Dia Mundial de Combate à Osteoporose: Saiba como podemos prevenir essa doença

20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros
20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros
20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros
20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros
20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros
20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros
20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros
20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros
20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros
20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros
20 de outubro é oficialmente o Dia do Combate à Osteoporose. Saiba mais sobre essa doença que atinge milhões de brasileiros

Manter os ossos fortes e saudáveis sem sentir o peso natural da idade é o sonho de quem busca envelhecer de forma plena e longe das dores no corpo. Por isso, a prevenção à osteoporose é tão importante ao longo da vida. Saiba mais sobre os fatores que levam à doença, como podemos identifica-la, e, claro, as melhores formas para combater esse problema.

Celebrado no dia 20 de outubro, o Dia Mundial de Combate a Osteoporose é dedicado à prevenção de uma das doenças que mais atingem pessoas no país (cerca de 10 milhões de brasileiros). Segundo a nutricionista Sheila Basso, a osteoporose é um distúrbio caracterizado pela diminuição da densidade óssea, causando fragilidade esquelética e aumentando o risco de fraturas:

"A prevenção da osteoporose visa à redução de fraturas. Assim, faz-se necessário o conhecimento dos fatores de risco da doença, como idade avançada (em consequência da maior perda óssea), sexo (mulheres são mais suscetíveis que homens). Outros fatores também podem contribuir para a redução da massa óssea, como hábitos nutricionais, sedentarismo e tabagismo e outras drogas", explica a profissional.

Como tratar a osteoporose? Comece com um check up total

Inicialmente, é importante ter um diagnóstico detalhado feito por um profissional. Se as dores são constantes e a intensidade aumenta gradativamente, procure logo o seu médico e faça exames regulares, podendo, assim, prevenir a total fragilidade dos ossos.

Segundo a Fundação Internacional de Osteoporose (International Osteoporosis Foundation - IOF), a osteoporose é uma doença silenciosa e acontece porque o organismo passa a perder cálcio mais facilmente. Por isso, é de suma importância que esse grupo de pessoas façam um check up anual e mantenha hábitos saudáveis, a fim de prevenir o desenvolvimento da doença.

Geralmente, o tratamento é feito a base de medicamentos que ajudam nessa reposição de cálcio e no alívio das dores, uma alimentação rica no mineral (leites e derivados, espinafre, tofu, brócolis, castanhas e feijão, por exemplo) e exercícios físicos regulares, para fortalecer os ossos e os músculos do corpo.

Prevenção e controle da osteoporose: hábitos saudáveis fortalecem os ossos

- Alimentação saudável: Segundo Sheila Basso, o primeiro passo é a dieta alimentar, já que a nossa maior ingestão de cálcio se dá através dos alimentos. "A prevenção da diminuição da massa óssea pode ser realizada em qualquer idade, sendo mais eficaz na infância e na juventude", analisa.

A recomendação de ingestão de cálcio é de 1.200mg por dia para adultos saudáveis e, para as mulheres que estão no período pós-menopausa a ingestão deve ser de 1.500mg ao dia. Para alcançar essa recomendação, o consumo de alimentos ricos em cálcio deve ser diário, bem como os leites e derivados, que devemos também optar pelas versões menos gordurosas, desnatado ou semidesnatado. A nutricionista destaca outros alimentos ricos no mineral:

"As fontes alimentares de cálcio são as hortaliças de folhas verdes escuras, como couve, folhas de mostarda e brócolis; as sardinhas, salmão, moluscos e ostras. A soja também contém grandes quantidades de cálcio", indica.

- Exposição solar: Sabe aqueles 15 minutinhos no sol que são indicados para aumentar os níveis de vitamina D no organismo? Também pode beneficiar no tratamento e na prevenção da osteoporose. Isso acontece porque a substância aumenta a absorção de cálcio no nosso corpo, fazendo a biodisponibilidade entre os nutrientes.

A exposição solar deve acontecer antes do sol das 10h ou após às 16h, quando os raios ultravioletas não se tornam prejudiciais à pele. Além disso, essa exposição deve acontecer sem o uso de protetor solar, para o corpo absorver a vitamina D.

- Exercícios físicos regulares: Sheila Basso destaca que pessoas fisicamente ativas possuem uma maior massa óssea, se comparada aos sedentários, logo, as atividades físicas podem ajudar a prevenir essa perda causada pela osteoporose.

"A contração muscular e a ação da gravidade são as duas primeiras forças aplicadas no osso, ou seja, o exercício transmite carga ao esqueleto mediante o impacto direto. O efeito do exercício sobre o tecido ósseo é dependente da intensidade, tipo, frequência e duração da atividade física", destaca a nutricionista.

*Sheila Basso (CRN 21.557) é especialista em nutrição clínica e em obesidade, emagrecimento e saúde pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). A profissional disponibiliza sua página no Facebook para contato: Benvenutri

* Outras informações sobre o tratamento da osteoporose e sobre o Dia Mundial de Combate a doença podem ser conferidos no site da Fundação Internacional de Osteoporose: https://www.iofbonehealth.org/

Mais noticias com...
Receitas:
Leite
Ver Mais

Últimas Matérias

7 chás de semente que são ótimos para o seu organismo

7 chás de semente que são ótimos para o seu organismo 7 chás de semente que são ótimos para o seu organismo

Você já tentou usar sementes de frutas e plantas para fazer chás medicinais? Muita gente não sabe, mas não são apenas as folhas e flores que são ricas em...

> Leia mais
Malva do reino ajuda a tratar dores e desconfortos! Saiba mais sobre essa planta

Malva do reino ajuda a tratar dores e desconfortos! Saiba mais sobre essa planta Malva do reino ajuda a tratar dores e desconfortos! Saiba mais sobre essa planta

Também conhecida como hortelã-graúdo, a malva do reino é uma planta medicinal rica em antioxidantes e propriedades medicinais que ajudam a fortalecer o...

> Leia mais
Fit Dance: o que é e quais os benefícios? Saiba mais sobre esse exercício!

Fit Dance: o que é e quais os benefícios? Saiba mais sobre esse exercício! Fit Dance: o que é e quais os benefícios? Saiba mais sobre esse exercício!

Você já ouviu falar no Fit Dance? A modalidade que transformou as aulas de dança na academia e vem conquistando milhares de adeptos ao redor do mundo através...

> Leia mais
5 receitas com abóbora cabotiá (japonesa) que são deliciosas e supernutritivas

5 receitas com abóbora cabotiá (japonesa) que são deliciosas e supernutritivas 5 receitas com abóbora cabotiá (japonesa) que são deliciosas e supernutritivas

Extremamente versátil e saborosa na cozinha, a abóbora cabotiá (ou japonesa) é um ingrediente muito utilizado no preparo de caldos, sopas e purês. Para quem...

> Leia mais
Culinária regional: feijão tropeiro e outros 4 pratos típicos do Sudeste

Culinária regional: feijão tropeiro e outros 4 pratos típicos do Sudeste Culinária regional: feijão tropeiro e outros 4 pratos típicos do Sudeste

Se você quer conhecer mais a fundo a culinária brasileira, que tal começar a experimentar as comidas típicas de cada região? A gastronomia do Sudeste, em...

> Leia mais
Vegetais tipo A: o que são, quais são e como incluí-los na dieta diária

Vegetais tipo A: o que são, quais são e como incluí-los na dieta diária Vegetais tipo A: o que são, quais são e como incluí-los na dieta diária

Você sabia que os vegetais são divididos em grupos e classificados de acordo com a quantidade (e tipos) de nutrientes que fornecem? Os vegetais do tipo A, em...

> Leia mais
10 frutas verdes excelentes para a sua saúde: do abacate ao limão

10 frutas verdes excelentes para a sua saúde: do abacate ao limão 10 frutas verdes excelentes para a sua saúde: do abacate ao limão

As frutas verdes, conhecidas por serem fontes de clorofila (um tipo de pigmento antioxidante), são ótimas para fortalecer a imunidade e desintoxicar o...

> Leia mais
Como fazer óleo de abacate e usá-lo na alimentação diária

Como fazer óleo de abacate e usá-lo na alimentação diária Como fazer óleo de abacate e usá-lo na alimentação diária

Indicado para fortalecer a imunidade, favorecer a perda de peso e a saúde da pele, o óleo de abacate é um ingrediente natural altamente nutritivo que pode (e...

> Leia mais
O que é Inktober? Conheça quem aderiu ao desafio de desenhar todos os dias

O que é Inktober? Conheça quem aderiu ao desafio de desenhar todos os dias O que é Inktober? Conheça quem aderiu ao desafio de desenhar todos os dias

Desde 2009, um desafio anual que incentiva a prática de desenhos e ilustrações durante o mês de outubro vem conquistando milhares de artistas ao redor do...

> Leia mais
Manteiga é fonte de vitamina A! Entenda se ainda assim ela é benéfica

Manteiga é fonte de vitamina A! Entenda se ainda assim ela é benéfica Manteiga é fonte de vitamina A! Entenda se ainda assim ela é benéfica

Ter o hábito de passar manteiga em pães e biscoitos no dia a dia não é necessariamente prejudicial à saúde. Apesar de ser comumente tachada como gordurosa e...

> Leia mais