Comer carne uma vez por semana é suficiente? Aprenda a substituir o alimento

De acordo com o Ministério da Saúde, o ideal é consumir cerca de 300 e 500 g de carne por semana - ou seja, um bife pequeno por dia
De acordo com o Ministério da Saúde, o ideal é consumir cerca de 300 e 500 g de carne por semana - ou seja, um bife pequeno por dia
Carolina Baliere

Consultor:

Carolina Baliere

Formada em Nutrição pelo Instituto Metodista Bennett, é pós-graduada em Nutrição Clínica pela Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro e em Nutrição Clínica Funcional pela VP Consultoria

Na hora de montar o prato do almoço tem gente que ama caprichar na quantidade de carne, né? Só que isso não é algo muito indicado para quem busca uma alimentação equilibrada e saudável. Para quem não sabe, a carne - principalmente a vermelha - tem uma quantidade muito grande de gordura e, quando consumida em excesso, pode ser prejudicial ao organismo.

De acordo com o Ministério da Saúde, inclusive, o ideal é que cada pessoa consuma cerca de 300 e 500 g de carne por semana (o que significa um bife bem pequeno por dia). Vale destacar que isso inclui carnes vermelhas e brancas (ou seja, frango e peixe - apesar de serem menos gordurosos - entram no mesmo pacote). Para saber mais sobre o assunto, nós conversamos com a nutricionista Carolina Baliere, que esclareceu pontos importantes e deu dicas para consumir carne de forma equilibrada. Confira!

É possível comer carne apenas uma vez por semana?

Se você faz parte do time que - ao invés de exagerar - tem o costume de comer pouca carne, aqui vai uma boa notícia: é possível sim comer carne uma vez por semana sem comprometer a saúde do organismo. Só que, para fazer isso de forma segura, é importante conversar com uma nutricionista e montar uma dieta bem nutritiva e variada. "Comer carne uma vez por semana é suficiente, desde que você consuma outras proteínas, como as vegetais, que são muito importantes para a saúde", explica Carolina.

Para quem quer reduzir consideravelmente o consumo da carne, a nossa sugestão é montar um plano alimentar que seja bem completo e variado, para que assim não faltem nutrientes (como proteínas e vitaminas do complexo B). De acordo com a nutricionista Carolina Baliere, o segredo está no equilíbrio: "Carne em excesso também não é algo indicado, pois pode prejudicar a digestão, por exemplo. O ideal é que esse alimento seja consumido de forma equilibrada, como tudo na vida", acrescenta.

Existem alimentos que podem substituir a carne?

A ausência da carne não precisa ser necessariamente um problema, sabia? Afinal, muitos veganos e vegetarianos conseguem viver de forma supersaudável sem o alimento. No entanto, de acordo com a nutricionista Carolina Baliere, para diminuir (ou até mesmo cortar) a carne da dieta, é necessário adicionar uma série de outros alimentos à rotina para não comprometer o funcionamento do organismo.

"A carne pode ser considerada insubstituível apenas pela quantidade de proteína e vitamina B12 que possui. No entanto, existem outros alimentos que podem suprir bem a sua ausência. Caso a pessoa não coma carne, podemos acrescentar à dieta ovos, proteínas de origem vegetal, (como grão-de-bico), leites vegetais (como o de macadâmia e de amêndoas), quinoa, lentilha, sementes de girassol, de abóbora, castanhas e oleaginosas em geral", explica Carolina.

Você pode sim reduzir a quantidade de carne, mas lembre-se de fazer o devido acompanhamento nutricional

Em suma, você pode sim comer carne uma vez por semana, mas sempre tomando cuidado para suprir o organismo com outras proteínas e vitamina B12 (que pode ser consumida, inclusive, através de suplementos). "Lembre que é de tamanha importância fazer exames com frequência, principalmente para acompanhar o nível de vitamina B12, pois a ausência desse nutriente pode prejudicar muito a saúde", finaliza a nutricionista.

Mais noticias com...
Receitas:
Carne bovina
Ver Mais

Últimas Matérias

Nossos hábitos alimentares sofreram mudanças com o tempo! Conheça as principais

Nossos hábitos alimentares sofreram mudanças com o tempo! Conheça as principais Nossos hábitos alimentares sofreram mudanças com o tempo! Conheça as principais

Os nossos hábitos alimentares nem sempre foram os mesmos, sabia? Durante o Brasil Colônia, por exemplo, farinha de mandioca, milho e peixe seco constituíam a...

> Leia mais
Shiitake e shimeji: como preparar esses cogumelos ricos em proteínas

Shiitake e shimeji: como preparar esses cogumelos ricos em proteínas Shiitake e shimeji: como preparar esses cogumelos ricos em proteínas

Se você é vegetariano ou deseja diminuir o consumo de carne vermelha e nunca provou shiitake ou shimeji, não faz a menor ideia do quanto está perdendo! A...

> Leia mais
Teanina: para que serve esse composto encontrado em vegetais e fungos

Teanina: para que serve esse composto encontrado em vegetais e fungos Teanina: para que serve esse composto encontrado em vegetais e fungos

Quando se trata de cuidar da saúde do sistema nervoso central, a teanina (aminoácido presente em plantas e fungos) pode ser bem útil, sabia? Só que muita...

> Leia mais
Os alimentos com mais agrotóxicos e como lavá-los para reduzir o pesticida

Os alimentos com mais agrotóxicos e como lavá-los para reduzir o pesticida Os alimentos com mais agrotóxicos e como lavá-los para reduzir o pesticida

Você sabia que é possível ter uma alimentação mais saudável e sustentável (livre de agrotóxicos) de um jeito bem simples? Muitas pessoas gostam de recorrer...

> Leia mais
O que é sêmola? As vantagens dessa farinha rica em nutrientes

O que é sêmola? As vantagens dessa farinha rica em nutrientes O que é sêmola? As vantagens dessa farinha rica em nutrientes

Entre uma infinidade de alimentos que você deve incluir no seu dia a dia, a sêmola com certeza deve entrar na sua lista! Ela fortalece o sistema imunológico,...

> Leia mais
Antioxidantes naturais e sintéticos: quais as diferenças entre eles?

Antioxidantes naturais e sintéticos: quais as diferenças entre eles? Antioxidantes naturais e sintéticos: quais as diferenças entre eles?

Muita gente não sabe, mas além dos antioxidantes naturais - que encontramos em frutas, verduras, legumes e diferentes vegetais - existem também versões...

> Leia mais
Suco de batata é bom para a gastrite! Saiba como fazer essa bebida inusitada

Suco de batata é bom para a gastrite! Saiba como fazer essa bebida inusitada Suco de batata é bom para a gastrite! Saiba como fazer essa bebida inusitada

Se você está sofrendo com gastrite ou dores no estômago saiba que existe um remédio caseiro perfeito para isso: o suco de batata! Além de nutritivo, ele...

> Leia mais
6 alimentos que ajudam a eliminar o excesso de ácido úrico do organismo

6 alimentos que ajudam a eliminar o excesso de ácido úrico do organismo 6 alimentos que ajudam a eliminar o excesso de ácido úrico do organismo

Você sabia que o ácido úrico pode ser muito prejudicial à saúde? Ele é gerado pela digestão de proteínas e costuma ser eliminado através do xixi. No entanto,...

> Leia mais
Que tal preparar uma torta salgada saudável? Veja opções que são uma delícia

Que tal preparar uma torta salgada saudável? Veja opções que são uma delícia Que tal preparar uma torta salgada saudável? Veja opções que são uma delícia

Quem disse que as tortas salgadas não podem ser nutritivas? Ou que não são nada práticas de preparar e, por isso, só acompanham ocasiões especiais? Se você...

> Leia mais
Qual banana tem mais potássio? Conheça os tipos altamente ricos no mineral

Qual banana tem mais potássio? Conheça os tipos altamente ricos no mineral Qual banana tem mais potássio? Conheça os tipos altamente ricos no mineral

A banana tem tudo. Vitaminas (A, B e C), açúcares naturais (sacarose, frutose e glicose), minerais (manganês, zinco e fluoreto por exemplo), fibras...

> Leia mais