Dia Mundial de Combate à Osteoporose: Saiba como podemos prevenir essa doença

20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros
20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros
20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros
20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros
20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros
20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros
20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros
20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros
20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros
20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros
20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros

Manter os ossos fortes e saudáveis sem sentir o peso natural da idade é o sonho de quem busca envelhecer de forma plena e longe das dores no corpo. Por isso, a prevenção à osteoporose é tão importante ao longo da vida. Saiba mais sobre os fatores que levam à doença, como podemos identifica-la, e, claro, as melhores formas para combater esse problema.

Celebrado no dia 20 de outubro, o Dia Mundial de Combate a Osteoporose é dedicado à prevenção de uma das doenças que mais atingem pessoas no país (cerca de 10 milhões de brasileiros). Segundo a nutricionista Sheila Basso, a osteoporose é um distúrbio caracterizado pela diminuição da densidade óssea, causando fragilidade esquelética e aumentando o risco de fraturas:

"A prevenção da osteoporose visa à redução de fraturas. Assim, faz-se necessário o conhecimento dos fatores de risco da doença, como idade avançada (em consequência da maior perda óssea), sexo (mulheres são mais suscetíveis que homens). Outros fatores também podem contribuir para a redução da massa óssea, como hábitos nutricionais, sedentarismo e tabagismo e outras drogas", explica a profissional.

Como tratar a osteoporose? Comece com um check up total

Inicialmente, é importante ter um diagnóstico detalhado feito por um profissional. Se as dores são constantes e a intensidade aumenta gradativamente, procure logo o seu médico e faça exames regulares, podendo, assim, prevenir a total fragilidade dos ossos.

Segundo a Fundação Internacional de Osteoporose (International Osteoporosis Foundation - IOF), a osteoporose é uma doença silenciosa e acontece porque o organismo passa a perder cálcio mais facilmente. Por isso, é de suma importância que esse grupo de pessoas façam um check up anual e mantenha hábitos saudáveis, a fim de prevenir o desenvolvimento da doença.

Geralmente, o tratamento é feito a base de medicamentos que ajudam nessa reposição de cálcio e no alívio das dores, uma alimentação rica no mineral (leites e derivados, espinafre, tofu, brócolis, castanhas e feijão, por exemplo) e exercícios físicos regulares, para fortalecer os ossos e os músculos do corpo.

Prevenção e controle da osteoporose: hábitos saudáveis fortalecem os ossos

- Alimentação saudável: Segundo Sheila Basso, o primeiro passo é a dieta alimentar, já que a nossa maior ingestão de cálcio se dá através dos alimentos. "A prevenção da diminuição da massa óssea pode ser realizada em qualquer idade, sendo mais eficaz na infância e na juventude", analisa.

A recomendação de ingestão de cálcio é de 1.200mg por dia para adultos saudáveis e, para as mulheres que estão no período pós-menopausa a ingestão deve ser de 1.500mg ao dia. Para alcançar essa recomendação, o consumo de alimentos ricos em cálcio deve ser diário, bem como os leites e derivados, que devemos também optar pelas versões menos gordurosas, desnatado ou semidesnatado. A nutricionista destaca outros alimentos ricos no mineral:

"As fontes alimentares de cálcio são as hortaliças de folhas verdes escuras, como couve, folhas de mostarda e brócolis; as sardinhas, salmão, moluscos e ostras. A soja também contém grandes quantidades de cálcio", indica.

- Exposição solar: Sabe aqueles 15 minutinhos no sol que são indicados para aumentar os níveis de vitamina D no organismo? Também pode beneficiar no tratamento e na prevenção da osteoporose. Isso acontece porque a substância aumenta a absorção de cálcio no nosso corpo, fazendo a biodisponibilidade entre os nutrientes.

A exposição solar deve acontecer antes do sol das 10h ou após às 16h, quando os raios ultravioletas não se tornam prejudiciais à pele. Além disso, essa exposição deve acontecer sem o uso de protetor solar, para o corpo absorver a vitamina D.

