Cromoterapia: conheça o tratamento que usa cores para equilibrar corpo e mente

Cromoterapia é uma técnica reconhecida pela OMS que usa as sete cores do arco-íris para tratar problemas tanto do corpo quanto da mente
Cromoterapia é uma técnica reconhecida pela OMS que usa as sete cores do arco-íris para tratar problemas tanto do corpo quanto da mente

Usando as sete cores do arco-íris como aliadas, a cromoterapia é um tratamento que visa o equilíbrio entre o corpo e a mente. Nela, cada tom é responsável por atuar em um chakra e em um determinado órgão para impedir o aparecimento de problemas emocionais e até mesmo de doenças mais sérias - já que, com essa técnica, acredita-se que todo o organismo consegue ser afetado pela energia e o poder curativo das cores. Ficou curioso? Confira a matéria para saber mais detalhes sobre o assunto!

Cromoterapia, tratamento com as setes cores do arco-íris, pode ter surgido na Antiguidade

A cromoterapia é reconhecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) desde 1976, mas, segundo alguns historiadores, ela surgiu na Antiguidade - com gregos, egípcios, indianos e chineses - como a primeira forma de terapia. Especulações à parte sobre sua origem, o que se sabe é que a técnica tem sido muito popularizada hoje em dia como um método eficaz para equilibrar as emoções e atuar em determinadas áreas do corpo para evitar problemas físicos e mentais.

O tratamento é feito aplicando uma das sete cores do arco-íris - vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, índigo e violeta - em áreas específicas do corpo para tratar os pontos de energia que recebem o nome de chakra. Assim, com cada tom responsável por uma determinada função, tanto a mente quanto o organismo voltam ao equilíbrio para que fiquem livres de problemas emocionais e até físicos. No entanto, vale lembrar que a cromoterapia não substitui os métodos convencionais - apenas funciona como um complemento para que os resultados positivos cheguem de forma mais rápida.

A função das cores

As sessões de cromoterapia são feitas com um bastão com uma lâmpada de 25 watts, que reflete a cor ideal - a 5cm da pele por, aproximadamente, três minutos - nos pontos do corpo que precisam ser tratados. Como já falado, o tom que será usado em cada chakra é escolhido levando em consideração as características específicas de cada um. Conheça os significados:

Azul combate o estresse

Por ser uma cor que transmite paz e tranquilidade, o azul é usado para tratar problemas relacionados ao sistema nervoso e muscular. Além disso, também é um aliado para combater o estresse e a insônia.

Amarelo estimula o intelecto

Assim como o azul, o amarelo também atua no sistema nervoso - mas sua função específica é a de ajudar a estimular o intelecto e a criatividade. Na parte física, a cor ajuda a aliviar males relacionados aos ossos.

Vermelho atua no sistema cardiovascular

Vibrante e cheio de energia, o vermelho é usado na cromoterapia para tratar problemas ligados ao sistema cardiovascular e à circulação sanguínea. Na parte emocional, ele traz melhora para depressão por ajudar a ativar o sistema nervoso. No entanto, deve ser utilizado com cautela durante as sessões por causar irritabilidade quando aparece em excesso.

Laranja alivia sintomas de doenças respiratórias

Alegre, a cor laranja é aliada da cromoterapia para tratar a depressão e o desânimo, dando mais disposição e bom humor. Além disso, ela ainda ajuda a fortalecer o sistema nervoso e a aliviar os sintomas de doenças respiratórias.

Verde transmite tranquilidade

A cor é usada para tratar problemas relacionados ao coração e ao sistema circulatório. Mas não para por aí: por transmitir uma sensação de tranquilidade e segurança, também ajuda a diminuir as chances de insônia.

Índigo ameniza sintomas da ansiedade

Também chamado de azul anil, o índigo se destaca na cromoterapia por suas propriedades analgésicas, por ajudar a purificar o sangue e tratar o pulmão. Durante a sessão, ele também tem a função de amenizar os sintomas da ansiedade.

Violeta ajuda a evitar neuroses

Essa cor age diretamente nos nervos, dando uma maior estabilidade emocional e ajudando a evitar neuroses. Além disso, também é muito utilizada na cromoterapia para eliminar as impurezas que causam complicações no organismo.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas

Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas

Ter uma alimentação rica em vitaminas é fundamental para fortalecer a imunidade e garantir o bom funcionamento do organismo como um todo. O complexo K, em...

> Leia mais
Suco de graviola: 6 receitas refrescantes e nutritivas com a fruta

Suco de graviola: 6 receitas refrescantes e nutritivas com a fruta Suco de graviola: 6 receitas refrescantes e nutritivas com a fruta

Preparar sucos naturais é uma ótima alternativa para refrescar nos dias mais quentes e manter o corpo hidratado. E, para variar no cardápio de bebidas, que...

> Leia mais
Como comemorar o Dia dos Pais de forma criativa sem sair de casa

Como comemorar o Dia dos Pais de forma criativa sem sair de casa Como comemorar o Dia dos Pais de forma criativa sem sair de casa

Tem coisa melhor que passar o Dia dos Pais junto com a família contando histórias, comendo, fazendo jogos e brincadeiras? A melhor parte é que nem é preciso...

> Leia mais
Os nutrientes do eryngui e como preparar esse cogumelo

Os nutrientes do eryngui e como preparar esse cogumelo Os nutrientes do eryngui e como preparar esse cogumelo

Usar cogumelos para incrementar receitas veganas ou vegetarianas é sempre uma boa opção. Afinal, eles acrescentam muito em termos nutricionais e agregam mais...

> Leia mais
Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo

Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo

Você sabia que a mozarela de búfala é um dos tipos de queijos brancos mais consumidos do mundo? Conhecida pela sua textura cremosa e suculenta, ela tem como...

> Leia mais
Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos

Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos

Você sabia que é possível preparar receitas de macarrão sem necessariamente usar farinha de trigo? Quem é celíaco, por exemplo, deve passar longe de pratos...

> Leia mais
6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora

6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora 6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora

Às vezes pode parecer difícil seguir uma dieta vegana e ter tempo para preparar lanches sem ingredientes de origem animal durante a correria do dia a dia....

> Leia mais
O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas

O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas

Se você gosta de experimentar comidas típicas de diferentes regiões do Brasil, é bem provável que já conheça o sagu - uma sobremesa feita com vinho tinto...

> Leia mais
Pimenta-rosa: 5 benefícios dessa planta brasileira na sua alimentação

Pimenta-rosa: 5 benefícios dessa planta brasileira na sua alimentação Pimenta-rosa: 5 benefícios dessa planta brasileira na sua alimentação

Fruto da aroeira-vermelha, a pimenta-rosa é uma planta brasileira de ardência leve, sabor adocicado e aparência delicada. Mas além de características e...

> Leia mais
4 receitas com coco ralado fresco que são supernutritivas

4 receitas com coco ralado fresco que são supernutritivas 4 receitas com coco ralado fresco que são supernutritivas

Considerado um superalimento, o coco é uma fruta das frutas mais nutritivas que existe. Ele é rico em minerais importantes como cálcio, magnésio, cobre,...

> Leia mais