Dança Materna: Projeto propõe relaxamento e bem estar para mãe e bebês

O projeto
O projeto
O projeto
O projeto
O projeto
O projeto "Dança Materna" possibilita que mãe e bebê, através da dança, estabeleçam uma experiência diferente
O projeto
O projeto
O projeto
O projeto
O projeto

Como se dedicar a uma nova vida sem, por isso, ter de abdicar da sua própria? Esse é o grande dilema em que a maioria das mães, ou futuras mães, vivem quando o assunto é o próprio bem-estar. De fato, da gestação até os primeiros anos da criança, as atenções dos pais são voltadas quase que exclusivamente aos cuidados de seus filhos. Por conta disso, a professora de dança, Tatiana Tardioli, criou, há seis anos, em São Paulo, o "Dança Materna", projeto de auxílio integral às mães e bebês, desde a gestação até os três anos de vida.

A proposta da ação consiste em três tipos de aulas diferentes: Dança Materna para Gestantes; Dança Materna para Mães e Bebês de Colo e Engatinhantes, além da Dança Materna para Mães e Bebês Andantes. "As gestantes, muitas vezes, têm na aula um refúgio para se conectarem à gravidez em si e ao bebê mais atentamente. Com os bebês já nascidos, as mães procuram um tempo para curti-los, se cuidarem e interagir com outras mães. Geralmente são mães que já gostam de dançar e sentem a necessidade de um momento prazeroso e de autocuidado", destacou a professora.

Segundo Tatiana, as aulas favorecem o desenvolvimento da propriocepção e dos demais sentidos, dando ao bebê um primeiro contato com a arte e a vivência de momentos de amor e proximidade com sua mãe. A regularidade nas aulas possibilita acompanhar o crescimento dos bebês e a transformação suave e poderosa de mulheres em mães, que se encontram e desabrocham pela dança e pela rede de apoio que se estabelece a partir dos encontros.

"Quando dançam juntos, mãe e bebê têm uma experiência diferente da maioria dos momentos de sua vida. A adequação dos movimentos que o método propõe garante a segurança e o conforto de ambos e o repertório oferece uma experiência estética/sensorial rica e delicada", enfatizou a professora, salientando a boa aceitação das famílias que participam das aulas

"As reações são variadas, elas saem felizes, emocionadas, muitas comentam que a dança é o melhor momento da semana! Saem se sentindo melhor física e emocionalmente e os bebês, não por acaso, ficam bem relaxados", finalizou.

Veja a tônica para cada tipo de aula oferecida:

Gestantes - Para as gestantes a condução da aula busca potencializar um contato profundo da mulher consigo mesma, a partir da exploração e desenvolvimento de um repertório corporal próprio e do aprofundamento do vínculo com o bebê, lidando com a carga simbólica da gestação e do parto como rito de passagem para tornar-se mãe.

Mães com filhos de colo - Já para as mães são destinados um trabalho corporal, que também passa por massagem, alongamento e espaço de diálogo e informação de qualidade baseada em bons autores e evidências científicas sobre maternidade, amamentação, alimentação salgada dos bebês e outros assuntos afins.

Mães com filhos andantes - Para as mães e bebês andantes, a tônica é dar suporte e acompanhar o bebê nas suas novas conquistas de movimento. Nessa aula as mães vão para o chão, acompanhando o interesse do bebê pelos materiais oferecidos que vão se transformando em dança entre as duplas e com as outras mães e bebês do grupo.

Hoje o projeto "Dança Materna" atende diversas cidades do Brasil. Além de São Paulo, capital, há aulas em Manaus, Campo Grande, Natal, João Pessoa, Catalão (GO), Rio de Janeiro, Resende(RJ), Niterói(RJ), São José do Rio Pardo (SP), Toledo (PR) e Assis Chateaubriand (PR). Em breve estrearemos em Florianópolis, Ilhabela (SP), Ribeirão Preto(SP), Belo Horizonte, Salvador, Aracaju e Belém. Mais informações e detalhes no blog do projeto: http://www.dancamaterna.blogspot.com.br/

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral

Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral

Você com certeza já ouviu falar do flúor na hora de ir ao dentista, ou nas indicações para comprar algum creme ou enxaguante bucal. Porém, apesar de não...

> Leia mais
Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora

Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora

A gente sabe que ser saudável não é uma tarefa fácil em um primeiro momento. Afinal, para que ter trabalho levando comida de casa para o trabalho ou...

> Leia mais
Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos

Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos

Quando você chega do mercado o que faz com as compras? Provavelmente guarda cada alimento no seu respectivo destino, certo? O problema é que às vezes surge...

> Leia mais
Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la

Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la

A cada quatro mães de recém-nascidos brasileiras, uma sofre de depressão pós-parto. Com os hormônios ainda em reajuste, a mulher pode experimentar um período...

> Leia mais
5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado

5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado 5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado

A água representa 70% do nosso organismo e é essencial para o nosso corpo. Inclusive, beber água é, muitas vezes, receituário médico em diversas situações....

> Leia mais
10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer

10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer 10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer

Se tem uma coisa que não pode faltar na casa do brasileiro, decididamente, é o feijão. E por aqui a gente tem vários tipos: feijão preto, branco, manteiga,...

> Leia mais
Mais saudáveis e felizes! Ex-anoréxicas contam como venceram o distúrbio

Mais saudáveis e felizes! Ex-anoréxicas contam como venceram o distúrbio Mais saudáveis e felizes! Ex-anoréxicas contam como venceram o distúrbio

A anorexia é um distúrbio de imagem que faz com que a pessoa se enxergue de maneira muito distorcida da qual ela é de fato (geralmente, com maior peso e...

> Leia mais
O que comer antes de correr? Descubra como ter mais energia e não passar mal

O que comer antes de correr? Descubra como ter mais energia e não passar mal O que comer antes de correr? Descubra como ter mais energia e não passar mal

Verdade seja dita, a corrida é um dos exercícios mais democráticos que tem. Afinal, não é preciso pagar uma academia para começar a treinar, apenas encontrar...

> Leia mais
6 dicas de alimentação saudável para quem tem epilepsia

6 dicas de alimentação saudável para quem tem epilepsia 6 dicas de alimentação saudável para quem tem epilepsia

A epilepsia é uma doença do sistema nervoso que se caracteriza pela perda de consciência momentânea, a partir de crises convulsivas, que acontecem de tempos...

> Leia mais
Triglicerídeos alto: o que comer para regular as taxas dessa gordura no sangue

Triglicerídeos alto: o que comer para regular as taxas dessa gordura no sangue Triglicerídeos alto: o que comer para regular as taxas dessa gordura no sangue

Os triglicerídeos (ou triglicérides) são gorduras muito importantes para o nosso corpo. Elas são as calorias ingeridas que o próprio organismo reserva para...

> Leia mais