixar o estômago pesado e causar problemas de ansiedade, mas, na medida certa, ajuda a desintoxicar o organismo e a aliviar as emoções.

4. Picante

Formado pelos elementos fogo e ar, o sabor picante - presente em alimentos como pimenta, cebola, alho e mostarda - traz equilíbrio para o metabolismo, além de também ajudar a abrir a mente. Em excesso, no entanto, pode causar irritação e dores na região lombar.

5. Ácido

O sabor ácido - resultado da combinação dos elementos terra e fogo - traz benefícios para o coração, para a digestão e ainda estimula o desenvolvimento intelectual. Mas, fora da medida, pode causar febre, fraqueza e despertar alguns sentimentos ruins, como inveja e raiva. É muito encontrado em frutas cítricas, álcool, tomate e também em alguns molhos de salada.

6. Adstringente

A terra e o ar formam o sabor adstringente, conhecido na Ayurveda por seus benefícios para o sangue e por equilibrar os níveis de açúcar. Na parte emocional, ainda ajuda a acalmar mentes muito nervosas e a melhorar o estado letárgico. Em excesso pode causar gases, ansiedade e insônia. Para consumir esse sabor na dieta, a dica é apostar em alimentos como lentilhas, couve-flor, repolho e maçã verde, por exemplo.

Mais noticias com...
Receitas:
Cebola
Ver Mais

Últimas Matérias

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais
Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da...

> Leia mais
Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Você também gosta de experimentar comidas de culinárias diferentes? A gastronomia japonesa, para quem não conhece, costuma usar muitos legumes, vegetais,...

> Leia mais