Cará ou inhame? Entenda suas diferenças e benefícios

Tanto o inhame quanto o cará são alimentos ricos em ferro, vitaminas do complexo B e outros nutrientes fundamentais para o organismo
Tanto o inhame quanto o cará são alimentos ricos em ferro, vitaminas do complexo B e outros nutrientes fundamentais para o organismo

Por conta da similaridade entre os dois, muita gente acaba confundindo o inhame com o cará. Afinal, ambos fazem parte da mesma família de legumes e são muito difíceis de diferenciar. Mas é importante destacar que eles têm diferenças bem relevantes, tanto na aparência quanto em termos nutritivos. Para que você não se engane na hora das compras, a gente listou algumas diferenças e também os benefícios de cada uma dessas raízes.

Inhame é mais rico em potássio

Uma das principais diferenças entre essas duas raízes é o fato de que o inhame tem quase o dobro de potássio, um mineral fundamental para o nosso organismo. Essa substância é importante para o ganho de massa muscular, além de evitar o surgimento das temidas cãibras - comum em quem pratica exercícios físicos com muita frequência e em grande intensidade. Além disso, o potássio também ajuda a prevenir doenças cardiovasculares e também atua como regulador do metabolismo. Para além do inhame, existem outros alimentos ricos nesse mineral, tais como a banana e o abacate.

Outro aspecto positivo do inhame é que ele também possui uma concentração maior de fósforo - outro mineral fundamental para o organismo, pois atua junto com o cálcio fortalecendo os ossos e os dentes, além de auxiliar na digestão e no bom funcionamento das células cerebrais.

Cará é uma fonte maior de fibras

A grande concentração de fibras é um dos maiores benefícios do cará. Esse nutriente, também muito presente nas oleaginosas e grãos integrais, é muito importante para o sistema digestório do corpo. Isto porque ele auxilia no funcionamento do intestino e também garante uma sensação prolongada de saciedade, o que faz com que você coma de forma mais regrada e espaçada, sem exageros. Além disso, o cará é um alimento altamente nutritivo, pouco calórico e rico em carboidratos.

Ambos são ricos em ferro e vitaminas do complexo B

Outro fator que merece destaque é o fato de que os dois são ricos em ferro, que é um componente fundamental da hemoglobina, responsável pelo transporte de oxigênio no organismo. Quando está em falta, essa substância pode causar anemia e outros problemas de saúde.

Além de serem uma fonte importante de ferro, o inhame e o cará também têm grande concentração de vitaminas do complexo B. Ou seja, são fundamentais para a saúde do sistema nervoso, aumentam a energia do corpo e também melhoram o metabolismo. Além disso, essas vitaminas também são essenciais para prevenir problemas como cansaço ou perda de memória, que estão diretamente ligados à saúde mental.

Apesar de parecidos, eles têm formatos e tamanhos distintos

Se você não quer correr o risco de comprar um legume no lugar do outro, é importante se ater às diferenças que eles têm: o cará costuma ser mais comprido, fino e possui menos pelinhos em volta. Já o inhame possui um formato mais arredondado e uma quantidade maior de pelinhos. Fora esse fator, essas raízes também podem variar em termos de cor: existem inhames e carás com polpa roxa, amarela, branca ou até mesmo rosada. As raízes de coloração roxa, em especial, contam com o pigmento antocianina, que é um tipo importante de antioxidante, além de atuar como anti-inflamatório natural.

Inhame e cará são geralmente usados em sopas

Tanto o inhame quanto o cará são duas raízes muito usadas no preparo de sopas. Uma boa dica, inclusive, é preparar ensopados com vários legumes: cenoura, batata, mandioca, chuchu e até mesmo algumas folhas, para deixar o caldo mais nutritivo. Você também pode usar o inhame (ou o cará) para preparar sucos refrescantes com algumas frutas - a combinação com o limão, por exemplo, fica deliciosa. No entanto, essas raízes são geralmente consumidas durante o almoço ou jantar, cozidos em pedaços pequenos, junto com a comida, ou em sopas. Fica por sua conta escolher a receita que preferir!

