Cardápio crudívoro: as dicas para montar uma dieta com ingredientes crus

Para seguir uma dieta crudívora (na linha da alimentação viva), você pode consumir diferentes alimentos crus, como folhas, legumes, frutas, grãos e oleaginosas
Para seguir uma dieta crudívora (na linha da alimentação viva), você pode consumir diferentes alimentos crus, como folhas, legumes, frutas, grãos e oleaginosas
Luciana Novaes

Consultor:

Luciana Novaes

Nutricionista mestre em Saúde Pública pela FIOCRUZ com especialização em Saúde Materna e Infantil e Nutrição Clínica e Estética pelo IPGS

Na busca por um estilo de vida saudável, muitas pessoas optam por fazer dietas restritivas e diferenciadas (cortando alimentos industrializados, por exemplo) que podem ser muito benéficas. A dieta crudívora, por exemplo, propõe uma alimentação 100% natural, com o consumo de alimentos crus e, de preferência, sem gordura. Para saber mais sobre esse tipo de alimentação, nós conversamos com a nutricionista Luciana Novaes, que deu ótimas dicas para montar um cardápio crudívoro. Ela também falou mais sobre os benefícios dessa alimentação e os cuidados que devemos ter com esse tipo de dieta. Confira!

O que é dieta crudívora e quais alimentos podem ser usados no cardápio?

Para quem não conhece, a dieta crudívora (também conhecida como raw food ou dieta crua), consiste basicamente no consumo de alimentos crus (geralmente vegetais e alguns peixes), seguindo a linha da alimentação viva. A proposta dessa dieta é cortar ao máximo os alimentos ultraprocessados e buscar uma alimentação que seja o mais natural possível. A melhor parte é que, seguindo essa filosofia, é possível viver bem e de forma saudável.

De acordo com a nutricionista Luciana Novaes, são muitos os alimentos que podem ser usados na dieta crudívora. "Não há uma definição exata de quais alimentos são permitidos em uma dieta de alimentos crus. Existem variações e, normalmente, são escolhidos aqueles que podem ser consumidos sem a necessidade de passar por algum tipo de cozimento, como raízes, frutas, oleaginosas (como nozes e castanhas), sementes, grãos germinados, alimentos fermentados e óleos prensados a frio. Mesmo assim, não há restrições com relação ao tipo de alimento que pode ser consumido cru. Alguns praticantes desse estilo de vida consomem laticínios que não passaram por processo de pasteurização e mel, por exemplo. No entanto, a maioria opta por uma dieta vegetariana", explica.

Como fazer um cardápio crudívoro?

Caso você queira seguir a linha da alimentação viva (incluindo alimentos crus na dieta), o ideal é pensar em receitas diferentes (de saladas e sucos, por exemplo) para ir variando. A nutricionista dá dicas de como planejar um bom cardápio crudívoro para preparar no dia a dia. "No café da manhã, pode ser utilizado o suco verde, leites vegetais ou bebidas fermentadas de sementes germinadas, conhecidas como rejuvelac. As frutas também podem compor o cardápio. No almoço e jantar, uma boa dica é utilizar mais saladas de folhas, podendo acrescentar frutas e flores comestíveis, grãos germinados, legumes e tubérculos que podem ser consumidos crus (como cenoura e batata yacon). Basicamente, não haverá tanta diferença entre os alimentos consumidos nessas refeições, o que mudará será a forma de prepará-los", recomenda Luciana.

Dieta crudívora: receitas para preparar no dia a dia

Para que você se anime a explorar melhor a dieta crudívora, a nutricionista Luciana Novaes recomendou duas receitas bem simples, saborosas e nutritivas para fazer em casa. Vale a pena conferir!

