Dia das Mulheres: 8 cuidados que toda mulher precisa ter com a sua saúde!

A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
Carine Rodrigues

Consultor:

Carine Rodrigues

Formada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), é pós-graduanda em Terapia Nutricional pela GANEP.

8 de março, Dia Internacional das Mulheres! A data, dedicada às lutas e conquistas femininas na sociedade, com causas que abrangem, por exemplo, igualdade de direitos, respeito e maior conscientização, também é fundamental para enfatizar e enaltecer a importância que toda mulher deve dar ao seu corpo. Seja alta ou baixa, magrinha ou mais gordinha, o importante é estar com a autoestima em alta, bem consigo mesma e, claro, mantendo a qualidade de vida sempre saudável, afinal, "sexo frágil" deveria ser um termo usado apenas para quem não está com a saúde em dia!

Marcado por chocolates, flores, poemas e muitas felicitações, o Dia Internacional das Mulheres nasceu nos Estados Unidos, em meados do século XIX (mais precisamente a partir de 1975) com o intuito de celebrar às causas feministas ao longo das décadas. Aderido pelo mundo inteiro, a data também é utilizada como forma de conscientização aos cuidados peculiares à saúde das mulheres, como períodos hormonais, autoexames e as fases pré e pós gestação. Segundo a nutricionista Carine Rodrigues o mundo feminino é rodeado de atenções especiais para promover a saúde e garantir, bem-estar e qualidade de vida:

"Hoje em dia, a mulher possui inúmeras atribuições, ela é ao mesmo tempo profissional, mãe, dona de casa, esposa, e conciliar tudo isso em 24 horas não é uma tarefa fácil. Muitas vezes pela falta de tempo, a sua saúde é deixada de lado, mas é preciso dedicar alguns minutos ou horas do dia para cuidar de si, o seu bem-estar físico e mental deve ser uma das suas prioridades. Alguns exames específicos como o Papa Nicolau e a Mamografia, devem ser realizados periodicamente, para garantir a saúde da mulher", analisa a nutricionista enumerando cuidados fundamentais para o bem-estar feminino. Confira:

8 cuidados essenciais para a saúde e o bem-estar da mulher

1 - Durma bem: Uma boa noite de sono, pode fazer muita diferença na vida da mulher que vive com os dias corridos e cheio de atividades: "A necessidade de sono varia de uma mulher para a outra, mas se você tem dificuldade para sair da cama, se cansa facilmente ou tem dificuldade de concentração, você provavelmente não está dormindo o suficiente. Recomenda-se de 6 a 8 horas de sono por dia", indica a profissional.

2 - Reduza a ingestão de sal e aumente o consumo de água: Pequenas mudanças nos seus hábitos diários podem contribuir com a sua saúde e melhorar o funcionamento do organismo: "O excesso de sal pode comprometer a saúde, além de contribuir para o inchaço de pés, pernas, barriga e outras regiões do corpo. A retenção de líquidos provocada pelo consumo excessivo de sal, sobrecarrega o coração, os rins, os vasos sanguíneos e pode levar a hipertensão. Já a ingestão contínua de água é fundamental para manter o metabolismo, as atividades celulares e funcionamento do intestino", alerta a Dra. Carine Rodrigues.

3 - Alimente-se bem: A escolha dos alimentos que vão no seu prato é um dos pontos centrais para se ter uma melhor qualidade de vida. "Dê preferência aos alimentos in natura ou minimamente processados e preparações culinárias a alimentos ultraprocessados. Ou seja, opte por água, leite e frutas no lugar de refrigerantes e bebidas lácteas. Não troque comida feita na hora (caldos, sopas, saladas, arroz e feijão, macarronada, refogados de legumes e verduras, farofas, tortas) por produtos que dispensam preparação culinária (sopas "de pacote", macarrão "instantâneo", pratos congelados, sanduíches, frios e embutidos). Fique com sobremesas caseiras, dispensando as industrializadas", ressalta a nutricionista.

4 - Mexa-se: Os exercícios físicos devem fazer parte da rotina, inclusive, daquelas que não precisam perder peso. "Abandonar o sedentarismo diminui o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, diabetes, hipertensão, obesidade, além de conferir mais disposição e energia para o dia a dia", recomenda a especialista.

5 - Controle o seu peso: Chegar ao peso ideal é o desejo de todas as mulheres, não só por questões de estética, mas principalmente por saúde: "A partir dos 40 anos, o metabolismo da mulher fica mais lento e as necessidades calóricas diminuem. Uma alimentação equilibrada e a prática de exercícios físicos regulares irão te ajudar a manter o peso adequado. O sobrepeso e a obesidade, aumentam o risco de diabetes, acidente vascular cerebral (AVC), hipertensão, apneia do sono e diversos tipos de câncer", alerta.

6 - Pare de fumar: Todos os cuidados com o nosso corpo e saúde começam com hábitos saudáveis e parar de fumar deve ser um dos primeiros passos para as mulheres que desejam melhorar a qualidade de vida: "O consumo de derivados do tabaco causa doenças principalmente as cardiovasculares (infarto, angina), o câncer e as doenças respiratórias obstrutivas crônicas (enfisema e bronquite). O hábito de fumar enfraquece o cabelo e faz secar a pele, reduz o paladar e o olfato", explica a nutricionista.

"Além do envelhecimento precoce da pele, devido à falta de oxigenação, o tabaco também inibe a produção de colágeno e elastina, que impedem a flacidez. É comum nas mulheres que fumam surgirem precocemente imensas rugas em volta dos lábios. A mulher fumante tem um risco maior de infertilidade, câncer de colo de útero, menopausa precoce (em média 2 anos antes) e dismenorreia (sangramento irregular)", completa.

