Chorar faz bem para a saúde? Saiba os benefícios de não guardar emoções

Você chora muito? Seja por bons ou maus motivos, dores ou felicidades, chorar é um ato natural e muito saudável para o bem-estar
Você chora muito? Seja por bons ou maus motivos, dores ou felicidades, chorar é um ato natural e muito saudável para o bem-estar

"Chora, chora que faz bem...". Quem nunca foi consolado dessa forma por amigos ou familiares em momentos de grande emoção? Mas, independente do motivo, seja por bons ou maus sentimentos, na alegria ou na tristeza, na dor ou na felicidade, chorar é um ato natural, quase intrínseco ao ser humano e extremamente saudável para a nossa vida. Por isso, descubra aqui boas razões para não guardar todas as emoções para dentro de si.

De forma lúdica, o senso comum diz que "chorar lava a alma". Bem, talvez não seja exatamente isso que aconteça, mas o fato é que o choro faz uma espécie de descarga emocional, trazendo sensação de bem-estar, relaxamento e alívio. Segundo a psicóloga Stèphanie Kriger, chorar faz bem sim, além de ser uma forma de comportamento que expressa um determinado estado emotivo, ajudando a entendê-lo e reagir a ele:

"O choro de tristeza emite uma mensagem de desamparo, necessidade de atenção e ajuda na redução da agressão, portanto, auxilia com que necessidades da pessoa que chora sejam atendidas. Choramos também em solidariedade ao outro, quando sentimos empatia pelo sofrimento de alguém, muitas vezes temos essa reação, e isso pode ajudar o outro a se sentir compreendido e amparado. Por isso, chorar faz bem tanto fisiologicamente quanto socialmente", explica a profissional.

Por que não devemos prender o choro o tempo todo?

É certo que, durante a vida, nós precisamos, em alguns momentos, "engolir" as emoções, mas isso não significa não senti-las. Segundo a Dra. Stèphanie, no entanto, é preciso detectá-las, percebê-las, e compreendê-las. De acordo com a psicóloga, guardar as emoções sempre significa se anular e não atentar-se ao que elas estão querendo comunicar:

"As emoções servem como sinalizadores para a gente. Precisamos ouvir o que elas têm a dizer e agir da melhor maneira que as respeite também, isso faz com que haja um auto respeito e, socialmente, ela também auxiliam um convívio melhor entre as pessoas. Claro, precisamos deixar que as emoções apareçam, "ouvi-las", e adotar um comportamento adequado e respeitoso, para conosco e para com os outros", analisa a Dra. Stèphanie.

Externar as emoções faz bem para a saúde: Conheça 3 benefícios

Chorar, sorrir, sentir medo e até raiva, todo e qualquer sentimento tem uma função importante no nosso dia a dia. Por exemplo, o medo pode te prevenir de alguma ameaça, a tristeza leva à reflexão, o sorriso traz a sensação de bem-estar. "Deixar nossas emoções aparecerem é uma forma de compreendermos melhor uma situação e até de reagirmos a ela de maneira adaptada", completa a psicóloga que apresenta os benefícios dessa prática. Confira:

- Autoconhecimento: Quando a emoção é constante, seja ela qual for, já saberemos como vamos agir, embora a intensidade possa variar bruscamente. Aprendemos a lidar de maneira positiva com as mais diversas situações, principalmente naquelas que somos "testados", como um momento de raiva.

- Alivia o estresse e a tensão: Se a situação parece difícil, liberar o choro, por exemplo, pode diminuir esse sentimento, acalmar e fazer com que, de certa forma, a tristeza dê uma trégua. Ou, podemos olhar pelo outro lado, sorrir e procurar algo que distraia, também vai funcionar como um alívio para a situação.

- Melhora o humor: Seja as emoções positivas ou "negativas", após passarmos por ela e externá-las de maneira correta, teremos a sensação de bem-estar, melhorando o nosso humor e, consequentemente, as nossas ações no dia a dia.

* Stèphanie Krieger (CRP 05/45870) é psicóloga e doutoranda em Psicologia Social pela UERJ e Psicoterapeuta Cognitivo-Comportamental. Saiba mais sobre o seu trabalho no site: br.mundopsicologos.com/consultorios/stephanie-krieger



Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Culinária espanhola: 5 comidas que além de deliciosas são muito saudáveis

Culinária espanhola: 5 comidas que além de deliciosas são muito saudáveis Culinária espanhola: 5 comidas que além de deliciosas são muito saudáveis

Você já experimentou algum prato da culinária espanhola? Quem gosta de frutos do mar, batatas, temperos e especiarias diferentes costuma amar essa...

> Leia mais
Gordura é doença? Saiba por que é possível ser gordo e saudável

Gordura é doença? Saiba por que é possível ser gordo e saudável Gordura é doença? Saiba por que é possível ser gordo e saudável

Na maioria das vezes, pessoas que se encontram acima do peso são taxadas de "não saudáveis" e vistas socialmente como gulosas e desleixadas com a saúde. Mas...

> Leia mais
Como comer rabanete? 4 ideias para preparar a hortaliça

Como comer rabanete? 4 ideias para preparar a hortaliça Como comer rabanete? 4 ideias para preparar a hortaliça

Quem ainda não conseguiu incluir o rabanete no seu cardápio diário não sabe o que está perdendo! Além de ser superversátil, essa hortaliça é essencial para a...

> Leia mais
Açúcar mascavo: os benefícios de usá-lo no lugar do demerara ou refinado

Açúcar mascavo: os benefícios de usá-lo no lugar do demerara ou refinado Açúcar mascavo: os benefícios de usá-lo no lugar do demerara ou refinado

Na hora de adoçar sucos, cafés, vitaminas, bolos, mousses e outras receitas, muitas pessoas tendem a recorrer ao açúcar branco - que é um dos maiores vilões...

> Leia mais
O que é goma guar e como usá-la para fazer uma gelatina mais saudável

O que é goma guar e como usá-la para fazer uma gelatina mais saudável O que é goma guar e como usá-la para fazer uma gelatina mais saudável

Muitas pessoas nunca ouviram falar na goma guar e não fazem ideia de quais são as suas utilidades e benefícios. Se você for vegano e estiver lendo essa...

> Leia mais
Sesamina e sesamolina: conheça esses antioxidantes presentes no óleo de gergelim

Sesamina e sesamolina: conheça esses antioxidantes presentes no óleo de gergelim Sesamina e sesamolina: conheça esses antioxidantes presentes no óleo de gergelim

Muito usada para enfeitar pães, saladas e biscoitos, a semente de gergelim é bem saborosa e nutritiva: além de fonte de cálcio, zinco, magnésio, fósforo,...

> Leia mais
Ricota de kefir: aprenda a preparar a receita dessa alternativa ao queijo

Ricota de kefir: aprenda a preparar a receita dessa alternativa ao queijo Ricota de kefir: aprenda a preparar a receita dessa alternativa ao queijo

Se você ainda não sabe o que é kefir, não sabe o que está perdendo! Esse é um dos alimentos mais ricos em propriedades nutritivas e benéficos para o...

> Leia mais
Comidas de domingo saudáveis para desfrutar em família

Comidas de domingo saudáveis para desfrutar em família Comidas de domingo saudáveis para desfrutar em família

Reunir a família toda no almoço de domingo é um hábito bem bonito, né? Afinal, manter contato com tios, avós e primos no dia a dia é algo bem difícil. O...

> Leia mais
Qual a postura correta para trabalhar sentado? Veja dicas e dê adeus à dor

Qual a postura correta para trabalhar sentado? Veja dicas e dê adeus à dor Qual a postura correta para trabalhar sentado? Veja dicas e dê adeus à dor

Se você trabalha sentado (de frente para o computador, por exemplo) é possível que já tenha sentido dores nas costas, ombros, pescoço e até mesmo nos braços...

> Leia mais
Frutas com i: ingá, ilama e mais! 4 alimentos com essa letra encontrados no país

Frutas com i: ingá, ilama e mais! 4 alimentos com essa letra encontrados no país Frutas com i: ingá, ilama e mais! 4 alimentos com essa letra encontrados no país

O Brasil é um dos maiores produtores de frutas do mundo: são mais de 30 milhões de toneladas por ano e 2,3 milhões de hectares dedicados ao seu cultivo. Por...

> Leia mais