Mais noticias com...
Receitas:
Batata
Ver Mais

Últimas Matérias

Abrótano: para que serve e como consumir essa planta fitoterápica

Abrótano: para que serve e como consumir essa planta fitoterápica Abrótano: para que serve e como consumir essa planta fitoterápica

Você já ouviu falar no abrótano? De nome científico Artemisia abrotanum, essa planta medicinal é muito usada no preparo de chás. Ela é originária da Ásia,...

> Leia mais
Quer comer melhor? Aprenda a adaptar receitas para fazer pratos mais saudáveis

Quer comer melhor? Aprenda a adaptar receitas para fazer pratos mais saudáveis Quer comer melhor? Aprenda a adaptar receitas para fazer pratos mais saudáveis

Existem algumas receitas saborosas - como frituras e doces - que acabam sendo muito calóricas e maléficas para o organismo. Isso porque elas são fontes de...

> Leia mais
Como fazer feijão e grão-de-bico? As dicas para preparar leguminosas sem erros

Como fazer feijão e grão-de-bico? As dicas para preparar leguminosas sem erros Como fazer feijão e grão-de-bico? As dicas para preparar leguminosas sem erros

Para quem é vegano ou vegetariano é muito importante incluir leguminosas no cardápio diário. Elas são fontes importantes de ferro, proteínas e garantem uma...

> Leia mais
Unha de gato: o que é e para que serve essa planta medicinal

Unha de gato: o que é e para que serve essa planta medicinal Unha de gato: o que é e para que serve essa planta medicinal

Pertencente ao universo das plantas medicinais, a unha de gato é uma erva muito usada em tratamentos fitoterápicos - sendo consumida em forma de chá ou...

> Leia mais
Desafio: viciada em refrigerante fica 7 dias sem a bebida e conta o que mudou

Desafio: viciada em refrigerante fica 7 dias sem a bebida e conta o que mudou Desafio: viciada em refrigerante fica 7 dias sem a bebida e conta o que mudou

Com que frequência você bebe refrigerante? No caso da cineasta Nathália Souza, de 26 anos, a resposta é "todos os dias". "Na época de faculdade bebia de duas...

> Leia mais
Qual o melhor horário para tomar sol? Saiba como absorver mais vitamina D

Qual o melhor horário para tomar sol? Saiba como absorver mais vitamina D Qual o melhor horário para tomar sol? Saiba como absorver mais vitamina D

Você já deve ter ouvido falar sobre a importância de tomar sol. Afinal, a exposição aos raios solares ativa a produção de vitamina D que, por sua vez,...

> Leia mais
Comida coreana: 4 pratos dessa gastronomia, que vem se popularizando no Brasil

Comida coreana: 4 pratos dessa gastronomia, que vem se popularizando no Brasil Comida coreana: 4 pratos dessa gastronomia, que vem se popularizando no Brasil

Experimentar pratos de culinárias diferentes é sempre algo interessante. As comidas coreanas, em especial, vêm se popularizando bastante no Brasil -...

> Leia mais
Como reduzir o sabor amargo dos vegetais durante o seu preparo

Como reduzir o sabor amargo dos vegetais durante o seu preparo Como reduzir o sabor amargo dos vegetais durante o seu preparo

Existem muitos vegetais - como jiló, berinjela e agrião - que têm um sabor mais amargo e, por isso, não agradam o paladar de muitas pessoas (principalmente o...

> Leia mais
GPA adota bandejas biodegradáveis em produtos das marcas Taeq e Qualitá

GPA adota bandejas biodegradáveis em produtos das marcas Taeq e Qualitá GPA adota bandejas biodegradáveis em produtos das marcas Taeq e Qualitá

Você sabia que o plástico leva 100 anos para se decompor na natureza e que o tempo do isopor é indeterminado? Foi pensando no bem-estar do nosso planeta que...

> Leia mais
5 receitas lights que você pode preparar sem medo

5 receitas lights que você pode preparar sem medo 5 receitas lights que você pode preparar sem medo

Para quem quer seguir um estilo de vida mais saudável - com alimentos leves e nutritivos - uma boa dica é procurar por receitas lights. O problema é que...

> Leia mais