Cominho é digestivo e evita a anemia! Saiba mais motivos para usar esse tempero

Cominho ajuda na digestão, é bom para a memória e ainda fortalece o sistema imunológico
Cominho ajuda na digestão, é bom para a memória e ainda fortalece o sistema imunológico

Produto recomendado

Chá flores e frutas de hibisco e especiarias Taeq 22,5g

Chá flores e frutas de hibisco e especiarias Taeq 22,5g

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Você sabe o que é cominho? As sementes dessa planta de origem mediterrânea são utilizadas no preparo de alimentos há muitos séculos, tendo feito parte até da dieta dos antigos romanos e do povo celta. Seu gosto forte permitiu que ela se tornasse um tempero muito difundido, fazendo parte até da dieta indiana, já que é utilizado no preparo do curry. Mas sua maior vantagem não está em seu sabor característico, que deixa o alimento mais saboroso, mas sim em suas propriedades medicinais.

Cominho ajuda na digestão

De uma forma geral, alimentos presentes na culinária indiana permitem o bom funcionamento do sistema digestório, e com o cominho não é diferente. Isso ocorre porque suas sementes têm propriedades que ajudam no bom funcionamento de enzimas que secretam ácido biliar, que por sua vez faz com que o corpo consiga digerir melhor os alimentos. Com isso, evita também a formação de gases e o desconforto estomacal. Sem falar que possui boas quantidades de fibras, que além de evitarem problemas como a constipação também garantem saciedade e impedem que a pessoa coma por compulsão.

Tempero fortalece o sistema imunológico e é bom para a pele

Rico em vitamina E, o cominho é um ótimo antioxidante. Esse fator evita, como o próprio nome indica, a oxidação celular através do combate aos radicais livres no nosso corpo, que quando aparecem em grandes quantidades (em geral devido ao consumo de alimentos industrializados) podem danificar nossas células. Com isso, ao utilizar o tempero em receitas você irá evitar tanto o desenvolvimento de algum câncer quanto o envelhecimento precoce. E é por isso que tanta diz que o cominho é bom para a pele.

Cominho evita a anemia

Em geral quando pensamos em anemia, que faz com que a pessoa sinta fraqueza, logo a associamos com a ausência de ferro. Embora o mineral realmente tenha um papel fundamental para evitar a doença, a vitamina C também merece um lugar de destaque. Isso porque ela ajuda na absorção de ferro pelo organismo, contribuindo para que o corpo consiga aproveitar os benefícios desse nutriente. Por isso pessoas que possuem anemia devem incluir o cominho na dieta diária, já que ele é rico em ferro e possui boas quantidades de vitamina C.

Aumenta a lactação

Mulheres que estão amamentando seus bebês podem sim consumir cominho. Aliás, ele é muito benéfico para elas, já que possui timol, substância que ajuda na lactação, contribuindo consequentemente para um aumento na produção de leite. Não se esqueça apenas que nesse período é ainda mais importante ter o acompanhamento de um nutricionista para que ele possa determinar a melhor alimentação para a mãe e seu bebê. Além disso, o cominho é rico em cálcio, o que não apenas é bom para mulheres que estão amamentando seus filhos como também deixa dentes e ossos mais fortes, evitando problemas como a osteoporose.

É bom para a memória

Outra vantagem do cominho é que ele é ótimo para a memória. Isso ocorre porque ele possui acetilcolina, um neurotransmissor que estimula o sistema nervoso central. Assim, permite que o nosso cérebro armazene melhor as informações e ajuda na recuperação de quem está com amnésia. Acredita-se que ele também seja indicado no tratamento de distúrbios causados por um problema no sistema nervoso central, como o Mal de Parkinson.

Chá de cominho realmente emagrece?

Tudo bem que o cominho em sua versão em pó é muito utilizado como tempero no preparo de alimentos, mas o que falar do chá de cominho? Por também ser feito a partir das sementes dessa planta, ele traz consigo vários dos benefícios já mencionados. Ao mesmo tempo, de uma forma geral ele é lembrado pelas suas propriedades medicinais, o que significa que é consumido como uma espécie de medicamento.

Em geral é utilizado para evitar gases e desconfortos abdominais ou mesmo ajudar quem tem insônia a dormir, além de reduzir problemas respiratórios. Mas afinal, esse chá ajuda a emagrecer? Bem, ele ajuda a reduzir os níveis de colesterol ruim (LDL) e aumentar os do bom (HDL), mas de uma forma bem direta não é nada milagroso, apenas pode dar mais saciedade e impedir que a pessoa consuma mais do que necessita para ficar bem.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas

Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas

Ter uma alimentação rica em vitaminas é fundamental para fortalecer a imunidade e garantir o bom funcionamento do organismo como um todo. O complexo K, em...

> Leia mais
Suco de graviola: 6 receitas refrescantes e nutritivas com a fruta

Suco de graviola: 6 receitas refrescantes e nutritivas com a fruta Suco de graviola: 6 receitas refrescantes e nutritivas com a fruta

Preparar sucos naturais é uma ótima alternativa para refrescar nos dias mais quentes e manter o corpo hidratado. E, para variar no cardápio de bebidas, que...

> Leia mais
Como comemorar o Dia dos Pais de forma criativa sem sair de casa

Como comemorar o Dia dos Pais de forma criativa sem sair de casa Como comemorar o Dia dos Pais de forma criativa sem sair de casa

Tem coisa melhor que passar o Dia dos Pais junto com a família contando histórias, comendo, fazendo jogos e brincadeiras? A melhor parte é que nem é preciso...

> Leia mais
Os nutrientes do eryngui e como preparar esse cogumelo

Os nutrientes do eryngui e como preparar esse cogumelo Os nutrientes do eryngui e como preparar esse cogumelo

Usar cogumelos para incrementar receitas veganas ou vegetarianas é sempre uma boa opção. Afinal, eles acrescentam muito em termos nutricionais e agregam mais...

> Leia mais
Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo

Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo

Você sabia que a mozarela de búfala é um dos tipos de queijos brancos mais consumidos do mundo? Conhecida pela sua textura cremosa e suculenta, ela tem como...

> Leia mais
Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos

Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos

Você sabia que é possível preparar receitas de macarrão sem necessariamente usar farinha de trigo? Quem é celíaco, por exemplo, deve passar longe de pratos...

> Leia mais
6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora

6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora 6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora

Às vezes pode parecer difícil seguir uma dieta vegana e ter tempo para preparar lanches sem ingredientes de origem animal durante a correria do dia a dia....

> Leia mais
O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas

O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas

Se você gosta de experimentar comidas típicas de diferentes regiões do Brasil, é bem provável que já conheça o sagu - uma sobremesa feita com vinho tinto...

> Leia mais
Pimenta-rosa: 5 benefícios dessa planta brasileira na sua alimentação

Pimenta-rosa: 5 benefícios dessa planta brasileira na sua alimentação Pimenta-rosa: 5 benefícios dessa planta brasileira na sua alimentação

Fruto da aroeira-vermelha, a pimenta-rosa é uma planta brasileira de ardência leve, sabor adocicado e aparência delicada. Mas além de características e...

> Leia mais
4 receitas com coco ralado fresco que são supernutritivas

4 receitas com coco ralado fresco que são supernutritivas 4 receitas com coco ralado fresco que são supernutritivas

Considerado um superalimento, o coco é uma fruta das frutas mais nutritivas que existe. Ele é rico em minerais importantes como cálcio, magnésio, cobre,...

> Leia mais