Salada germinada

Ingredientes

- 2 xícaras de lentilha ou feijão germinado

- ½ xícara de tomate cereja

- ½ xícara de broto de alfafa

- ½ xícara de flores comestíveis

- 1 colher de sopa de azeite de oliva extra virgem

- Sal (opcional) ou temperos naturais como cebolinha, salsinha, alho, cúrcuma e páprica

- 1 colher de chá de óleo de gergelim torrado

- 1 colher de sopa de suco de limão

Modo de preparo

Lave bem a lentilha ou o feijão e deixe de molho em água filtrada por até 4 horas. Escorra a água e enxágue várias vezes. Deixe os grãos em um recipiente coberto com um pano por 3 dias, enxaguando 2 vezes ao dia. Com isso eles ficarão germinados. Tempere os grãos germinados com o azeite, o limão e o sal. Reserve. Corte os tomatinhos ao meio e coloque-os junto com as flores em volta do prato. Ponha as lentilhas germinadas já temperadas no centro do prato e, por cima, distribua o broto de alfafa

Suco verde

Ingredientes

- 1 fatia de abacaxi ou suco de 1 laranja

- 1 maçã

- 1 folha de couve

- Lascas de gengibre

- ½ cenoura pequena

- 6 folhas de hortelã

- 1 colher (sopa) de linhaça

Modo de preparo

Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva sem coar.

Quais são os benefícios da dieta crudívora?

Apesar de ser uma dieta ligeiramente difícil de colocar em prática (afinal, é necessário pensar em alternativas para não deixar o cardápio monótono e enjoativo), a dieta crudívora tende a trazer muitos benefícios. De acordo com a nutricionista Luciana Novaes, são muitos os benefícios dos ingredientes usados no cardápio crudívoro.

Ajuda na perda de peso, no controle do colesterol e do índice glicêmico

"Por utilizar muitos alimentos vegetais crus, é uma dieta que colabora para o controle do ganho de peso, melhora o funcionamento do intestino pela sua quantidade de fibras, auxilia o funcionamento do organismo, diminuindo o colesterol e os níveis de glicose no sangue", afirma a profissional.

É fonte de substâncias antioxidantes

"Esses alimentos também são excelentes fontes de antioxidantes protegendo o corpo contra radicais livres e envelhecimento precoce. Além disso, auxiliam a prevenir doenças, como alguns tipos de câncer", destaca Luciana.

Propõe o corte de alimentos ultraprocessados

"Outra vantagem está em não comer alimentos ultraprocessados, que prejudicam a saúde por conterem aditivos químicos e altas quantidades de açúcar, sódio e gorduras", ressalta a nutricionista.

Consulte um nutricionista antes de apostar na dieta crudívora

Vale destacar, no entanto, que antes de tomar qualquer decisão relativa à alimentação, é de suma importância consultar um nutricionista. De acordo com Luciana, esse é um ponto fundamental para montar um cardápio crudívoro saudável. "Toda mudança alimentar que impõe grandes restrições precisa ser feita com acompanhamento de um nutricionista, principalmente para quem se alimenta só de fontes vegetais. Quando esse consumo mostra desequilíbrio entre os nutrientes - e não atinge as recomendações de saúde - costuma desencadear vários problemas no funcionamento do corpo. Os mais comuns são perda de massa óssea, deficiências de vitamina D, ferro, vitamina B12 e baixa ingestão de proteína", explica a nutricionista.

"O acompanhamento com um nutricionista será importante para ajustar os nutrientes na dieta e utilizar, de forma correta, suplementos alimentares, quando estes forem necessários. Isso se torna imprescindível no caso de pessoas que já apresentem algum tipo de doença", complementa Luciana.

Por fim, a nutricionista também atenta para a importância de lavar bem os alimentos antes do consumo. Isso porque, como a comida será consumida crua, é necessário fazer uma higienização caprichada para eliminar sujeiras e microrganismos. "Também é importante que haja atenção com a higienização dos alimentos crus, já que o calor (usado quando há cozimento) traz a vantagem de diminuir a contaminação por uma série de microrganismos", finaliza.

Mais noticias com...
Receitas:
Couve
Ver Mais

Últimas Matérias

Como aumentar hemoglobina com a alimentação

Como aumentar hemoglobina com a alimentação Como aumentar hemoglobina com a alimentação

Você sabe o que é hemoglobina? Essa proteína está dentro dos nossos glóbulos vermelhos e é a responsável pela cor do nosso sangue. Considerada...

