Como desintoxicar o sistema linfático através de uma rotina saudável

Se o seu objetivo é desintoxicar o sistema linfático, saiba que pode optar pelo chá de limão com canela
Se o seu objetivo é desintoxicar o sistema linfático, saiba que pode optar pelo chá de limão com canela

O sistema linfático é o principal responsável pela defesa do nosso organismo, sabia? Isso porque ele transporta a linfa (líquido viscoso e amarelado que elimina as impurezas do corpo) por todo o sistema circulatório. Além disso, ele também protege as nossas células e melhora nosso mecanismo de defesa, dando um up na imunidade.

O problema é que, quando o sistema linfático está intoxicado (com resíduos acumulados, por exemplo), ficamos mais cansados e propensos a doenças. É por isso que você tentar evitar isso ao máximo, se alimentando de forma correta e seguindo atividades recomendadas. Quer saber como desintoxicar o sistema linfático e seguir uma rotina saudável? É só continuar lendo!

Exercício físico auxilia na circulação sanguínea

Todos sabem que a prática de algum exercício físico é importante para a saúde de todo o organismo. Só que no que diz respeito ao sistema linfático, em especial, as atividades aeróbicas (como a caminhada, por exemplo) são realmente importantes, pois aliviam o estresse e estimulam a circulação do sangue e o funcionamento do sistema linfático em si. Além disso, evitar momentos de estresse e ansiedade é importante para proteger o nosso sistema imunológico. É por isso que a prática de exercício físico, que também funciona para relaxar a mente, é tão indicada.

Faça chás e infusões desintoxicantes

Existem alguns chás desintoxicantes que também ajudam a manter o corpo saudável e fortalecido. A combinação limão + canela, por exemplo, é ótima para limpar o organismo e fortalecer a imunidade. Isso porque o limão é uma fruta rica em vitamina C e antioxidantes, já a canela funciona como termogênico (acelerando o metabolismo) e também estimula o sistema imunológico.

Além disso, existem plantas, ervas e outros ingredientes que também rendem chás bem saborosos e desintoxicantes. A fitolaca, por exemplo, é uma erva pouco conhecida mas que faz um bem danado para a saúde do sistema linfático, pois estimula o fluxo da linfa e também atua como anti-inflamatório natural. Outra dica interessante é fazer infusões com plantas medicinais, como a bardana, que tem um potencial depurador, auxiliando na eliminação de toxinas. Para manter o corpo saudável, você pode tomar ao menos um chá desses por dia. Outros ingredientes para fazer chás desintoxicantes são: dente-de-leão, alho + limão, hibisco, capim limão, erva-doce e erva-cidreira.

Tenha uma alimentação rica em frutas, legumes, vegetais e outros ingredientes naturais

Quando se trata de desintoxicar o organismo, o mais importante é montar um cardápio de alimentação que seja o mais natural possível. Frutas consumidas in natura, por exemplo, fornecem uma quantidade enorme de vitaminas, minerais, potássio, antioxidantes e outras substâncias que são fundamentais para o bom funcionamento do organismo. Além disso, elas possuem enzimas que ajudam a deixar o sistema linfático mais puro. Folhas verdes, legumes e alimentos naturais também são sempre bem-vindos. O ideal é que você tente evitar alimentos industrializados (com muito sódio e açúcar, por exemplo) para que, assim, o corpo fique mais purificado e saudável.

Oleaginosas também ajudam a purificar o sistema linfático

Além de serem importantes fontes de fibra e vitamina E, as oleaginosas também auxiliam no processo de desintoxicação do sistema linfático. Por isso, você pode acrescentar algumas delas ao seu dia a dia, como a castanha do Pará, nozes, amêndoas e avelãs. Só que você não precisa comer todas no seu dia a dia, basta ir alterando com o tempo. A castanha do Pará, em especial, traz muitos benefícios para o organismo. Ela é rica em resveratrol, que é uma substância que estimula a circulação sanguínea.

Obs.: Existem outros alimentos que também auxiliam nesse processo de desintoxicação, tais como verduras com bastante clorofila (alface, brócolis, espinafre, agrião e salsa, por exemplo). Além disso, não se esqueça de beber bastante água todos os dias. Assim, você mantém o seu corpo hidratado e livre de toxinas.

