Como evitar varizes? Os alimentos que reduzem as chances de desenvolvê-las

Frutas de uma forma geral ajudam a evitar varizes, pois são fontes de vitamina C e bioflavonóides, substâncias que fortalecem a estrutura das veias e inibem a formação de radicais livres
Frutas de uma forma geral ajudam a evitar varizes, pois são fontes de vitamina C e bioflavonóides, substâncias que fortalecem a estrutura das veias e inibem a formação de radicais livres
Mariana Duro Margatho

Consultor:

Mariana Duro Margatho

Formada pelo Centro Universitário São Camilo, possui pós-graduação em Nutrição Funcional, Esportiva, Fitoterapia e Modulação do Processo de Envelhecimento

Engana-se quem pensa que as varizes são problemas meramente estéticos. Afinal de contas, elas geralmente causam sintomas bem preocupantes (dores e inchaços, por exemplo), podem se transformar em úlceras e ainda aumentam o risco de trombose.

Para quem não sabe, as varizes costumam surgir quando as veias não funcionam direito e acabam se dilatando (o que ocorre principalmente nas pernas e nos pés). Neste caso, o sangue fica estagnado, prejudicando o sistema cardiovascular como um todo. Complicado, né? Esse problema ocorre principalmente em mulheres de idade avançada, por conta dos hormônios femininos (o consumo de anticoncepcionais, inclusive, pode ocasionar a dilatação das veias).

A boa notícia é que existem formas de prevenir o surgimento de varizes - e, como sempre, a alimentação cumpre um papel importante! Para te ajudar a seguir uma dieta estratégica e equilibrada, nós conversamos com a nutricionista Mariana Duro, que sugeriu alimentos (e nutrientes) capazes de reduzir as chances de desenvolver varizes. Dá uma olhada!

Invista em alimentos ricos em vitamina C e antioxidantes para prevenir varizes

Se você tem predisposição ao surgimento de varizes (por conta de fator genético), é muito importante tomar cuidado com a alimentação! De acordo com a nutricionista Mariana Duro, existem alguns alimentos que podem ajudar nesse assunto: "O ideal é apostar em alimentos fontes de vitamina C e bioflavonóides, como tomate, damasco, morango, limão, abacaxi, acerola, ameixa e pêssego; frutas vermelhas, como framboesa, amora, uva, cranberry, mirtilo; vegetais roxos, como cebola roxa, berinjela e repolho roxo", recomenda a profissional.

"Por serem alimentos fontes de vitamina C e bioflavonóides, são potentes antioxidantes, podem fortalecer a estrutura das veias e dos capilares e diminuir a formação de radicais livres. Também é indicado o consumo de açafrão e gengibre, pois esses alimentos são anti-inflamatórios e melhoram o funcionamento do sistema cardiovascular", explica Mariana.

Vegetais verde-escuros e alimentos ricos em ômega 3 auxiliam no sistema circulatório

Para evitar varizes e outros problemas relacionados à coagulação do sangue, faz todo sentido investir em alimentos anticoagulantes. De acordo com a nutricionista, seguir uma dieta mais natural (com muitos vegetais) pode ser algo benéfico nesse sentido. "Alimentos de coloração verde-escura, como brócolis, espinafre, couve e rúcula, por exemplo, são ricos em magnésio e potássio, sendo fundamentais para o controle de coagulação sanguínea e para a prevenção de varizes e tromboses", afirma.

"Alimentos fontes de ômega 3, como atum, sardinha, linhaça e chia, por exemplo, também são potentes anticoagulantes e anti-inflamatórios. Já o amendoim é um alimento vasodilatador, portanto atua na melhora da irrigação sanguínea e, assim, contribui para a circulação", complementa a nutricionista.

Pratique exercícios e tenha um estilo de vida saudável

Você já parou para refletir se tem (ou não) um estilo de vida saudável? Quem tem predisposição genética a determinados problemas precisa, acima de tudo, criar uma rotina saudável. De acordo com a nutricionista, essa é uma das melhores dicas para evitar as varizes! "A prática de atividade física é indispensável para melhorar a circulação e melhorar o funcionamento do sistema linfático. Desta forma, atua de forma direta evitando o aparecimento das varizes", explica Mariana.

Para finalizar, a nutricionista recomenda hábitos que - de certa forma - são decisivos para garantir a saúde do sistema circulatório. "Além de ter uma alimentação rica em alimentos anti-inflamatórios e antioxidantes, como já citei, é fundamental ter um consumo de água adequado, assim como evitar alimentos processados - principalmente os ricos em sódio e glutamato monossódico. Também é importante buscar a ajuda de um profissional nutricionista para manter o peso ideal, pois o sobrepeso ajuda no aparecimento das varizes", encerra a profissional.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais