Conheça os tipos de milho mais comuns e as melhores formas de consumi-los

Milho verde e milho de pipoca são diferentes, mas possuem valor nutricional parecido
Milho verde e milho de pipoca são diferentes, mas possuem valor nutricional parecido

Produto recomendado

Milho orgânico Taeq 500g

Milho orgânico Taeq 500g

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Parando rapidamente para pensar em pratos típicos do nosso país é fácil perceber a constante presença do milho. Afinal, ele é o principal ingrediente de diversos doces e salgados, como a pamonha, a canjica e a pipoca. Mas você já percebeu que essas receitas utilizam diferentes espécies do cereal? Pois é, e além de cada uma ser usada em um tipo de prato os valores nutricionais também se diferenciam um pouco. Quer entender melhor as vantagens de cada milho e onde usá-los? Então confira!

Milho verde pode ser subdividido entre milho doce e milho amarelo

O milho verde nada mais é do que o que você come na rua ou prepara em casa. A grande questão é que ele pode ser subdividido em duas categorias diferentes: o milho doce e o amarelo. O primeiro, como o próprio nome indica, tem um sabor mais adocicado, e por isso é fácil encontrar quem aprecie o seu consumo. Ao mesmo tempo, isso apenas mostra que ele possui mais açúcar que os demais - algo que ocorre porque o milho é colhido antes que seus grãos endureçam e esse açúcar vire amido. Lembrando apenas que esse é um açúcar natural do cereal, e por isso pode sim ser consumido por diabéticos.

O milho doce é, inclusive, o comprado enlatado no mercado, usado muitas vezes com a ervilha no preparo das mais diferentes receitas. Também aparece como acompanhamento em diferentes pratos, como cachorro-quente, e pode ser usado para preparar outros ingredientes, como pastas e patês.

Tudo bem, mas e o milho amarelo? Bem, esse é a espiga que você compra no mercado e muitas vezes cozinha para comer com sal e manteiga. Seus benefícios acabam sendo um pouco melhores que o milho doce por ser mais facilmente encontrado em sua forma natural, e não apenas industrializada. Inclusive, se o milho for orgânico melhor ainda, porque isso significa que ele não possui agrotóxicos.

De uma forma geral o milho é rico em fibras, o que significa que ajuda o sistema digestório a funcionar melhor e evita problema como a constipação, além de dar a sensação de saciedade, impedindo a compulsão alimentar. O cereal também é fonte de carboidrato, o que significa que dá mais energia para o corpo. Além disso, possui antioxidantes, que fortalecem o sistema imunológico e ainda evitam o envelhecimento precoce.

Milho branco é usado para fazer canjica

Talvez você nunca tenha visto uma espiga de milho branco, mas provavelmente já consumiu os seus grãos. Isso porque é a partir dessa espécie que é preparado um dos pratos mais típicos do Brasil: a canjica (também chamada de mungunzá em algumas regiões). Embora se trate de um cereal, assim como os outros tipos de milho ele não possui glúten, e por isso a receita característica de festas juninas pode ser consumida por celíacos.

Outros benefícios que merecem destaque desse alimento são a forte presença de proteínas e de vitaminas do complexo B, que por sua vez dão mais energia para o corpo e colaboram para o bom funcionamento do sistema nervoso. Também aumenta os níveis colesterol bom (HDL) enquanto baixa os do ruim (LDL).

Milho de pipoca é rico em fibras

Por fim temos o milho de pipoca, que como o próprio nome indica é usado para fazer esse delicioso snack. O ideal é prepará-lo no micro-ondas, pois assim não é necessário usar óleo, tornando o alimento mais saudável. Ah, e pipocas doces também podem ser saudáveis, viu? Para isso a dica é usar açúcar demerara ou de coco no seu preparo.

