Descubra que alimentos devem ficar fora da geladeira

Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!
Nem todos os alimentos precisam ir para a geladeira: Descubra quais são eles!

Produto recomendado

Tomate italiano orgânico Taeq 500g

Tomate italiano orgânico Taeq 500g

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Durante um longo período na história, a necessidade dos homens de conservar alimentos era quase inexistente. Enquanto nômades, só consumiamos alimentos frescos proveniente de caças e coletas, a ideia era satisfazer a fome imediatamente. A partir do momento que começamos a se fixar em um só local, plantando e a criando animais, o homem inicia uma busca intensa por formas de manusear melhor os alimentos.

Mas é apenas no século XIX, com o progresso científico, que a geladeira é inventada, e ela chega com função de armazenar os alimentos, fazendo com que eles tenham uma duração longa, possibilitando um planejamento mais completo para o cardápio diário. Mas nem tudo é para ser armazenado à frio, alguns alimentos simplesmente não podem e não devem ser simplesmente acondicionados em refrigeração.

Segundo a nutricionista Denise Cussioli temperaturas baixas dificultam tanto a reprodução e a ação dos microorganismos, quanto a das enzimas próprias dos produtos naturais. É por isso que a geladeira conserva os alimentos, evitando a deterioração dos alimentos durante períodos curtos ou longos - também conhecido como "tempo de prateleira". Para a nutricionista, cada alimento tem uma necessidade de conservação , pois há diversas composições de nutrientes, com características únicas:

"Nem todos os alimentos são devem ser conservados na geladeira. Alguns tipos de frutas e verduras, são melhores conservados em temperatura ambiente, outros alimentos, no entanto, devem ser mantidos sob-refrigeração. Isso garante a segurança alimentar, ajudando para que eles não se estraguem em um curto espaço de tempo", garante a nutricionista.

Enquando alguns produtos precisam de refrigeração para aumentar o tempo de vida útil, o armazenamento de outros na geladeira pode ter o efeito contrário, acelerando a decomposição e mudando a aparência, a cor, o sabor e o conteúdo nutricional. Por isso, trouxemos uma lista de alimentos que devem e que não devem ser mantidos na geladeira.

O que devo guardar na geladeira?

Alimentos perecíveis: carnes, frango, peixes, são alimentos de alta perecibilidade, que se deterioram com facilidade, deve-se seguir a recomendação da embalagem do produto e fabricante quanto ao processo de armazenamento.


Ovos: o armazenamento na geladeira é recomendado, permitindo manter a gema intacta por mais tempo, o importante é sempre verificar a data de validade do produto e a recomendação do fabricante quanto ao armazenamento.


Latícinios: leite, queijos e iogurte devem sempre conservados na geladeira para evitar a deterioração, seguir as recomendações do fabricante após o produto aberto quanto ao período de consumo.

Veja na galeria que alimentos que devem ficar do lado de fora!

Cebola: necessitam de ventilação, são vitimas de umidade e tendem a amolecer quando armazenadas sob-refrigeração, o ideal é mantê-las em saco de papel aberto e em local arejado ou penduradas. "Caso haja necessidade de guardar uma cebola cortada sob-refrigeração por um curto período de tempo, armazene-a em um recipiente bem fechado", aconselha Denise.

Tubérculos feculentos: batata, batata doce, cará, inhame são outros alimentos que devem evitar a geladeira. O amido presente se transforma em açúcar e muda não só o sabor, como a cor e a textura, o ideal é armazenar em local fresco e seco, em sacos de papel aberto, pois evita que criem brotos. "O abrigo da luz é importante no caso das batatas para evitar seu esverdeamento, pois este indica a formação de solamina uma substância tóxica."

Alho: quando conservados dentro da geladeira perdem o sabor tão característico e a sua textura acaba ficando macia e elástica. Isso ocorre devido à umidade. O certo, na verdade, é armazenar em local seco e fresco, preferencialmente também em sacos de papel para que não criem brotos muito rapidamente. O processamento deste produto deve ser realizado sempre próximo ao preparo do prato.

Tomate: esse fruto tem rápido deterioramento quando acondicionado na geladeira por causa da umidade - o que faz com que ele perca o sabor natural e fique farinhoso. "Tomates pintados podem permanecer fora da geladeira até que passem por uma coloração mais vermelha, compre somente a quantidade necessária para consumo", ressalta.

Pão francês: guardar o pão francês vai, de fato, fazer ele durar mais. Porém isso acelera o processo de degradação, modificando a textura, deixando-o ressecado. O ideal é consumir em um dia, assim ele não perde crocância, sabor e aroma.

Frutas como banana, kiwi, pêssegos, ameixas e damascos: para as frutas amadurecerem rapidamente, conserve-as em temperatura ambiente, compre a quantidade ideal para consumo, quando forem compradas muito maduras armazene sob-refrigeração, mas não por um tempo muito prolongado.

Melancia e Melão: frutas são ricas em substâncias antioxidantes - que contribuem com uma ação protetora contra o desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis -, como o betacaroteno, o licopeno, os carotenoides. Mantendo fora de refrigeração estas substâncias permanecem intactas. A melancia quando colhida no ponto certo de maturação pode ser guardada por duas semanas em local fresco e ventilado. Apenas quando cortadas que elas devem ir para a refrigeração, cobrindo sempre a superfície da polpa com plástico transparente para não ressecar. É importante ressaltar que esse processo costuma durar por, no máximo, três dias.

Mel: por ser um alimento totalmente natural, não estragará fora de refrigeração. Na verdade, colocar na geladeira vai engrossar e cristalizar alterando sua consistência. Ao contrário das geleias, que devem ser armazenadas na geladeira depois de abertas, por causa dos conservantes adicionados no processo de industrialização do produto.

Óleo e Azeites: esses dois produtos, quando armazenados sob-refrigeração, ficam turvos e espessos com aspecto amanteigado o ideal é conserva-los em ambiente seco e arejado.

Ervas Frescas: estas tendem a se deteriorar em curto espaço de tempo tanto na geladeira como em temperatura ambiente, por exemplo, o manjericão que murcha muito rápido quando armazenado na geladeira, o ideal e usar o mais próximo possível da preparação e consumo.

Receitas:
Batata
Ver Mais

Últimas Matérias

5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

5 frutas com caroço que você pode comer integralmente 5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

Na maioria das vezes, as pessoas têm o hábito de descartar os caroços (também chamados de sementes) das frutas, consumindo apenas a polpa. Mas você sabia que...

> Leia mais
Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Também conhecido como "erva de bruxa", o guaco é uma planta medicinal originária da América do Sul que se destaca, principalmente, por auxiliar no tratamento...

> Leia mais
Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Você sabia que é possível diminuir a acidez do organismo através da alimentação? A dieta alcalina, para quem não conhece, propõe uma alimentação mais natural...

> Leia mais
Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Extraído a partir da árvore copaíba (ou pau-de-óleo), que é nativa da floresta Amazônica, o óleo de copaíba é conhecido por ter várias substâncias...

> Leia mais
Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Buscar ingredientes alternativos para dietas celíacas não é tão difícil quanto parece, sabia? A farinha de grão-de-bico, por exemplo, é uma opção livre de...

> Leia mais
Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Muito consumida no estado de Minas Gerais, a marmelada é um doce de origem portuguesa que, além de saboroso, se destacar por ser rico em fibras, vitaminas A,...

> Leia mais
Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Você sabia que, quando consumido em excesso, o potássio pode ser muito prejudicial à saúde? A hipercaliemia (ou hiperpotassemia), para quem não conhece,...

> Leia mais
Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Preparar sobremesas saudáveis e ao mesmo tempo saborosas não precisa ser algo difícil, sabia? Usando ingredientes mais naturais - como frutas, açúcar de coco...

> Leia mais
Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios

Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios

Originário do sudeste asiático, o mangostão (ou mangostin) é uma fruta exótica bem suculenta, de sabor suave e altamente benéfica para a saúde. Além de ser...

> Leia mais
Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo

Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo

Fonte de propriedades nutritivas e calmantes, o chá de erva-doce é uma bebida cheia de benefícios para a saúde! Assim como os de camomila e alfazema, ele é...

> Leia mais