Alimentos vivos: Conheça uma dieta a base de comida não cozida

Os alimentos crus são ricos em enzimas, que levam os nutrientes às células do organismo
Os alimentos crus são ricos em enzimas, que levam os nutrientes às células do organismo

Produto recomendado

Rúcula orgânica higienizada Taeq 150g

Rúcula orgânica higienizada Taeq 150g

Botão do Pão de Açúcar Delivery

A célebre frase que tantas vezes ouvimos na vida – principalmente de nossas mães – de que "apressado como cru", pode, enfim, ganhar uma conotação positiva, através de nossa incessante busca por uma alimentação saudável. A "dieta viva", denominada oficialmente "crudivorismo", entrou em pauta no cardápio de regime de diversas pessoas que desejam incrementar sabores e benefícios gastronômicos além dos fornos e fogões.

Criado nos EUA na década de 80, o crudivorismo passou por fases de desconfiança até entrar de vez em dietas nutricionais pelo mundo. Com a premissa de consumo dos alimentos na fonte, em sua forma genuína, a alimentação é baseada em alimentos crus, frutas frescas ou desidratadas, vegetais, sementes, grãos germinados ou brotos como trigo, arroz, cevada, centeio, aveia, lentilha, grão-de-bico, ervilha, alfafa e algas, apesar de tolerar iguarias de origem animal, como mel, lacticínios e até peixes, desde que não sejam preparados ao fogo, pois, a partir de 40º C, as comidas perdem grande quantidades de seus nutrientes.

Pela visão científica, a dieta crudivorista é benéfica, pois trata de uma "alimentação enzimática". Os alimentos crus são ricos em enzimas, que levam os nutrientes às células do organismo. Segundo a teoria crudívora, ao cozermos os alimentos, essas enzimas são destruídas, enquanto, se os comermos crus, haverá uma melhor digestão, não sobrecarregando as reservas do corpo. Primeiro pesquisador a estudar a importância das enzimas na alimentação, Dr. Edward Howell, já destacava o crudivorismo. "A falta de enzimas na comida cozida é ainda uma das maiores razões do envelhecimento e morte precoce. É ainda a causa subjacente da maior parte das doenças".

Emagrecer saudável e com prazer!

Optar por essa dieta, explica a nutricionista Juliana Rocha, não significa abdicar do prazer de comer. Mesmo que a pessoa coma bastante, inclusive alimentos calóricos como oleaginosas, azeites e óleos essenciais, o emagrecimento ocorre. "Primeiro por desintoxicar o corpo e, depois, por ocorrer uma restrição calórica natural. É uma alimentação tão rica em nutrientes, que o corpo passa a se regular de forma única e acabamos comendo menos. Ficamos satisfeitos de uma forma realmente intrigante", destacou a nutricionista, apresentando alguns alimentos e equipamentos indispensáveis para o crudivorismo.

"Alimentos orgânicos, superalimentos como maçã andina, spirulina havaiana, chlorella, pólen, óleo de coco, goji berries, cacau orgânico, entre outros. Mas, o principal mesmo, são os itens de cozinha: liquidificador de alta potência, processador, coadores de tecido, faca de chef, desidratador", disse a nutricionista.

Veja um cardápio crudivorista:

Principais frutas – Limão, maçãs, laranjas, abacates, bananas e coco verde.

Vegetais – Couve, espinafre, alface, pepinos, salsão, salsa, abobrinha, cebola, tomate e pimentões.

Ervas – Menta, manjericão, alecrim, orégano.

Oleaginosas – Nozes, castanha do pará, amêndoa, macadâmia, semente de abóbora, girassol, linhaça e chia. (Recomenda-se deixar todas de molho por 4 horas e depois desidratar por mais 8 horas para eliminar fungos e fatores antinutricionais).

Grãos – Sarraceno, trigo comum, lentilha, grão-de-bico.

Manteigas vegetais – Manteigas de gergelim, amêndoa, e castanhas.

Óleos – Azeite de oliva, óleo de linhaça, óleo de coco extravirgem, óleo de gergelim não torrado

Sais – Sal rosa do Himalaia e sal celta.

Condimentos – Vinagre balsâmico, vinagre de maçã, shoyo, misso.

Temperos – Curry, cúrcuma, açafrão, gengibre, pimenta, alho em pó, noz-moscada, gengibre seco

Frutas secas – Ameixas, damascos e tâmaras

Adoçantes naturais – Agave, stevia

Mais noticias com...
Receitas:
Couve
Ver Mais

Últimas Matérias

Chá de cebola: para que serve e como preparar

Chá de cebola: para que serve e como preparar Chá de cebola: para que serve e como preparar

Que tal aproveitar cascas, talos, sementes e caules de vegetais para fazer diferentes receitas na cozinha? O chá de cebola, em especial, é uma bebida...

> Leia mais
Mozzarella de búfala: conheça os benefícios desse tipo de queijo

Mozzarella de búfala: conheça os benefícios desse tipo de queijo Mozzarella de búfala: conheça os benefícios desse tipo de queijo

Escolher tipos de queijo mais saudáveis para comer no dia a dia é importante para reduzir o consumo de sódio e gorduras. A mozzarella de búfala, em especial,...

> Leia mais
Macarrão de abobrinha é saudável e não tem glúten! Aprenda a preparar

Macarrão de abobrinha é saudável e não tem glúten! Aprenda a preparar Macarrão de abobrinha é saudável e não tem glúten! Aprenda a preparar

Considerado um prato vegano bem leve e nutritivo, o macarrão de abobrinha é fácil de preparar e fica delicioso! Aqui, em vez de usar o espaguete comum, a...

> Leia mais
Oat bran: saiba tudo sobre esse tipo de aveia

Oat bran: saiba tudo sobre esse tipo de aveia Oat bran: saiba tudo sobre esse tipo de aveia

Oat bran é sinônimo de saúde e você precisa experimentar! Este é um dos tipos de aveia e faz parte de receitas culinárias mais saudáveis, como o preparo de...

> Leia mais
Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta

Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta

Quem não gosta de uma sobremesa de morango logo depois de um almoço de domingo, né? Os preparos com a fruta vermelha são supernutritivos e garantem um sabor...

> Leia mais
Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios

Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios

O queijo cottage é uma opção simples e saudável para adicionar mais proteína às refeições! É possível encontrar diferentes tipos de queijo no mercado, mas...

> Leia mais
Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos

Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos

É sempre bom conhecer a origem dos alimentos que consumimos, não é mesmo? Melhor ainda é ter a certeza de que a comida que colocamos no prato passou por...

> Leia mais
Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia

Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia

O ovo cozido está presente na rotina alimentar dos brasileiros, principalmente daqueles que treinam regularmente e estão em busca de massa muscular magra!...

> Leia mais
Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente

Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente

Praticar exercícios de mindfulness (atenção plena) ajuda a melhorar o foco, a memória, a concentração e ainda reduz o estresse e a ansiedade. A melhor parte...

> Leia mais
Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante

Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante

Adicionar alimentos light à rotina alimentar pode ser uma ideia muito saudável e o Suco de Uva Branco Integral Taeq é o exemplo perfeito disso! A bebida...

> Leia mais