Conheça o poke, prato havaiano feito com peixe cru que é fácil de preparar

O poke, de uma forma geral, é preparado com atum, arroz e algas
O poke, de uma forma geral, é preparado com atum, arroz e algas

Produto recomendado

Limão Tahiti orgânico Taeq 500g

Limão Tahiti orgânico Taeq 500g

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Você já ouviu falar no poke? Esse prato de origem havaiana vem conquistando cada vez mais o paladar de brasileiros e seu nome começou a se popularizar em nosso país. Mas afinal, do que ele se trata? Dá para fazer em casa? Para esclarecer essas perguntas nós preparamos uma matéria especial, ensinando inclusive a prepará-lo. Confira!

Poke é preparado com peixe cru

Se você associa o peixe cru à gastronomia japonesa é melhor pensar de novo, porque o alimento é um dos pratos favoritos de quem vive no litoral - especialmente no que diz respeito a quem mora em uma ilha, já que nelas é mais difícil cultivar carne vermelha. Por isso, não é de se estranhar que o Havaí, que é um arquipélago, use o peixe em seus pratos regionais.

No caso do poke, o peixe cru é devidamente desossado e sua pele é retirada, exatamente como ocorre com o sashimi. Inclusive, a palavra poke significa, no dialeto local dos havaianos, algo como "cortar em pedaços". Originalmente ele é feito com atum e conta com outros ingredientes que você possivelmente tem aí na sua casa. Quer aprender a prepará-lo? Então siga o nosso simples passo a passo:

Poke: como fazer?

Se a ideia de comer peixe cru em um prato que não é japonês te animou, saiba que ele é bem fácil de fazer. Isso porque a ideia é justamente usar ingredientes crus, tornando o seu preparo bem simples e nutritivo. Existem várias formas de prepará-lo, mas na sua versão mais simples você vai precisar apenas de atum cortado em pedaços, algas, arroz japonês, sal e limão. Primeiro você precisa hidratar a alga enquanto deixa o peixe marinar no limão. Depois é só temperar com sal e servir tudo com o arroz japonês. Fácil, né? Outra dica é acrescentar verduras e legumes, como o pepino, para deixar o prato ainda mais nutritivo.

Embora tenha sido criado no Havaí, nos anos 1970 o poke acabou caindo no gosto dos americanos que vivem no continente, e foi a partir daí que ele se difundiu e ganhou o mundo. Por isso, não pense que a sua versão tradicional se manteve intocada. Hoje, existem várias formas de preparar o poke, inclusive com outros tipos de peixe e ingredientes, então pode tentar inovar na cozinha sem medo! Lembrando que ele pode ser servido tanto como acompanhamento quanto como prato principal.

Benefícios do poke

Por usar o peixe cru em seu preparo, os benefícios desse alimento são ainda maiores. De uma forma geral a proteína é fonte de ômega 3, o que significa que reduz os níveis de colesterol no sangue, evitando o entupimento das artérias e, consequentemente, problemas como o infarto e o AVC.

No caso específico do atum, outro benefício é ser rico em vitaminas do complexo B, que por sua vez atuam no sistema nervoso central, melhorando a memória e reduzindo as chances de o corpo desenvolver doenças como o mal de Alzheimer. Por fim, possui boas quantidades de vitamina C e zinco, ambos nutrientes com forte ação antioxidante - e que por isso fortalecem o sistema imunológico e evitam tanto o envelhecimento precoce quanto o surgimento de diversas doenças.

Já as algas são ricas em vitaminas e minerais, que variam de acordo com a espécie escolhida para consumo. O limão é, além de fonte de vitamina C, também é detox, o que significa que ajuda a desintoxicar o organismo de substâncias nocivas, além de melhorar o metabolismo e reduzir problemas relacionados ao sono.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Para que serve o ômega 3

Para que serve o ômega 3 Para que serve o ômega 3

Encontrado em diferentes peixes (salmão, cavala, atum, sardinha, arenque), castanhas e sementes, o ômega 3 é um tipo de ácido graxo essencial (uma gordura...

> Leia mais
Café faz bem: 5 benefícios da bebida

Café faz bem: 5 benefícios da bebida Café faz bem: 5 benefícios da bebida

Tomar café regularmente de forma moderada (no máximo, 3 xícaras por dia) pode trazer uma série de benefícios para a saúde, sabia? Isso porque a bebida é...

> Leia mais
Arginina: para que serve e onde encontrar

Arginina: para que serve e onde encontrar Arginina: para que serve e onde encontrar

As refeições diárias estão cheias de nutrientes essenciais e superimportantes que nem imaginamos, como é o caso da arginina! Essa substância está presente no...

> Leia mais
Barra de frutas: o que é e como consumir

Barra de frutas: o que é e como consumir Barra de frutas: o que é e como consumir

A barra de frutas é uma fonte de energia e tanto, principalmente em dias mais corridos! Incluir o alimento no cardápio é sinônimo de saúde e saciedade para o...

> Leia mais
Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Ótimo para preparar vitaminas, smoothies e incrementar saladas, o iogurte natural é um ingrediente bem nutritivo que ajuda a manter o organismo em...

> Leia mais
Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Você já conhece o sabor do patê de berinjela? Além de todos os benefícios que o alimento apresenta para o organismo, o legume também agrada o paladar de um...

> Leia mais
Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista

Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista

Já ouviu falar da dieta cetogênica? Em outras palavras, as pessoas que seguem esse cardápio diferenciado se adequam a uma dieta sem carboidrato. É uma...

> Leia mais
Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição

Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição

Conciliar um café da manhã saudável com uma rotina mais corrida não precisa ser um problema. Você sabia que existem opções nutritivas bem rápidas de...

> Leia mais
Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento

Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento

Muito usado no preparo de saladas, refogados, molhos (como o vinagrete), risotos e moquecas, o pimentão verde é um tipo de vegetal bem nutritivo e saboroso,...

> Leia mais
Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde?

Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde? Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde?

Para reduzir o consumo de carboidratos, muita gente prefere evitar pães (e outras massas) e dar preferência a receitas com tapioca nos lanches. Mas será que...

> Leia mais