- Exercícios físicos regulares: Sheila Basso destaca que pessoas fisicamente ativas possuem uma maior massa óssea, se comparada aos sedentários, logo, as atividades físicas podem ajudar a prevenir essa perda causada pela osteoporose.

"A contração muscular e a ação da gravidade são as duas primeiras forças aplicadas no osso, ou seja, o exercício transmite carga ao esqueleto mediante o impacto direto. O efeito do exercício sobre o tecido ósseo é dependente da intensidade, tipo, frequência e duração da atividade física", destaca a nutricionista.

*Sheila Basso (CRN 21.557) é especialista em nutrição clínica e em obesidade, emagrecimento e saúde pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). A profissional disponibiliza sua página no Facebook para contato: Benvenutri

* Outras informações sobre o tratamento da osteoporose e sobre o Dia Mundial de Combate a doença podem ser conferidos no site da Fundação Internacional de Osteoporose: https://www.iofbonehealth.org/

Mais noticias com...
Receitas:
Leite
Ver Mais

Últimas Matérias

Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas

Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas

Ter uma alimentação rica em vitaminas é fundamental para fortalecer a imunidade e garantir o bom funcionamento do organismo como um todo. O complexo K, em...

> Leia mais
Suco de graviola: 6 receitas refrescantes e nutritivas com a fruta

Suco de graviola: 6 receitas refrescantes e nutritivas com a fruta Suco de graviola: 6 receitas refrescantes e nutritivas com a fruta

Preparar sucos naturais é uma ótima alternativa para refrescar nos dias mais quentes e manter o corpo hidratado. E, para variar no cardápio de bebidas, que...

> Leia mais
Como comemorar o Dia dos Pais de forma criativa sem sair de casa

Como comemorar o Dia dos Pais de forma criativa sem sair de casa Como comemorar o Dia dos Pais de forma criativa sem sair de casa

Tem coisa melhor que passar o Dia dos Pais junto com a família contando histórias, comendo, fazendo jogos e brincadeiras? A melhor parte é que nem é preciso...

> Leia mais
Os nutrientes do eryngui e como preparar esse cogumelo

Os nutrientes do eryngui e como preparar esse cogumelo Os nutrientes do eryngui e como preparar esse cogumelo

Usar cogumelos para incrementar receitas veganas ou vegetarianas é sempre uma boa opção. Afinal, eles acrescentam muito em termos nutricionais e agregam mais...

> Leia mais
Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo

Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo

Você sabia que a mozarela de búfala é um dos tipos de queijos brancos mais consumidos do mundo? Conhecida pela sua textura cremosa e suculenta, ela tem como...

> Leia mais
Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos

Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos

Você sabia que é possível preparar receitas de macarrão sem necessariamente usar farinha de trigo? Quem é celíaco, por exemplo, deve passar longe de pratos...

> Leia mais
6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora

6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora 6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora

Às vezes pode parecer difícil seguir uma dieta vegana e ter tempo para preparar lanches sem ingredientes de origem animal durante a correria do dia a dia....

> Leia mais
O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas

O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas

Se você gosta de experimentar comidas típicas de diferentes regiões do Brasil, é bem provável que já conheça o sagu - uma sobremesa feita com vinho tinto...

> Leia mais
Pimenta-rosa: 5 benefícios dessa planta brasileira na sua alimentação

Pimenta-rosa: 5 benefícios dessa planta brasileira na sua alimentação Pimenta-rosa: 5 benefícios dessa planta brasileira na sua alimentação

Fruto da aroeira-vermelha, a pimenta-rosa é uma planta brasileira de ardência leve, sabor adocicado e aparência delicada. Mas além de características e...

> Leia mais
4 receitas com coco ralado fresco que são supernutritivas

4 receitas com coco ralado fresco que são supernutritivas 4 receitas com coco ralado fresco que são supernutritivas

Considerado um superalimento, o coco é uma fruta das frutas mais nutritivas que existe. Ele é rico em minerais importantes como cálcio, magnésio, cobre,...

> Leia mais