7 - Faça avaliações periódicas de saúde: Ir ao médico regularmente, fazer o autoexame e procurar qualquer ajuda profissional é um ato de amor próprio, é querer o nosso próprio bem-estar e prevenir o desenvolvimento de diversas doenças: "Algumas consultas médicas devem ser feitas anualmente, como câncer de colo de útero, mamas e pele. Deixe em dia as consultas com ginecologista, dermatologista, cardiologista, oftalmologista e clínico geral", ressalta a Dra. Carine.

8 - Aprenda a gostar de você: Se olhe no espelho e se ache linda, por dentro e por fora: "Trabalhe a sua autoestima e seu autoconhecimento para viver melhor. O conceito que temos sobre nós mesmos define como nos colocamos e nos portamos na vida, define o valor que damos a nossa pessoa, ao nosso trabalho, as nossas opiniões, as nossas vontades, e aos cuidados para o nosso corpo e nossa saúde"

Gestantes: Ser mulher é ter o dom da vida!

Além de todas as atribuições naturais da mulher, gerar uma vida é mais uma dádiva feminina! Mais uma responsabilidade, um tipo diferente de amor e muitas vezes, mais um grande sonho! Por isso, as mamães, futuras mamães e gestantes também devem estar sempre atentas à sua saúde para proporcionar uma melhor qualidade de vida para seu filho. Ser mãe é um presente precioso, é ter uma outra vida no ventre e zelar por ela.

Nada de empecilhos! Criar hábitos saudáveis é extremamente necessário!

Ser mulher não é fácil, muitas obrigações e pouquíssimo tempo para executá-las, mas para que tudo saia da forma que planejamos, é necessário ter saúde e muita disposição! "É necessário criar uma rotina, reservar um horário diariamente para cuidar de si e fazer com que esse momento seja sempre prazeroso. O primeiro passo é o querer, querer mudar, se cuidar, estar disposto a adotar novos hábitos. Caso julgue necessário, deve-se procurar a ajuda de profissionais", finaliza a Dra. Carine.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Mitos e verdades sobre comida congelada: veja a opinião de uma nutricionista

Mitos e verdades sobre comida congelada: veja a opinião de uma nutricionista Mitos e verdades sobre comida congelada: veja a opinião de uma nutricionista

Comida congelada e saudável existe e pode ser muito bem aproveitada no dia-a-dia! Apesar dos mitos a respeito dos produtos conservados no freezer, é fato que...

> Leia mais
Suco de limão: os benefícios e 3 versões para fazer em casa

Suco de limão: os benefícios e 3 versões para fazer em casa Suco de limão: os benefícios e 3 versões para fazer em casa

Suco de limão é aquela opção refrescante para quem quer hidratar o corpo e garantir boas doses de energia para o organismo! No verão e em qualquer outra...

> Leia mais
Comida mediterrânea: 4 novas receitas para seu cardápio

Comida mediterrânea: 4 novas receitas para seu cardápio Comida mediterrânea: 4 novas receitas para seu cardápio

Quer dar uma diferenciada no cardápio no fim de semana? A comida mediterrânea é uma opção saudável para curtir uma noite de receitas estrangeiras com a...

> Leia mais
Benefícios do brócolis: 5 razões para comer mais esse vegetal

Benefícios do brócolis: 5 razões para comer mais esse vegetal Benefícios do brócolis: 5 razões para comer mais esse vegetal

Dentre os vegetais, a lista de benefícios do brócolis é uma das mais extensas! O legume é supernutritivo e oferece muita versatilidade para as refeições...

> Leia mais
Suco de caixinha não é tudo igual! Nutricionista ensina como escolher

Suco de caixinha não é tudo igual! Nutricionista ensina como escolher Suco de caixinha não é tudo igual! Nutricionista ensina como escolher

Você já deve ter ouvido falar que suco de caixinha faz mal, não é? Assim como diversos produtos vendidos no mercado e consumidos na rotina alimentar, existem...

> Leia mais
Lanches saudáveis: o que levar para comer na praia

Lanches saudáveis: o que levar para comer na praia Lanches saudáveis: o que levar para comer na praia

Ter lanches saudáveis na bolsa é sempre uma boa ideia para quem quer curtir um dia ensolarado com toda a família na praia. Além de ser mais econômica, essa é...

> Leia mais
Quais os benefícios da maçã e 4 motivos para comer a fruta desidratada

Quais os benefícios da maçã e 4 motivos para comer a fruta desidratada Quais os benefícios da maçã e 4 motivos para comer a fruta desidratada

Você sabe quais os benefícios da maçã? E no caso da maçã desidratada, o que você sabe sobre o alimento? A primeira coisa a se dizer é que as frutas...

> Leia mais
Óleo de coco x azeite: qual o óleo mais saudável?

Óleo de coco x azeite: qual o óleo mais saudável? Óleo de coco x azeite: qual o óleo mais saudável?

Entre óleo de coco e azeite, qual você prefere? É possível que você já tenha se perguntado qual o óleo mais saudável, pois essa questão é bem comum para quem...

> Leia mais
Cranberry: conheça os benefícios da fruta para a saúde

Cranberry: conheça os benefícios da fruta para a saúde Cranberry: conheça os benefícios da fruta para a saúde

Também chamado de oxicoco, mirtilo-vermelho ou airela, o cranberry é uma fruta vermelha, pequena e redonda, de sabor agridoce que se destaca por ter um alto...

> Leia mais
Bolinho de espinafre: aprenda a fazer esse petisco saudável

Bolinho de espinafre: aprenda a fazer esse petisco saudável Bolinho de espinafre: aprenda a fazer esse petisco saudável

Quer preparar um petisco saudável para servir em eventos ou receber os amigos em casa? O bolinho de espinafre é a receita perfeita para quem gosta de...

> Leia mais