Dia das Mulheres: 8 cuidados que toda mulher precisa ter com a sua saúde!

A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
A data, dedicada às lutas feministas por direitos iguais e a conscientização do papel das mulheres na sociedade, também deve enfatizar a atenção da mulher com a sua saúde!
Carine Rodrigues

Consultor:

Carine Rodrigues

Formada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), é pós-graduanda em Terapia Nutricional Enteral e Parenteral pela Faculdade Faveni.

8 de março, Dia Internacional das Mulheres! A data, dedicada às lutas e conquistas femininas na sociedade, com causas que abrangem, por exemplo, igualdade de direitos, respeito e maior conscientização, também é fundamental para enfatizar e enaltecer a importância que toda mulher deve dar ao seu corpo. Seja alta ou baixa, magrinha ou mais gordinha, o importante é estar com a autoestima em alta, bem consigo mesma e, claro, mantendo a qualidade de vida sempre saudável, afinal, "sexo frágil" deveria ser um termo usado apenas para quem não está com a saúde em dia!

Marcado por chocolates, flores, poemas e muitas felicitações, o Dia Internacional das Mulheres nasceu nos Estados Unidos, em meados do século XIX (mais precisamente a partir de 1975) com o intuito de celebrar às causas feministas ao longo das décadas. Aderido pelo mundo inteiro, a data também é utilizada como forma de conscientização aos cuidados peculiares à saúde das mulheres, como períodos hormonais, autoexames e as fases pré e pós gestação. Segundo a nutricionista Carine Rodrigues o mundo feminino é rodeado de atenções especiais para promover a saúde e garantir, bem-estar e qualidade de vida:

"Hoje em dia, a mulher possui inúmeras atribuições, ela é ao mesmo tempo profissional, mãe, dona de casa, esposa, e conciliar tudo isso em 24 horas não é uma tarefa fácil. Muitas vezes pela falta de tempo, a sua saúde é deixada de lado, mas é preciso dedicar alguns minutos ou horas do dia para cuidar de si, o seu bem-estar físico e mental deve ser uma das suas prioridades. Alguns exames específicos como o Papa Nicolau e a Mamografia, devem ser realizados periodicamente, para garantir a saúde da mulher", analisa a nutricionista enumerando cuidados fundamentais para o bem-estar feminino. Confira:

8 cuidados essenciais para a saúde e o bem-estar da mulher

1 - Durma bem: Uma boa noite de sono, pode fazer muita diferença na vida da mulher que vive com os dias corridos e cheio de atividades: "A necessidade de sono varia de uma mulher para a outra, mas se você tem dificuldade para sair da cama, se cansa facilmente ou tem dificuldade de concentração, você provavelmente não está dormindo o suficiente. Recomenda-se de 6 a 8 horas de sono por dia", indica a profissional.

2 - Reduza a ingestão de sal e aumente o consumo de água: Pequenas mudanças nos seus hábitos diários podem contribuir com a sua saúde e melhorar o funcionamento do organismo: "O excesso de sal pode comprometer a saúde, além de contribuir para o inchaço de pés, pernas, barriga e outras regiões do corpo. A retenção de líquidos provocada pelo consumo excessivo de sal, sobrecarrega o coração, os rins, os vasos sanguíneos e pode levar a hipertensão. Já a ingestão contínua de água é fundamental para manter o metabolismo, as atividades celulares e funcionamento do intestino", alerta a Dra. Carine Rodrigues.

3 - Alimente-se bem: A escolha dos alimentos que vão no seu prato é um dos pontos centrais para se ter uma melhor qualidade de vida. "Dê preferência aos alimentos in natura ou minimamente processados e preparações culinárias a alimentos ultraprocessados. Ou seja, opte por água, leite e frutas no lugar de refrigerantes e bebidas lácteas. Não troque comida feita na hora (caldos, sopas, saladas, arroz e feijão, macarronada, refogados de legumes e verduras, farofas, tortas) por produtos que dispensam preparação culinária (sopas "de pacote", macarrão "instantâneo", pratos congelados, sanduíches, frios e embutidos). Fique com sobremesas caseiras, dispensando as industrializadas", ressalta a nutricionista.

