Bom ou ruim? Os alimentos polêmicos que muita gente não sabe se fazem bem ou mal

Ovo, café e carne vermelha são alguns alimentos considerados polêmicos, mas que não fazem tão mal como muita gente pensa
Ovo, café e carne vermelha são alguns alimentos considerados polêmicos, mas que não fazem tão mal como muita gente pensa

Hoje em dia não é tão difícil saber se um alimento faz mal ou faz bem para o nosso corpo. Mesmo assim, por existir muita informações controversa e alguns alimentos serem mais acessíveis e consumidos do que outros, muitas pessoas não sabem ao certo no que devem acreditar! Para acabar de uma vez por todas com essas dúvidas, nós elaboramos uma lista dos alimentos mais polêmicos quanto aos seus benefícios e malefícios ao corpo. Confira!

Ovo traz ótimos benefícios, quando preparado da forma correta

O ovo é definitivamente um dos alimentos mais polêmicos quanto aos malefícios e benefícios de seu consumo. Mas acredite: a má reputação desse alimento é uma falácia! Na verdade, o maior problema do consumo de ovos está na sua forma de preparo. Se você fizer um ovo frito no óleo, por exemplo, o vilão da questão será o óleo e não o ovo.

Na verdade, ele é um dos maiores aliados de uma alimentação saudável por ser fonte de vitaminas, minerais e proteínas (presentes na sua clara). Além de também ser benéfico para a saúde dos olhos, ter propriedades que reduzem o risco de câncer de mama e ter como uma de suas principais substâncias a colina (presente na gema) - essencial para o funcionamento das células e do cérebro. O único cuidado que você deve ter é quanto a quantidade ingerida! Apesar de todos os seus pontos positivos, o ovo também contém grandes quantidades de colesterol - cerca de 373 mg por 100 g - o que pode provocar o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, um dos maiores temores de qualquer brasileiro.

Café é termogênico, mas cafeína deve ser consumida com parcimônia

Pode ficar tranquilo, a segunda bebida mais consumida entre os brasileiros (somente a água o deixa para trás), faz bem à saúde! A maior dúvida em questão relaciona-se à cafeína (esse grão é umas das principais fontes da substância). Se ingerida em altas quantidades, ela estimula a ansiedade, a insônia e o estresse, por exemplo. No entanto, isso já enfatiza o erro: o problema está no excesso, e não no consumo em si. De acordo com os nutricionistas, a quantidade ideal é de 3 a 4 xícaras por dia. O café é um grão termogênico (acelera o metabolismo e aumenta o gasto calórico do corpo), tem características analgésicas (amenizando possíveis dores), mantém o cérebro em alerta e ainda fortalece a memória. Você não vai deixar de consumi-lo né?

Carne vermelha possui nutrientes não tão fáceis de substituir

Além de toda a conscientização que devemos ter em relação ao consumo excessivo dos alimentos, a ideia de que a carne pode ser maléfica ao organismo também tem a ver com a sua procedência. Isto é, em muitos estabelecimentos a falta de higiene sanitária faz com que ela cause mal-estar em quem a consome, embora a culpa não seja do alimento em si. Ao mesmo tempo, o Brasil é um dos países que mais consome carne vermelha no mundo, e esse excesso é combatido pela própria OMS (Organização Mundial da Saúde).

Em quantidades moderadas, é bom lembrar que a carne vermelha é uma fonte ideal de proteínas, aminoácidos essenciais, ferro e diversos minerais que o seu corpo necessita. É mito, inclusive, afirmar que esse tipo de carne não faz falta ao organismo. Para substituí-la, você deve consumir outros alimentos capazes de repor a carência de nutrientes que ela fornece, e para isso é necessário consultar um nutricionista e estar ciente que será preciso investir mais dinheiro na nova dieta.

Açúcar deve ser consumido através de alimentos mais naturais

Um dos principais carboidratos associados a obesidades, diabetes, hipoglicemias e doenças crônicas; o açúcar é bem polêmico e, ao mesmo tempo, a principal forma fornecer glicose (fonte de energia) para o corpo. E você deve, sim, consumi-lo! A contraindicação desse carboidrato é em relação às medidas e à sua forma de consumação. Ou seja, a primeira informação que você não deve esquecer é de que há uma quantidade ideal de consumo. A segunda é que você pode encontrar o açúcar nos doces e nos pacotes que são vendidos no mercado, ou por meio da frutose, o açúcar presente nas frutas (definitivamente uma alternativa muito melhor!).

Além delas, é possível encontrá-lo no mel, na cana-de-açúcar propriamente dita e em outros alimentos que não trarão malefícios à sua saúde. É no famoso "açúcar natural" que você deve ficar de olho e passar a adoçar a sua vida de maneira saudável! Outra dica é quanto aos tipos de açúcares: quanto mais escuro e granulado for, mais benéfico para o organismo. Isso significa que o mascavo e o demerara, por exemplo, são os mais indicados. Também há alternativas como o açúcar extraído do coco, da beterraba e afins. Em suma, tudo o que você precisa é buscar novas fontes de consumo!

Gelatina se torna nutritiva ao ser preparada com ingredientes naturais

Normalmente indicada para quem precisa emagrecer, a gelatina contém colágeno e algumas doses de proteína, mas não é um alimento de alto valor nutritivo. E, por mais que não pareça ter correlação, ela é um produto de origem animal - não podendo ser consumida por veganos. Porém, assim como o açúcar, existem opções mais naturais e benéficas de consumo - como a que é produzida por meio de uma substância da alga marinha, a "gelatina ágar-ágar", e a que é feita partir da semente da planta guar (uma leguminosa), conhecida como "goma guar". Vale a pena experimentar!

Mais noticias com...
Receitas:
Ovo
Ver Mais

Últimas Matérias

6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta

6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta 6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta

Muito usado no preparo de chás terapêuticos, o hibisco é um tipo de planta medicinal que traz vários benefícios à saúde. Suas flores são bem aromáticas - por...

> Leia mais
O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

Obtido através da casca das sementes da Plantago ovata (importante planta medicinal), o psyllium é um tipo de farinha sem glúten (isto é, pode ser usado na...

> Leia mais
Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais