Comer carne uma vez por semana é suficiente? Aprenda a substituir o alimento

De acordo com o Ministério da Saúde, o ideal é consumir cerca de 300 e 500 g de carne por semana - ou seja, um bife pequeno por dia
De acordo com o Ministério da Saúde, o ideal é consumir cerca de 300 e 500 g de carne por semana - ou seja, um bife pequeno por dia
Carolina Baliere

Consultor:

Carolina Baliere

Formada em Nutrição pelo Instituto Metodista Bennett, é pós-graduada em Nutrição Clínica pela Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro e em Nutrição Clínica Funcional pela VP Consultoria

Na hora de montar o prato do almoço tem gente que ama caprichar na quantidade de carne, né? Só que isso não é algo muito indicado para quem busca uma alimentação equilibrada e saudável. Para quem não sabe, a carne - principalmente a vermelha - tem uma quantidade muito grande de gordura e, quando consumida em excesso, pode ser prejudicial ao organismo.

De acordo com o Ministério da Saúde, inclusive, o ideal é que cada pessoa consuma cerca de 300 e 500 g de carne por semana (o que significa um bife bem pequeno por dia). Vale destacar que isso inclui carnes vermelhas e brancas (ou seja, frango e peixe - apesar de serem menos gordurosos - entram no mesmo pacote). Para saber mais sobre o assunto, nós conversamos com a nutricionista Carolina Baliere, que esclareceu pontos importantes e deu dicas para consumir carne de forma equilibrada. Confira!

É possível comer carne apenas uma vez por semana?

Se você faz parte do time que - ao invés de exagerar - tem o costume de comer pouca carne, aqui vai uma boa notícia: é possível sim comer carne uma vez por semana sem comprometer a saúde do organismo. Só que, para fazer isso de forma segura, é importante conversar com uma nutricionista e montar uma dieta bem nutritiva e variada. "Comer carne uma vez por semana é suficiente, desde que você consuma outras proteínas, como as vegetais, que são muito importantes para a saúde", explica Carolina.

Para quem quer reduzir consideravelmente o consumo da carne, a nossa sugestão é montar um plano alimentar que seja bem completo e variado, para que assim não faltem nutrientes (como proteínas e vitaminas do complexo B). De acordo com a nutricionista Carolina Baliere, o segredo está no equilíbrio: "Carne em excesso também não é algo indicado, pois pode prejudicar a digestão, por exemplo. O ideal é que esse alimento seja consumido de forma equilibrada, como tudo na vida", acrescenta.

Existem alimentos que podem substituir a carne?

A ausência da carne não precisa ser necessariamente um problema, sabia? Afinal, muitos veganos e vegetarianos conseguem viver de forma supersaudável sem o alimento. No entanto, de acordo com a nutricionista Carolina Baliere, para diminuir (ou até mesmo cortar) a carne da dieta, é necessário adicionar uma série de outros alimentos à rotina para não comprometer o funcionamento do organismo.

"A carne pode ser considerada insubstituível apenas pela quantidade de proteína e vitamina B12 que possui. No entanto, existem outros alimentos que podem suprir bem a sua ausência. Caso a pessoa não coma carne, podemos acrescentar à dieta ovos, proteínas de origem vegetal, (como grão-de-bico), leites vegetais (como o de macadâmia e de amêndoas), quinoa, lentilha, sementes de girassol, de abóbora, castanhas e oleaginosas em geral", explica Carolina.

Você pode sim reduzir a quantidade de carne, mas lembre-se de fazer o devido acompanhamento nutricional

Em suma, você pode sim comer carne uma vez por semana, mas sempre tomando cuidado para suprir o organismo com outras proteínas e vitamina B12 (que pode ser consumida, inclusive, através de suplementos). "Lembre que é de tamanha importância fazer exames com frequência, principalmente para acompanhar o nível de vitamina B12, pois a ausência desse nutriente pode prejudicar muito a saúde", finaliza a nutricionista.

Mais noticias com...
Receitas:
Carne bovina
Ver Mais

Últimas Matérias

6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta

6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta 6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta

Muito usado no preparo de chás terapêuticos, o hibisco é um tipo de planta medicinal que traz vários benefícios à saúde. Suas flores são bem aromáticas - por...

> Leia mais
O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

Obtido através da casca das sementes da Plantago ovata (importante planta medicinal), o psyllium é um tipo de farinha sem glúten (isto é, pode ser usado na...

> Leia mais
Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais