Chá de melissa: para que serve e como preparar

Chá de melissa (erva-cidreira) apresenta uma forte ação calmante, digestiva, anti-inflamatória, diurética e antioxidante
Chá de melissa (erva-cidreira) apresenta uma forte ação calmante, digestiva, anti-inflamatória, diurética e antioxidante

Bem leve, aromático e rico em propriedades medicinais, o chá de melissa é uma ótima bebida para tomar à noite. A planta melissa, também conhecida como erva-cidreira, é originária da Ásia e pertence à mesma família do hortelã e do boldo - sendo geralmente utilizada no preparo de infusões ricas em nutrientes. Ela tem um leve aroma de limão, por conta da presença do limoneno (um tipo de terpeno antioxidante) em suas folhas. Quer saber mais sobre esse tipo de chá, seus benefícios e como prepará-lo de forma simples? É só continuar lendo!

Chá de melissa: para que serve?

Além de ser uma bebida bem simples de preparar (basta fazer a infusão da folha), o chá de melissa se destaca por ser altamente nutritivo. Isso porque a erva é rica em vitaminas A, do complexo B, C e minerais como cálcio, ferro, potássio, fósforo e magnésio. Por isso, ela faz muito bem para o sistema imunológico, ajuda a prevenir gripes e resfriados, fortalece os ossos, músculos e traz uma série de outros benefícios. Confira outras vantagens desse tipo de chá:

Ajuda a combater insônia e ansiedade

O grande diferencial do chá de melissa é que ele apresenta um forte efeito calmante. Ele é rico em flavonoides e óleos essenciais que relaxam o corpo, diminuem o estresse e a ansiedade, gerando um efeito sedativo que é ótimo para quem tem dificuldade para dormir. O polifenol ácido rosmarínico, presente na melissa, também tem participação nesse quesito, pois influencia neurotransmissores relacionados aos níveis de ansiedade.

Tem ação antioxidante, digestiva, diurética e anti-inflamatória

Por conter um alto teor de vitaminas A, do complexo B e polifenóis, que cumprem ação antioxidante, o chá também ajuda a fortalecer a saúde da pele. Ele também dispõe de propriedades digestivas, diuréticas e anti-inflamatórias. Ou seja, ajuda a eliminar as toxinas do organismo, evitando o acúmulo de líquidos, além de combater possíveis dores.

Novamente, o ácido rosmarínico cumpre importante função. O artigo "Avaliação do Potencial Antinoceptivo e Anti-inflamatório do Ácido Rosmarínico" , da Universidade Federal de Santa Catarina, demonstrou que a substância apresenta um forte efeito anti-inflamatório e antinoceptivo (redução da dor). Interessante, né?

Melhora as funções cognitivas

O chá de melissa também ajuda bastante no funcionamento do sistema nervoso como um todo. Isso porque ele fornece vitaminas B1, B2, B3, B5, B6 e polifenóis importantes para as funções cognitivas - melhorando a capacidade de memória, concentração e funcionando como um possível aliado fitoterápico para o tratamento do mal de Alzheimer.

Ajuda a tratar dores de cabeça e cólicas

Para amenizar cólicas intensas, enxaquecas e desconfortos abdominais, o chá de melissa também é um grande aliado! Por conter substâncias como ácido rosmarínico e outros polifenóis, a erva tem uma ação analgésica e anti-inflamatória bem intensa.

Como fazer chá de melissa?

Para fazer um chá de melissa bem nutritivo, o ideal é usar folhas frescas para fazer uma infusão e tomar logo em seguida, usufruindo ao máximo dos seus benefícios. Uma boa dica, inclusive, é ter uma muda da Melissa officinalis (erva-cidreira) em um vasinho na sua horta caseira. Assim, você pode preparar o chá sempre que quiser!

Ingredientes

- 3 ou 4 folhas de melissa

- 300 ml de água fervida

Para preparar, basta colocar as folhas de melissa dentro de uma xícara e, em seguida, despejar a água fervendo. Tampe a xícara com um pratinho e espere 5 minutos, para que ocorra a infusão. Passado esse tempo, é só tomar!

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Ótimo para preparar vitaminas, smoothies e incrementar saladas, o iogurte natural é um ingrediente bem nutritivo que ajuda a manter o organismo em...

> Leia mais
Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Você já conhece o sabor do patê de berinjela? Além de todos os benefícios que o alimento apresenta para o organismo, o legume também agrada o paladar de um...

> Leia mais
Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista

Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista

Já ouviu falar da dieta cetogênica? Em outras palavras, as pessoas que seguem esse cardápio diferenciado se adequam a uma dieta sem carboidrato. É uma...

> Leia mais
Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição

Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição

Conciliar um café da manhã saudável com uma rotina mais corrida não precisa ser um problema. Você sabia que existem opções nutritivas bem rápidas de...

> Leia mais
Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento

Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento

Muito usado no preparo de saladas, refogados, molhos (como o vinagrete), risotos e moquecas, o pimentão verde é um tipo de vegetal bem nutritivo e saboroso,...

> Leia mais
Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde?

Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde? Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde?

Para reduzir o consumo de carboidratos, muita gente prefere evitar pães (e outras massas) e dar preferência a receitas com tapioca nos lanches. Mas será que...

> Leia mais
Leite de castanha do pará: como fazer e quais são seus benefícios

Leite de castanha do pará: como fazer e quais são seus benefícios Leite de castanha do pará: como fazer e quais são seus benefícios

Que tal fazer leite de castanha do Pará para aproveitar os benefícios da oleaginosa? É sempre bom ter opções diferentes de receitas para incluir na rotina...

> Leia mais
Ervilha congelada: 3 receitas simples para o dia a dia

Ervilha congelada: 3 receitas simples para o dia a dia Ervilha congelada: 3 receitas simples para o dia a dia

Quantas receitas com ervilha você conhece? E com ervilha congelada? Apesar da enorme praticidade que o legume apresenta, nem todos sabem como usá-lo no dia a...

> Leia mais
Tipos de tomate: conheça as diferenças entre eles

Tipos de tomate: conheça as diferenças entre eles Tipos de tomate: conheça as diferenças entre eles

Você sabe quais e quantos são os tipos de tomate? A famosa fruta compõe as mais variadas receitas de saladas e é um dos orgânicos queridinhos para...

> Leia mais
Geleia de pimenta combina com o que? 4 dicas de acompanhamentos

Geleia de pimenta combina com o que? 4 dicas de acompanhamentos Geleia de pimenta combina com o que? 4 dicas de acompanhamentos

De sabor adocicado levemente picante, a geleia de pimenta é um ótimo acompanhamento para lanches com queijos, pães e carnes, pois concede um toque mais...

> Leia mais