> Leia mais
Quem tem gastrite pode comer ovo? E tapioca? Saiba o que deve ou não ser evitado

Quem tem gastrite pode comer ovo? E tapioca? Saiba o que deve ou não ser evitado Quem tem gastrite pode comer ovo? E tapioca? Saiba o que deve ou não ser evitado

Montar uma dieta para quem tem gastrite pode ser um pouco desafiador - afinal, é necessário cortar alimentos muito ácidos, gordurosos, frituras e outros que...

> Leia mais
5 alimentos que não contêm ferro e são pouco indicados para quem tem anemia

5 alimentos que não contêm ferro e são pouco indicados para quem tem anemia 5 alimentos que não contêm ferro e são pouco indicados para quem tem anemia

Para ter uma dieta rica em ferro é muito importante incluir ingredientes específicos no cardápio - como carnes (principalmente miúdos), leguminosas e...

> Leia mais
Cana-da-índia: para que serve em termos nutricionais? Conheça suas vantagens

Cana-da-índia: para que serve em termos nutricionais? Conheça suas vantagens Cana-da-índia: para que serve em termos nutricionais? Conheça suas vantagens

A cana-da-índia ou canna indica é um tipo de PANC (Planta Alimentícia Não Convencional) existente em várias versões - com flores amarelas, avermelhadas,...

> Leia mais
O que é tabule? Ele engorda? Tire suas dúvidas sobre essa salada de origem árabe

O que é tabule? Ele engorda? Tire suas dúvidas sobre essa salada de origem árabe O que é tabule? Ele engorda? Tire suas dúvidas sobre essa salada de origem árabe

Se você sempre se perguntou o que é tabule, saiba que esse é um prato originário do Líbano, feito à base de triguilho, o famoso trigo para quibe. Com sabor...

> Leia mais
4 séries sobre alimentação saudável que valem a pena conhecer

4 séries sobre alimentação saudável que valem a pena conhecer 4 séries sobre alimentação saudável que valem a pena conhecer

Você também faz parte do time que ama assistir a filmes, séries e documentários sobre culinária? Consumir esse tipo de conteúdo é ótimo para aprender mais...

> Leia mais
Pepino é fruta ou legume? Saiba tudo sobre esse alimento nutritivo

Pepino é fruta ou legume? Saiba tudo sobre esse alimento nutritivo Pepino é fruta ou legume? Saiba tudo sobre esse alimento nutritivo

É muito provável que você já tenha visto o pepino daquela forma clássica, com duas rodelas sob os olhos de alguém para uma limpeza de pele caseira. Mas os...

> Leia mais
Nuggets vegano existe! Como fazer essa versão sem ingredientes de origem animal

Nuggets vegano existe! Como fazer essa versão sem ingredientes de origem animal Nuggets vegano existe! Como fazer essa versão sem ingredientes de origem animal

Você sabia que é possível preparar uma receita de nuggets vegano feita à base de grão-de-bico, legumes e diferentes temperos? Em vez de apostar na versão...

> Leia mais
5 vegetais amargos que você precisa experimentar

5 vegetais amargos que você precisa experimentar 5 vegetais amargos que você precisa experimentar

Alimentos amargos costumam ser apreciados por quem tem o paladar bem seletivo e diferenciado. Apesar de muita gente torcer o nariz, entretanto, muitos...

> Leia mais
Suco de batata-doce ajuda o refluxo! Aprenda a prepará-lo e os seus benefícios

Suco de batata-doce ajuda o refluxo! Aprenda a prepará-lo e os seus benefícios Suco de batata-doce ajuda o refluxo! Aprenda a prepará-lo e os seus benefícios

Você já experimentou alguma receita de suco de batata-doce? Rica em fibras, potássio, cálcio e carboidratos, essa bebida funciona como excelente fonte de...

> Leia mais