Dieta macrobiótica: O que é? Saiba mais sobre esse tipo de alimentação

A dieta macrobiótica é uma alimentação voltada às sementes e cereais integrais, em harmonia com a natureza. Saiba mais sobre ela!
A dieta macrobiótica é uma alimentação voltada às sementes e cereais integrais, em harmonia com a natureza. Saiba mais sobre ela!
Patrícia Bertoni Brotherhood

Consultor:

Patrícia Bertoni Brotherhood

Formada em Nutrição pela UNIRIO, é especializada em Gestão de Qualidade e Segurança de Alimentos

Conhecida como o "Yin e Yang" (energias opostas que se equilibram) da alimentação, a dieta macrobiótica se tornou um estilo de vida que propõe o consumo apenas de sementes e cereais integrais, baseando-se em uma harmonia com a natureza para promover saúde, longevidade e uma alimentação equilibrada para o organismo. Entenda como funciona esse tipo de alimentação e os cuidados necessários!

Segundo a nutricionista Patrícia Bertoni Brotherhood, a dieta macrobiótica é relativamente nova e se baseia na medicina tradicional chinesa "yin yang" onde há dois tipos de energias no universo, que existem lado a lado e são consideradas complementares e opostas, fazendo bem ou mal:

"Alimentos que incluam açúcar branco, mel, cafeína e álcool, por exemplo, são considerados extremamente "yin". Por outro lado, alimentos ricos em proteínas de origem animal, como carne vermelha, frango, atum e marisco são yang. Nesse tipo de dieta trabalha-se para eliminar esses alimentos "yin yang" e ir alcançando os níveis até chegar ao consumo apenas de cereais", explica a profissional.

Características da alimentação macrobiótica

Por ter como princípio ter um contato com a natureza, os adeptos consomem cereais, vegetais, grãos, sementes e frutas. A única proteína presente na dieta é o peixe. "Essa dieta é predominante vegetariana, preza pela importância dos alimentos, dá prioridades ao produtos da safra, estimula a mastigação (50 vezes) e enfatiza a necessidade do ambiente tranquilo para fazer as refeições", analisa a nutricionista.

"O preparo dos alimentos também é um ponto importante: o cozimento é feito em pouca água e não utiliza micro-ondas e panelas elétricas. Deve-se, nessa dieta, dar prioridade ao consumo dos alimentos neutros que são os cereais integrais (arroz, aveia, cevada, milho, centeio, trigo, trigo sarraceno, painço, etc.) e sementes (de gergelim ou sésamo, de girassol, de abóbora, linhaça, etc.)", completa a profissional.

- Alimentação macrobiótica padrão:

  • 50 a 60% da alimentação diária devem consistir de cereais integrais
  • Peixe, preferivelmente de carne branca
  • Sopa deve ser consumida 1 a 2 vezes por dia
  • 25 a 35% incluem os mais diversos vegetais crus ou pouco cozidos
  • Sementes, oleaginosas (castanhas, nozes e amêndoas)
  • 10 a 15% da alimentação consistem de leguminosas, derivados das leguminosas e algas

Cuidados com a dieta das sementes

É de suma importância destacar que, a alimentação macrobiótica não consiste em promover o emagrecimento por ter um alto consumo de carboidratos, e sim uma mudança de vida baseada em alimentos naturais, levando em consideração o equilíbrio alimentar e harmonia com a natureza.

Segundo Patrícia Bertoni, a dieta das sementes pode excluir alimentos e nutrientes importantes para o bem-estar do seu corpo, fazendo com que os adeptos tenham uma carência nutricional. Por isso, antes de se adequar à alimentação microbiótica, procure um especialista para analisar as suas necessidades nutricionais.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta

6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta 6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta

Muito usado no preparo de chás terapêuticos, o hibisco é um tipo de planta medicinal que traz vários benefícios à saúde. Suas flores são bem aromáticas - por...

> Leia mais
O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

Obtido através da casca das sementes da Plantago ovata (importante planta medicinal), o psyllium é um tipo de farinha sem glúten (isto é, pode ser usado na...

> Leia mais
Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais