Dia do Planeta - como ter uma alimentação sustentável

Saiba como mudar nossos hábitos alimentares pode ajudar a preservar o planeta
Saiba como mudar nossos hábitos alimentares pode ajudar a preservar o planeta

O dia 22 de abril foi dedicado ao Planeta Terra com a intenção de motivar discussões em todo o mundo sobre a importância de preservar os recursos naturais. Além de desenvolver uma consciência mundial sobre desmatamento, contaminação, destruição da biodiversidade e outras questões preocupantes, a data comemorativa tem o intuito de promover novas formas de agir e pensar. A palavrinha sustentabilidade, que significa suprir as nossas necessidades de hoje sem prejudicar uma futura geração, é o caminho certo a seguir e isso tem tudo a ver com o que a gente come em casa.

Embora muita gente não atente para isso, o que optamos por comer todos os dias tem um forte impacto na natureza e no planeta. Como? A nutróloga Laura Ohana explica que, até chegar à nossa mesa, os alimentos percorreram caminhos diversos, sofreram vários processamentos, foram plantados e colhidos, ou foram criados e abatidos. Para isso acontecer, foi necessário um espaço, o consumo de água e outros compostos. Foi necessário o transporte do alimento até o local de venda e assim por diante.

"Todo esse consumo de energia e substratos naturais que um alimento possui nós chamamos de pegada ecológica e, quanto maior a pegada ecológica, menos sustentável é esse alimento.", destacou a médica nutróloga, Laura Ohana. É por isso que evitar o desperdício e escolher alimentos com menor impacto ambiental traz um reflexo real sobre a degradação do planeta. Confira aqui como você pode fazer a sua parte.

Nutróloga ensina 4 maneiras de evitar o desperdício

1 - Fazer uso do alimento de uma forma completa, aproveitando talos, casca, além da parte tradicionalmente comestível. Exemplo disso, é o uso de talos de verduras para fazer farofas ou o consumo da casca de frutas para preparo de bolos ou sucos. Nestes casos a imaginação é o limite. Aproveite da melhor forma o seu alimento.

2 - Ao optarmos por alimentos produzidos no entorno da região onde moramos, reduzimos o desperdício porque reduzimos a necessidade de longos transportes até que o alimento chegue à nossa mesa. Crie o habito de pensar de onde veio a sua comida e por que processos passou até chegar até você. Foi plantado, coletado e entregue para o consumo? Ou foi refinado, sofreu adição química, passou por um longo caminho até ser consumido? Devastou o meio ambiente?

3 - Ao escolhermos consumir alimentos mais naturais, vindos direto da natureza, e menos processados (elaborados, embalados, contendo aditivos) reduzimos o desperdício. Isso porque garantimos que uma menor quantidade de energia foi necessária para a produção dos alimentos. Consumir alimentos de origem vegetal ao invés de alimentos de origem animal, também evita a colaboração com grande parcela da degradação ambiental.

4 - Opte por preparar o que vai consumir e evite grandes sobras que irão parar no lixo. Caso precise consumir alimentos com embalagens, a separação do lixo para reciclagem também ajuda a reduzir o impacto do que comemos sobre o planeta. O reaproveitamento de embalagens e destiná-las a uma outra função é importante para evitar que plástico e vidros acabem parando no meio ambiente e se acumulando nos mares e rios, o que leva à morte de diversos animais, por exemplo.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Presente na nossa alimentação antes mesmo de o Brasil ser descoberto pelos portugueses, a mandioca (também chamada de macaxeira ou aipim) é uma raiz...

> Leia mais
6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente 6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

Separar poucos minutos do dia para meditar, relaxar o corpo e a mente pode ser algo muito benéfico, sabia? Cuidar da saúde mental e emocional requer pequenos...

> Leia mais
Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo

Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo

Os minerais, de uma forma geral, são muito importantes para a saúde dos sistemas nervoso, muscular, esquelético e digestivo, além de garantirem equilíbrio...

> Leia mais
Masala chai: 4 receitas para se sentir na Índia

Masala chai: 4 receitas para se sentir na Índia Masala chai: 4 receitas para se sentir na Índia

Experimentar pratos de culinárias diferentes é sempre algo interessante, não é mesmo? Afinal, cada tipo de gastronomia segue uma linha e usa temperos...

> Leia mais
Os benefícios do leite fermentado e como fazer essa bebida em casa

Os benefícios do leite fermentado e como fazer essa bebida em casa Os benefícios do leite fermentado e como fazer essa bebida em casa

Obtido através do processo de fermentação - no qual são usadas bactérias benéficas na produção -, o leite fermentado é uma bebida altamente nutritiva que...

> Leia mais
Bebê com dificuldade de evacuar: o que fazer? As formas de resolver o problema

Bebê com dificuldade de evacuar: o que fazer? As formas de resolver o problema Bebê com dificuldade de evacuar: o que fazer? As formas de resolver o problema

Quando o bebê fica com dificuldade de evacuar, é bem comum surgirem sintomas como irritabilidade, dor e inchaço abdominal. Por isso, é muito importante tomar...

> Leia mais
Como fazer carne de porco? Aprenda a prepará-la de forma saudável

Como fazer carne de porco? Aprenda a prepará-la de forma saudável Como fazer carne de porco? Aprenda a prepará-la de forma saudável

Para evitar a contaminação de cisticercose no organismo - doença normalmente atribuída à carne de porco e causada pela ingestão dos ovos de microrganismos...

> Leia mais
Noz-pecã tem benefícios ligados à saúde cardiovascular! Saiba mais sobre ela

Noz-pecã tem benefícios ligados à saúde cardiovascular! Saiba mais sobre ela Noz-pecã tem benefícios ligados à saúde cardiovascular! Saiba mais sobre ela

Pertencente ao grupo das oleaginosas (ou frutos secos), a noz-pecã é considerada um alimento bem nutritivo e pode ser usada em diferentes receitas: tortas,...

> Leia mais
O que são PANCs? 5 Plantas Alimentícias Não Convencionais para consumir sem medo

O que são PANCs? 5 Plantas Alimentícias Não Convencionais para consumir sem medo O que são PANCs? 5 Plantas Alimentícias Não Convencionais para consumir sem medo

As plantas alimentícias não convencionais (PANCs) nada mais são que vegetais pouco consumidos pela maioria das pessoas. O que muita gente não sabe, na...

> Leia mais
Filmeterapia: conheça 5 filmes que promovem bem-estar

Filmeterapia: conheça 5 filmes que promovem bem-estar Filmeterapia: conheça 5 filmes que promovem bem-estar

Quem nunca assistiu a algum filme engraçado ou emocionante e ficou com um sorriso no rosto depois? As produções audiovisuais (filmes, séries, vídeos etc.)...

> Leia mais