4 - Mexa-se: Os exercícios físicos devem fazer parte da rotina, inclusive, daquelas que não precisam perder peso. "Abandonar o sedentarismo diminui o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, diabetes, hipertensão, obesidade, além de conferir mais disposição e energia para o dia a dia", recomenda a especialista.

5 - Controle o seu peso: Chegar ao peso ideal é o desejo de todas as mulheres, não só por questões de estética, mas principalmente por saúde: "A partir dos 40 anos, o metabolismo da mulher fica mais lento e as necessidades calóricas diminuem. Uma alimentação equilibrada e a prática de exercícios físicos regulares irão te ajudar a manter o peso adequado. O sobrepeso e a obesidade, aumentam o risco de diabetes, acidente vascular cerebral (AVC), hipertensão, apneia do sono e diversos tipos de câncer", alerta.

6 - Pare de fumar: Todos os cuidados com o nosso corpo e saúde começam com hábitos saudáveis e parar de fumar deve ser um dos primeiros passos para as mulheres que desejam melhorar a qualidade de vida: "O consumo de derivados do tabaco causa doenças principalmente as cardiovasculares (infarto, angina), o câncer e as doenças respiratórias obstrutivas crônicas (enfisema e bronquite). O hábito de fumar enfraquece o cabelo e faz secar a pele, reduz o paladar e o olfato", explica a nutricionista.

"Além do envelhecimento precoce da pele, devido à falta de oxigenação, o tabaco também inibe a produção de colágeno e elastina, que impedem a flacidez. É comum nas mulheres que fumam surgirem precocemente imensas rugas em volta dos lábios. A mulher fumante tem um risco maior de infertilidade, câncer de colo de útero, menopausa precoce (em média 2 anos antes) e dismenorreia (sangramento irregular)", completa.

7 - Faça avaliações periódicas de saúde: Ir ao médico regularmente, fazer o autoexame e procurar qualquer ajuda profissional é um ato de amor próprio, é querer o nosso próprio bem-estar e prevenir o desenvolvimento de diversas doenças: "Algumas consultas médicas devem ser feitas anualmente, como câncer de colo de útero, mamas e pele. Deixe em dia as consultas com ginecologista, dermatologista, cardiologista, oftalmologista e clínico geral", ressalta a Dra. Carine.

8 - Aprenda a gostar de você: Se olhe no espelho e se ache linda, por dentro e por fora: "Trabalhe a sua autoestima e seu autoconhecimento para viver melhor. O conceito que temos sobre nós mesmos define como nos colocamos e nos portamos na vida, define o valor que damos a nossa pessoa, ao nosso trabalho, as nossas opiniões, as nossas vontades, e aos cuidados para o nosso corpo e nossa saúde"

Gestantes: Ser mulher é ter o dom da vida!

Além de todas as atribuições naturais da mulher, gerar uma vida é mais uma dádiva feminina! Mais uma responsabilidade, um tipo diferente de amor e muitas vezes, mais um grande sonho! Por isso, as mamães, futuras mamães e gestantes também devem estar sempre atentas à sua saúde para proporcionar uma melhor qualidade de vida para seu filho. Ser mãe é um presente precioso, é ter uma outra vida no ventre e zelar por ela.

Nada de empecilhos! Criar hábitos saudáveis é extremamente necessário!

Ser mulher não é fácil, muitas obrigações e pouquíssimo tempo para executá-las, mas para que tudo saia da forma que planejamos, é necessário ter saúde e muita disposição! "É necessário criar uma rotina, reservar um horário diariamente para cuidar de si e fazer com que esse momento seja sempre prazeroso. O primeiro passo é o querer, querer mudar, se cuidar, estar disposto a adotar novos hábitos. Caso julgue necessário, deve-se procurar a ajuda de profissionais", finaliza a Dra. Carine.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais
Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da...

> Leia mais
Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Você também gosta de experimentar comidas de culinárias diferentes? A gastronomia japonesa, para quem não conhece, costuma usar muitos legumes, vegetais,...

> Leia mais