Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

A intolerância alimentar pode decorrer de um fator genético ou de alguma doença que deixe o intestino fragilizado, causando sintomas como diarreia e dor de barriga
A intolerância alimentar pode decorrer de um fator genético ou de alguma doença que deixe o intestino fragilizado, causando sintomas como diarreia e dor de barriga

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da vida, principalmente na infância. Mas você sabia que existem diversos outros tipos de intolerância alimentar? Afinal, cada organismo tem suas particularidades e, em alguns casos, não é capaz de digerir todas as proteínas, açúcares e substâncias presentes nos alimentos. A intolerância ao glúten (proteína presente nos cereais), por exemplo, é uma das mais comuns e deve ser devidamente tratada a longo prazo. Para abordar melhor esse assunto, nós preparamos uma matéria falando sobre como o corpo desenvolve intolerância alimentar e quais são as melhores formas de tratá-la. Confira!

Afinal, como o corpo desenvolve intolerância alimentar?

Muita gente não sabe, mas a intolerância alimentar nem sempre decorre de um fator genético. Muitas vezes, o problema é originado por alguma doença no intestino, que deixa o sistema digestivo mais fragilizado e, assim, abre espaço para o desenvolvimento da intolerância a determinadas substâncias.

A intolerância à lactose, em especial, pode ser classificada em dois tipos: a primária (genética) é a mais comum e, geralmente, ocorre logo na infância. Neste caso, a causa da intolerância é puramente congênita - ou seja, está ligada a um fator biológico. A secundária, por sua vez, é uma intolerância adquirida, que pode ocorrer por conta de desnutrição ou lesões no intestino. Neste caso, existe um fator externo (não relacionado à genética) que faz com que o organismo deixe - ou diminua - a produção das enzimas responsáveis pela digestão da lactose. Como o corpo não dispõe dos mecanismos para absorver a substância em questão, ele acaba rejeitando-a, causando sintomas como dores, inchaços, enjoos e diarreias.

Vale destacar que, em alguns casos, os hábitos alimentares também podem ser os responsáveis pela decorrência da intolerância alimentar. Caso a pessoa corte da dieta o glúten ou a lactose sem haver necessidade, é possível que, a longo prazo, o organismo deixe de produzir as enzimas responsáveis pela digestão dessas substâncias - o que pode causar certa intolerância alimentar, mesmo que seja algo mais ameno e passageiro. Por isso, é muito importante manter sempre o acompanhamento de um nutricionista para não errar na dieta.

Obs.: Além da intolerância ao glúten ou à lactose, existem outros tipos, como a intolerância à sacarose ou frutose, que também podem ser genéticas ou originadas a partir de algum problema adquirido no intestino.

Como tratar intolerância alimentar?

Para tratar a intolerância alimentar, é muito importante evitar ao máximo (ou cortar radicalmente, dependendo do caso) a substância causadora do problema. Vale destacar que é primordial ter o acompanhamento de um nutricionista para tomar qualquer decisão relacionada à dieta. Ao cortar (ou diminuir) o consumo do leite e derivados, por exemplo, é importante tomar certas medidas para evitar que o organismo fique com deficiência de cálcio, fósforo e outros nutrientes.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Já provou molho de abacate para salada? Aprenda a prepará-lo

Já provou molho de abacate para salada? Aprenda a prepará-lo Já provou molho de abacate para salada? Aprenda a prepará-lo

Incrementar saladas de folhas e legumes com molhos, sementes ou cereais é uma ótima forma de diversificar a alimentação diária. Você sabia que é possível...

> Leia mais
5 tipos de comida japonesa para conhecer melhor a culinária nipônica

5 tipos de comida japonesa para conhecer melhor a culinária nipônica 5 tipos de comida japonesa para conhecer melhor a culinária nipônica

Conhecida por ser uma culinária rica em alimentos sazonais e fruto de diversas mudanças políticas e sociais em seu país de origem, a comida japonesa (também...

> Leia mais
Suco congelado é ótimo para aproveitar nutrientes das frutas! Saiba armazená-lo

Suco congelado é ótimo para aproveitar nutrientes das frutas! Saiba armazená-lo Suco congelado é ótimo para aproveitar nutrientes das frutas! Saiba armazená-lo

Você sabia que o suco congelado é uma ótima opção para aproveitar os nutrientes da fruta? Além de trazer mais praticidade para o dia a dia, a bebida consegue...

> Leia mais
4 receitas com farinha de coco que são supersaudáveis

4 receitas com farinha de coco que são supersaudáveis 4 receitas com farinha de coco que são supersaudáveis

Nutritiva, saborosa e superversátil, a farinha de coco é o ingrediente perfeito para quem gosta de colocar a mão na massa e cozinhar receitas saudáveis!...

> Leia mais
4 chás abortivos que grávidas não devem consumir jamais

4 chás abortivos que grávidas não devem consumir jamais 4 chás abortivos que grávidas não devem consumir jamais

Tomar chá é ótimo para tranquilizar a mente, aliviar dores, tratar inflamações e outros problemas de saúde. Mas você sabia que, em alguns casos, esse tipo de...

> Leia mais
Os alimentos ricos em colágeno indicados para manter a saúde da pele

Os alimentos ricos em colágeno indicados para manter a saúde da pele Os alimentos ricos em colágeno indicados para manter a saúde da pele

Fontes de uma das proteínas mais abundantes do organismo, os alimentos ricos em colágeno são essenciais para manter a saúde da pele! Para quem não sabe, a...

> Leia mais
Para que serve o DHEA, o famoso 'super-hormônio'

Para que serve o DHEA, o famoso 'super-hormônio' Para que serve o DHEA, o famoso 'super-hormônio'

Você já ouviu falar no DHEA e sabe da sua importância no organismo? Considerado um super-hormônio, ele cumpre importantes funções metabólicas e, quando está...

> Leia mais
Linhaça com cravo emagrece? Nutricionista explica as vantagens dessa combinação

Linhaça com cravo emagrece? Nutricionista explica as vantagens dessa combinação Linhaça com cravo emagrece? Nutricionista explica as vantagens dessa combinação

Você sabia que existem combinações que auxiliam na perda de peso? Alimentos ricos em fibras ou com ação termogênica, em especial, ajudam a manter o...

> Leia mais
Que tal fazer lanche sem pão? Veja maneiras de substituir esse carboidrato

Que tal fazer lanche sem pão? Veja maneiras de substituir esse carboidrato Que tal fazer lanche sem pão? Veja maneiras de substituir esse carboidrato

Para fazer uma dieta low carb, é necessário diminuir (ou até mesmo cortar) alguns alimentos da dieta. No entanto, isso deve ser feito sempre com a orientação...

> Leia mais
Para que serve a aroeira? Veja 7 benefícios dessa planta medicinal

Para que serve a aroeira? Veja 7 benefícios dessa planta medicinal Para que serve a aroeira? Veja 7 benefícios dessa planta medicinal

Também chamada de aroeira-vermelha, aguaraíba e cambuí, a aroeira nada mais é que uma planta com folhas bem aromáticas e frutos redondos, pequenos e...

> Leia mais