Comer à noite: pode ou não pode? 7 mitos ou verdades da última refeição do dia

Comer no período noturno é motivo de muitas dúvidas. Por isso, descubra o que é verdade e o que não é sobre a última refeição do dia
Comer no período noturno é motivo de muitas dúvidas. Por isso, descubra o que é verdade e o que não é sobre a última refeição do dia
Carolina Xavier

Consultor:

Carolina Xavier

Nutricionista clínica e esportiva graduada pela UFRJ, possui pós-graduação em Nutrição Esportiva e Estética voltada para o Wellness

Produto recomendado

Castanha do Pará Orgânica Taeq 120g

Castanha do Pará Orgânica Taeq 120g

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Comer à noite, afinal, faz bem ou mal para a nossa saúde? Principalmente para as pessoas que decidem entrar de cabeça em dietas alimentares querendo perder uns quilinhos, o hábito de jantar ou apenas "beliscar" alguma coisa da geladeira antes de dormir é uma das primeiras atitudes evitadas. Mas, será que isso é certo? Descubra alguns mitos e verdades sobre a última refeição do dia.

Jantar ou não jantar? Ou, quem sabe, até trocar a refeição por um lanchinho de ceia... O que é mais indicado? Segundo a nutricionista Carolina Xavier comer à noite é permitido sim, mas o ideal é optar por alimentos mais leves, naturais e nutritivos, que não sobrecarreguem o organismo durante as horas de sono: "Deitar em jejum não ajuda na perda de peso e pior, pode provocar mais vontade de assaltar a geladeira durante a madrugada", alerta a profissional, apresentando na sequência o que é verdade ou apenas lendas alimentares sobre o hábito de comer à noite. Confira!

7 Mitos e verdades sobre a última refeição do dia

1 - "Comer à noite engorda"

Mito.

Segundo a nutricionista, comer à noite ajuda a acelerar as reações metabólicas e, por consequência, também favorece a perda natural de alguns quilinhos, pois, enquanto descansamos durante o sono, o corpo trabalha gastando energia para digerir esses alimentos.

2 - "Posso substituir a janta pelo lanche"

Verdade.

Para a última refeição do dia, o ideal é fazer escolhas saudáveis, que vão proporcionar saciedade e evitar que fique beliscando durante a noite. Seja lanche ou jantar, as hortaliças e legumes são boas opções, bem como leites, iogurtes e oleaginosas que são pouco calóricas.

3 - "Só podemos comer carboidrato até às 18 horas"

Mito.

Os carboidratos podem estar presentes na nossa alimentação a qualquer momento do dia, porém, no período da noite é bom não exagerar na quantidade. Uma boa opção é fazer uma contagem de carboidratos, assim, saberá o quanto consumir na última refeição do dia.

4 - "Diabéticos não devem deixar de comer no período da noite"

Verdade.

Carolina Xavier alerta que os portadores de diabetes não devem excluir a última refeição, para que não ocorra a hipoglicemia noturna (queda do açúcar). No caso dessas pessoas, é ainda mais importante ter atenção ao consumo de carboidratos, pois eles podem elevar os índices glicêmicos no organismo, causando a hiperglicemia (aumento das taxas de glicose).

5 - "Sopas são sempre a melhor opção"

Mito.

As sopas são boas refeições, principalmente quando são compostas por legumes e vegetais, porém, podem não ser o bastante para saciar a fome de algumas pessoas. Por isso, existem outras diversas combinações de alimentos que ajudam a compor sua refeição no período da noite. "Dieta da sopa pode até funcionar, mas dependendo do seu estilo de vida pode atrapalhar", analisa a nutricionista.

6 - "Dormir de barriga cheia prejudica o sono"

Verdade.

Comer demais não é viável em nenhuma hora do dia. Dê preferência por alimentos mais leves e preparações menos gordurosas, que proporcionem saciedade mas também não prejudiquem a qualidade do seu sono. Refeições muito calóricas demoram mais para serem digeridas, impedindo que o sono seja tranquilo e revigorante.

7 - "Tomar apenas leite morno para dormir emagrece"

Mito.

O leite é uma ótima alternativa para compor a refeição da noite, uma vez que ele proporciona relaxamento e garante uma boa noite de sono, porém, a nutricionista alerta: "O leite morno é recomendável para se acompanhado de algum alimento sólido, a mastigação dará a sensação de saciedade evitará possíveis beliscadas noturnas", finaliza Carolina.

Mais noticias com...
Receitas:
Leite
Ver Mais

Últimas Matérias

O que comer depois do jejum intermitente

O que comer depois do jejum intermitente O que comer depois do jejum intermitente

Quando feito de forma adequada e com acompanhamento nutricional, o jejum intermitente pode ajudar a desintoxicar o organismo e trazer outros benefícios (como...

> Leia mais
3 formas de preparar maionese vegana

3 formas de preparar maionese vegana 3 formas de preparar maionese vegana

Que tal conhecer algumas opções de maionese vegana para incluir no cardápio? Você pode aproveitar os benefícios e sabores de uma dieta sem alimentos de...

> Leia mais
Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar

Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar

Tomar suco verde detox todos os dias é ótimo para eliminar as impurezas do sangue, aumentar a imunidade e fornecer nutrientes para o organismo. A couve, em...

> Leia mais
Suflê de chuchu: 2 receitas fit

Suflê de chuchu: 2 receitas fit Suflê de chuchu: 2 receitas fit

O suflê de chuchu é o preparo perfeito para quem está de dieta, ainda mais se for feito com o Chuchu Orgânico Taeq! É um prato saboroso, pouco calórico,...

> Leia mais
Para que serve o ômega 3

Para que serve o ômega 3 Para que serve o ômega 3

Encontrado em diferentes peixes (salmão, cavala, atum, sardinha, arenque), castanhas e sementes, o ômega 3 é um tipo de ácido graxo essencial (uma gordura...

> Leia mais
Café faz bem: 7 benefícios da bebida

Café faz bem: 7 benefícios da bebida Café faz bem: 7 benefícios da bebida

Tomar café regularmente de forma moderada (no máximo, 3 xícaras por dia) pode trazer uma série de benefícios para a saúde, sabia? Isso porque a bebida é...

> Leia mais
Arginina: para que serve e onde encontrar

Arginina: para que serve e onde encontrar Arginina: para que serve e onde encontrar

As refeições diárias estão cheias de nutrientes essenciais e superimportantes que nem imaginamos, como é o caso da arginina! Essa substância está presente no...

> Leia mais
Barra de frutas: o que é e como consumir

Barra de frutas: o que é e como consumir Barra de frutas: o que é e como consumir

A barra de frutas é uma fonte de energia e tanto, principalmente em dias mais corridos! Incluir o alimento no cardápio é sinônimo de saúde e saciedade para o...

> Leia mais
Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Ótimo para preparar vitaminas, smoothies e incrementar saladas, o iogurte natural é um ingrediente bem nutritivo que ajuda a manter o organismo em...

> Leia mais
Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Você já conhece o sabor do patê de berinjela? Além de todos os benefícios que o alimento apresenta para o organismo, o legume também agrada o paladar de um...

> Leia mais