Mais noticias com...
Receitas:
Tomate
Ver Mais

Últimas Matérias

Como montar uma tábua de frios saudável para receber os amigos em casa

Como montar uma tábua de frios saudável para receber os amigos em casa Como montar uma tábua de frios saudável para receber os amigos em casa

Receber os amigos em casa é sempre algo divertido, né? Mas para que o encontro seja ainda mais agradável, nada melhor que preparar um lanchinho ou uma mesa...

> Leia mais
5 programas que são a cara do outono e que você deveria adotar

5 programas que são a cara do outono e que você deveria adotar 5 programas que são a cara do outono e que você deveria adotar

A chegada do outono é sempre gostosa, né? A estação traz consigo uma temperatura mais amena e um climinha ótimo para fazer um pouco de tudo - ficar em casa...

> Leia mais
Abrótano: para que serve e como consumir essa planta fitoterápica

Abrótano: para que serve e como consumir essa planta fitoterápica Abrótano: para que serve e como consumir essa planta fitoterápica

Você já ouviu falar no abrótano? De nome científico Artemisia abrotanum, essa planta medicinal é muito usada no preparo de chás. Ela é originária da Ásia,...

> Leia mais
Quer comer melhor? Aprenda a adaptar receitas para fazer pratos mais saudáveis

Quer comer melhor? Aprenda a adaptar receitas para fazer pratos mais saudáveis Quer comer melhor? Aprenda a adaptar receitas para fazer pratos mais saudáveis

Existem algumas receitas saborosas - como frituras e doces - que acabam sendo muito calóricas e maléficas para o organismo. Isso porque elas são fontes de...

> Leia mais
Como fazer feijão e grão-de-bico? As dicas para preparar leguminosas sem erros

Como fazer feijão e grão-de-bico? As dicas para preparar leguminosas sem erros Como fazer feijão e grão-de-bico? As dicas para preparar leguminosas sem erros

Para quem é vegano ou vegetariano é muito importante incluir leguminosas no cardápio diário. Elas são fontes importantes de ferro, proteínas e garantem uma...

> Leia mais
Unha de gato: o que é e para que serve essa planta medicinal

Unha de gato: o que é e para que serve essa planta medicinal Unha de gato: o que é e para que serve essa planta medicinal

Pertencente ao universo das plantas medicinais, a unha de gato é uma erva muito usada em tratamentos fitoterápicos - sendo consumida em forma de chá ou...

> Leia mais
Desafio: viciada em refrigerante fica 7 dias sem a bebida e conta o que mudou

Desafio: viciada em refrigerante fica 7 dias sem a bebida e conta o que mudou Desafio: viciada em refrigerante fica 7 dias sem a bebida e conta o que mudou

Com que frequência você bebe refrigerante? No caso da cineasta Nathália Souza, de 26 anos, a resposta é "todos os dias". "Na época de faculdade bebia de duas...

> Leia mais
Qual o melhor horário para tomar sol? Saiba como absorver mais vitamina D

Qual o melhor horário para tomar sol? Saiba como absorver mais vitamina D Qual o melhor horário para tomar sol? Saiba como absorver mais vitamina D

Você já deve ter ouvido falar sobre a importância de tomar sol. Afinal, a exposição aos raios solares ativa a produção de vitamina D que, por sua vez,...

> Leia mais
Comida coreana: 4 pratos dessa gastronomia, que vem se popularizando no Brasil

Comida coreana: 4 pratos dessa gastronomia, que vem se popularizando no Brasil Comida coreana: 4 pratos dessa gastronomia, que vem se popularizando no Brasil

Experimentar pratos de culinárias diferentes é sempre algo interessante. As comidas coreanas, em especial, vêm se popularizando bastante no Brasil -...

> Leia mais
Como reduzir o sabor amargo dos vegetais durante o seu preparo

Como reduzir o sabor amargo dos vegetais durante o seu preparo Como reduzir o sabor amargo dos vegetais durante o seu preparo

Existem muitos vegetais - como jiló, berinjela e agrião - que têm um sabor mais amargo e, por isso, não agradam o paladar de muitas pessoas (principalmente o...

> Leia mais