Congelar alimentos: Veja como manter a sua alimentação mais nutritiva e saudável

Congelar os alimentos é uma ótima alternativa para mantermos nossa alimentação saudável no dia a dia. Além de prática e econômica, colocar os alimentos na geladeira consegue preservar os principais nutrientes e, claro, o sabor por muito mais tempo.
Congelar os alimentos é uma ótima alternativa para mantermos nossa alimentação saudável no dia a dia. Além de prática e econômica, colocar os alimentos na geladeira consegue preservar os principais nutrientes e, claro, o sabor por muito mais tempo.

Produto recomendado

Tomate italiano orgânico Taeq 500g

Tomate italiano orgânico Taeq 500g

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Com a vida corrida que levamos, não é sempre que temos à disposição algum tempo extra para ir à feira ou supermercados comprar alimentos fresquinhos para a nossa alimentação diária. Por isso, e para isso, congelar os produtos é uma alternativa prática e saudável e econômica de aproveitarmos os melhores alimentos sem perder sabor e nutrientes.

Se a proposta é optar pela praticidade, a dica é: prepare e congele alimentos naturais, nada de muito industrializados! A vantagem é que além de mais simples, ao refrigerar, nós aumentamos a durabilidade dos alimentos e boa parte das propriedades são conservadas. "Em média, 70% dos nutrientes são preservados quando congelados", explica a nutricionista Pricilla Goretti.

Bom para a saúde, melhor para o bolso!


Congelar os alimentos também é uma forma de economizar e evitar o disperdício. O ideal, para que isso aconteça, é armazenar em pequenas porções e ir retirando na medida que for utilizar, já que uma vez descongelado, o alimento não deve voltar para o freezer, pois isso pode provocar a proliferação de microrganismos. Ao descongelar o alimento, ele atinge temperaturas entre 15°C e 50°C, o que é conhecido como "zona de perigo". Nessa fase, a as bactérias voltam a agir, já que até então, tinham sido interrompidas pelas baixas temperaturas.


Veja dicas para congelar seus alimentos de forma correta

Lave: Congelar os alimentos limpos e higienizados evita a proliferação de bactérias durante o descongelamento, além de facilitar na hora do consumo. Uma boa dica é já deixá-los cortados também.

Espere esfriar: Caso vá congelar pratos prontos, aguarde que a preparação esfrie e transfira para a embalagem, feche bem e coloque no eezer.

Legumes e verduras: Congele apenas aqueles que serão consumidos fritos, cozidos ou assados, caso contrário, se a ideia for consumir cru, prefira os frescos, pois o alimento perde a textura.

Frutas congeladas: Maçã, pêra, acabaxi, morango, também devem ser limpas e cortadas, de preferência, retire os caroços. Guarde-as em pequenas porções e utilize-as para preparações de sucos, vitaminas, bolos e tortas.

Hortaliças: Antes de congelar as hortaliças (tomate, couve-flor e brócolis, por exemplo), devem passar por um processo chamado "branqueamento", que consiste em dar um choque térmico no alimento para conservar melhor o sabor, cor e textura e também diminui a propenção de bactérias. Para realizar esse processo, lave as hortaliças, retire as partes estragadas, se houver, e mergulhe-as em água fervente, logo após, coloque-as em aguá fria. Assim ocorre o choque térmico e pára o cozimento. Depois disso é só deixar secar e congelar.

Carnes: Qualquer carne pode ser congelada e somente ser recongelada no prato pronto, por isso, leve-as ao freezer separadas em pequenas quantidades.

Identifique os alimentos: Colocar etiquetas nos potinhos, além de proporcionar uma maior organização, facilita muito na hora da busca do que vai descongelar para consumo. Colocar a data também ajuda para ter um controle do que está a mais tempo no freezer.

Tire o ar das embalagens: Deixe o mínimo de ar possível, a embalagem a vacuo, por exemplo, elimina toda a umidade e tende a preservar melhor o sabor da comida. Uma boa dica é usar um canudo para tirar o máximo de ar presente.

O que não podemos congelar?

Ovos com casca, maionese, chantilly, iogurte, pudins em geral, batata, pepino, salsão, creme de leite, queijos cremosos, cremes engrossados com maisena não devem fazer parte da lista dos alimentos que vão para o freezer.

Mais noticias com...
Receitas:
Tomate
Ver Mais

Últimas Matérias

Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten

Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten

Muito consumido em alguns países da Ásia, o tempeh (ou tempê) é uma comida originária da Indonésia que funciona como fonte importante de proteínas vegetais....

> Leia mais
Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural

Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural

Em vez de usar o açúcar refinado comum (extraído da cana), você pode recorrer a alternativas mais naturais e nutritivas de adoçantes. O açúcar de beterraba,...

> Leia mais
5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

5 frutas com caroço que você pode comer integralmente 5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

Na maioria das vezes, as pessoas têm o hábito de descartar os caroços (também chamados de sementes) das frutas, consumindo apenas a polpa. Mas você sabia que...

> Leia mais
Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Também conhecido como "erva de bruxa", o guaco é uma planta medicinal originária da América do Sul que se destaca, principalmente, por auxiliar no tratamento...

> Leia mais
Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Você sabia que é possível diminuir a acidez do organismo através da alimentação? A dieta alcalina, para quem não conhece, propõe uma alimentação mais natural...

> Leia mais
Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Extraído a partir da árvore copaíba (ou pau-de-óleo), que é nativa da floresta Amazônica, o óleo de copaíba é conhecido por ter várias substâncias...

> Leia mais
Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Buscar ingredientes alternativos para dietas celíacas não é tão difícil quanto parece, sabia? A farinha de grão-de-bico, por exemplo, é uma opção livre de...

> Leia mais
Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Muito consumida no estado de Minas Gerais, a marmelada é um doce de origem portuguesa que, além de saboroso, se destacar por ser rico em fibras, vitaminas A,...

> Leia mais
Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Você sabia que, quando consumido em excesso, o potássio pode ser muito prejudicial à saúde? A hipercaliemia (ou hiperpotassemia), para quem não conhece,...

> Leia mais
Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Preparar sobremesas saudáveis e ao mesmo tempo saborosas não precisa ser algo difícil, sabia? Usando ingredientes mais naturais - como frutas, açúcar de coco...

> Leia mais