Embora seus benefícios não sejam muito diferentes dos do milho verde, é importante frisar que a casquinha da pipoca é riquíssima em fibras, por isso evite retirá-la. Além disso, as fibras também ajudam a controlar a diabetes por ajudar a regular os níveis de açúcar no sangue. Ao mesmo tempo, é bom não exagerar, porque embora embora seu índice glicêmico seja baixo não se pode dizer o mesmo de sua carga glicêmica.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Da branca à vermelha: os tipos de pimenta-do-reino e como usá-los na cozinha

Da branca à vermelha: os tipos de pimenta-do-reino e como usá-los na cozinha Da branca à vermelha: os tipos de pimenta-do-reino e como usá-los na cozinha

Se a gente te disser que a famosa pimenta-do-reino preta também possui outras três cores diferentes? É real! A deliciosa especiaria proveniente da planta...

> Leia mais
Fibras e diabetes: entenda como o nutriente é essencial para quem tem a doença

Fibras e diabetes: entenda como o nutriente é essencial para quem tem a doença Fibras e diabetes: entenda como o nutriente é essencial para quem tem a doença

Você sabia que dietas ricas em fibras (com grãos, sementes, cereais e alimentos integrais) ajudam a controlar a diabetes? Elas mantêm o colesterol...

> Leia mais
Os alimentos brancos para evitar sempre que possível

Os alimentos brancos para evitar sempre que possível Os alimentos brancos para evitar sempre que possível

São muitos os alimentos brancos que costumam fazer parte da nossa dieta (como arroz e farinha de trigo). Mas você sabia que muitos deles, na verdade, não são...

> Leia mais
Pasta de amendoim tem benefícios de sobra! Conheça suas principais vantagens

Pasta de amendoim tem benefícios de sobra! Conheça suas principais vantagens Pasta de amendoim tem benefícios de sobra! Conheça suas principais vantagens

Verdade seja dita, a pasta de amendoim possui sabor e cremosidade únicos. De uma forma geral ela é produzida a partir de amendoim torrado e moído e mais...

> Leia mais
Espinafre refogado, cru e a vapor: como preparar o vegetal de diferentes formas

Espinafre refogado, cru e a vapor: como preparar o vegetal de diferentes formas Espinafre refogado, cru e a vapor: como preparar o vegetal de diferentes formas

Incrementar o seu cardápio diário com espinafre, é investir em superalimento cheio de vitaminas, fibras e muito, muito ferro! Se você ainda tinha alguma...

> Leia mais
Dia Internacional do Riso: 6 motivos para sorrir todos os dias

Dia Internacional do Riso: 6 motivos para sorrir todos os dias Dia Internacional do Riso: 6 motivos para sorrir todos os dias

Uma coisa é certa: por trás de um sorriso tem sempre um motivo. Pode ser algo engraçado, bonito, emocionante ou divertido que serve de gatilho para uma boa...

> Leia mais
Como ser saudável gastando pouco? As dicas para aliar saúde e economia

Como ser saudável gastando pouco? As dicas para aliar saúde e economia Como ser saudável gastando pouco? As dicas para aliar saúde e economia

Seguir uma dieta saudável (com alimentos naturais) não significa necessariamente gastar muito, sabia? Muitas pessoas acreditam que comida saudável é mais...

> Leia mais
Água de coco faz mal para diabéticos? É low carb? Os mitos e verdades da bebida

Água de coco faz mal para diabéticos? É low carb? Os mitos e verdades da bebida Água de coco faz mal para diabéticos? É low carb? Os mitos e verdades da bebida

Água de coco: uma bebida altamente nutritiva, saborosa, refrescante e definitivamente compatível com o verão! Mas como todo bom alimento saudável, há certos...

> Leia mais
Alimentos energéticos, construtores e reguladores: entenda cada um desses grupos

Alimentos energéticos, construtores e reguladores: entenda cada um desses grupos Alimentos energéticos, construtores e reguladores: entenda cada um desses grupos

Você já ouviu falar nos alimentos energéticos, construtores e reguladores? O nome pode até não ser usual, mas esses três grupos alimentares com certeza fazem...

> Leia mais
5 frutas para o pré-treino perfeitas para quem se exercita com frequência

5 frutas para o pré-treino perfeitas para quem se exercita com frequência 5 frutas para o pré-treino perfeitas para quem se exercita com frequência

Manter uma rotina de exercício físico é fundamental para o seu bem-estar. Mas, para fazer isso de forma saudável, você deve montar uma dieta equilibrada, com...

> Leia mais